Oscar 2016: Quem ganhou o que?

Cinema terça-feira, 01 de março de 2016

Eu não sei vocês, mas eu não tenho mais paciência pra ficar assistindo premiação [Na verdade nunca tive, mas ainda fazia um esforço]. Então, vamos fazer um levantamento das apostas do Oscar 2016 e ver quem manja mais [Nem que seja de chute] nesse site.

Melhor filme:

Spotlight

 “E ae, vamo fazer a matéria do padre do balão?” “Não tem nada mais sério pra falar sobre?”

É, parece que apostar em zebra nem sempre é furada, dona Nelly.

Melhor diretor:

Alejandro G. Iñárritu

 O Tim Burton que deu certo.

Nelly 2×0 Resto do Bacon

Melhor ator:

Leonardo DiCaprio

 O fim de um meme.

Caralho, Nelly, tá roubando!

Melhor atriz:

Brie Larson

 Sabe aquela pessoa que te lembra alguém, mas você nunca sabe quem? Então.

Ninguém acertou essa porra, pra você ver que é tudo chute de sorte da Nelly.

Melhor ator coadjuvante:

Mark Rylance

 “Maldita hora pro banheiro estar ocupado.”

E vocês achando que usar critério esdrúxulo não funcionava.

Melhor atriz coadjuvante:

Alicia Vikander

 Sardas, sem mais.

A Nelly acertou, mas tecnicamente eu também.

Melhor roteiro original:

Spotlight

Novamente, uma tecnicidade me dá um acerto.

Melhor roteiro adaptado:

A Grande Aposta

 Esse cara não era o vocalista da banda Blitz?

Higgor acertou no comentário usando uma técnica Glória Pires de chute.

Melhor animação:

Divertida mente

 “Botão do foda-se, ativar!”

Finalmente acertou uma, Jo.

Melhor filme em língua estrangeira:

O filho de Saul

 “Tá tranquilo, tá favorável.”

100% de aproveitamento do time do Bacon. VAI TIME!

Melhor documentário:

Amy

 Lembrem-se, crianças: O crack mata e te deixa feio.

Claramente a equipe do Bacon tá pouco se fodendo pro que acontece no mundo real.

Melhor documentário em curta metragem:

A Girl in the River: The Price of forgiveness

 Isso é uma metáfora? Você decide.

Nelly levou só por ser hippie.

Melhor curta em live action:

Stutterer

 Ainda é permitido fazer piada com gago?

“Esse site é uma piada.” Que bom, pelo menos é engraçado.

Melhor curta animado:

Historia de un oso

 Ganhou pela deprimência.

O filme é chileno, e não tem nada a ver com Cachinhos Dourados, o vilão é o Pinochet.

Melhor trilha sonora:

Ennio MorriconeOs 8 Odiados

 Quem é George Lucas no rolê?

Tarantino ganhou mais que Star Wars esse ano.

Melhor canção original:

Writing’s on the wall de Jimmy Napes e Sam Smith em 007 contra Spectre

 Era melhor ter ido ouvir a música do Pelé.

Mas que bosta, hein?

Melhor edição de som:

Mad Max: Estrada da Fúria

 O fogo é real. A guitarra é real. O guitarrista é real. É TUDO DE VERDADE NESSA PORRA!

Olha, parece que levou um.

Melhor mixagem de som:

Mad Max

Opa, ganhou outro.

Melhor direção de arte:

Adivinha só, Mad Max

 Isso é arte.

Mas rapaz…

Melhor fotografia:

Mad Max

Ué…

Ah, não, esse quem levou foi O Regresso.

 Pobre urso.

Considerando que mais da metade do filme é a cara do DiCaprio, faz sentido.

Melhor maquiagem e cabelo:

Mad Max

De novo?

Melhor figurino:

Mad Max

 “Sabe onde eu vou enfiar isso aqui?”

Mas rapaz, a Jenny Beavan foi receber o careca pelado de jaqueta de couro? Que transgressiva…

Melhor edição:

Chupa Star Wars, aqui é Mad Max

Melhores efeitos visuais:

Mad Ma… Não, quem levou esse foi Ex Machina

 ETA CARALHA

Olha, se isso não é um prêmio de efeitos visuais merecido, eu não sei o que é.

E aparentemente eu perdi as contas durante a manufatura desse texto, então vou chutar que a Nelly acertou mais, já que ela apostou tudo em MaPERDEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEO!

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito