Os Melhores Shows

New Emo quinta-feira, 08 de julho de 2010

E ae. Dizem por ae que certa vez um ermitão antigo, daqueles de barba longa e branca, cabeludo, afirmava que aglomerações de pessoas hipnotizadas dançando e cantando era a manifestação suprema da música. Eu acho que ele é um foragido hippie de Woodstock.

O que faz de um show ser especial, ninguém sabe. Ou melhor, todos sabem ao mesmo tempo. É o tipo de experiência única como ouvir Lady GaGa à primeira vez, que cada um vê de uma forma. Um amigo meu mesmo, diz que o seu melhor show foi um do Jack Johnson, porque pegou uma mulher-dargão e ainda dormiu de conchinha. Tem outros que dizem que foi a cerveja perfeita, a mesa de som, a roda de pogo, o caralho todo.

O meu melhor show na verdade foram dois, no mesmo festival. No longínquo ano de 2009, lá estava eu no Abril Pro Rock, de Recife. Com a carteira doendo, claro. Mas vai dizer que não valia à pena, ver Motörhead e Matanza?

Lembro que essa era a noite “metal”. Tinha umas bandinhas mais ou menos, mas eu tava ali pra aquelas duas. Matanza subiu no meio da noite, umas 22h, eu acho. Nem tinha tanta gente ainda, o povo tava disperso. Tirando uma falha de som absurda, e um pouco de mecanicismo, nada melhor do que ser uma das cinco pessoas que não estavam de preto contando com os dois mendigos do lado de fora, e xingar o Jimmy até ficar rouco.

Taí uma coisa legal. Xingar os caras, por mais que você goste do som deles. Melhor ver a cara que fazem lá em cima, sem fazer nada. Na clássica abertura de Clube dos Canalhas, nada como dizer que na verdade ele pertencia ao Clube dos Veados.

 Eu quero ter esse baixo. Ou esse bigode.

E eis que entra Motörhead. Eu ali no snakepit, nem imaginando que estaria ali, que dava pra ver a verruguinha do Lemmy, a roda comendo solta bem perto, e o som a estourar ouvidos. Show furioso, longo, e com direito a bonus track deles pegando gaita e banjo pra tirar um country.

Simpáticos.

Melhor que isso, só voltar aos ’70, e ver Joey proclamando a caça ao KKK do alto de sua jaqueta.

E pra você, quais foram seus melhores shows?

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • André

    Muse em Brasília. Foi muito do caralho mano :|. Eu nunca tinha ouvido músicas tipo Feeling Good ao vivo, e quando vi eles começando a música, fiquei só pensando em como seria a parte da voz estática, e achei ducaralho quando fizeram :D.

  • guilherme

    AC/DC no Morumbi, ano passado!
    sem sombra de duvidas o melhor show da minha vida!

  • Ricardo

    Metallica em SP, no dia 31/01/10

    Pra quem ouvia desde os 7 anos (hoje tenho 20), com a irmã mais velha deixando o Black Album no repeat várias vezes… nem sei como descrever, só sei que foi o melhor show da minha vida.

    Slayer (que foi em 01/09/2006) também foi excelente, foi meu primeiro show internacional.

busca

confira

quem?

baconfrito