Pixar recuperando a sanidade?

Cinema terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Eu não sei vocês, mas as minhas maiores preocupações nos últimos meses foram relacionadas às decisões duvidosas que a Pixar vem tomando. Primeiro, uma continuação do Carros, o único filme do estúdio que ninguém gosta muito. Depois, o envolvimento com o John Carter of Mars, um filme live-action. Não bastasse essa súbita falta de direção, veio um confuso trailer do Valente, seguido pelo anúncio de outra continuação, agora do Monstros S.A.. Era o fim. Tudo indicava que a Pixar estava se transformando numa Dreamworks da vida. Até que, veio o anuncio salvador de um projeto a altura do estúdio. Carinhosamente apelidado de Untitled Pixar Project That You See Inside the Brain.

Que significa algo como Projeto Sem-título da Pixar Que Você Vê Dentro do Cérebro. Na verdade, a existência desse filme já era conhecida há algum tempo, mas essa informação foi soterrada por essas várias desgraças do primeiro parágrafo. Só que agora o John Lasseter, um dos chefões da parada, disse em entrevista pra um canal de TV dos Estados Unidos que o próximo projeto da Pixar se passa dentro da mente de uma garota. E fica melhor, o troço já tá sendo produzido pelo Pete Docter, diretor do Monstros S.A. e do Up!, ápice do estúdio até agora.

Tudo bem, o Valente, primeira tentativa de uma protagonista do sexo feminino da Pixar, parece meio desanimador. E pra piorar, tem várias semelhanças não muito agradáveis com o Como Treinar o seu Dragão. Mas dá pra perdoar, dava pra ver desde o começo que o filme não era muito a cara do estúdio (Sim, eu tou criticando filme tendo visto apenas o trailer). Agora, um filme dentro da cabeça de uma criança? Eu não consigo pensar em nada mais apropriado. Ainda mais se pegarmos novamente as palavras do John Lasseter, parcamente traduzidas.

O filme se passa dentro da mente de uma menina e é sobre suas emoções como personagens. É algo diferente de tudo o que você já viu.

Tá, o cara já tá meio que começando a promover o filme, mas o que a Pixar faz de melhor? Criar e desenvolver personagens e trabalhar com emoções. E é só aliar isso à liberdade proporcionada pela imaginação de uma garota e é difícil não esperar pelo melhor filme do estúdio até agora. E já que esse post está constantemente testando minhas habilidades de prever o futuro, eu diria que caso as coisas continuem evoluindo nesse ritmo, não vai demorar muito pra que uma animação da Pixar ganhe o Oscar de Melhor Filme. Talvez até em 2014, ano de estreia do tal projeto sem-título (Ou antes, já que em 2013 vem um filme que se passa num mundo onde os dinossauros não foram extintos). Ok, talvez não. Mas, tirando alguns tropeços pelo caminho (Tipo esse ano), se a Pixar manter a regularidade, concorrer como Melhor Animação vai virar covardia. Ao menos é o que eu espero, pelo bem dessa piada:

Fonte: /Film.

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito