Os melhores coadjuvantes animados do cinema

Televisão quarta-feira, 07 de outubro de 2009

Como prometido na semana passada, farei a lista dos coadjuvantes de Longas de Animação.

Ao contrário das séries, os longas têm cerca de duas horas para cativar, logo, se os protagonistas e antagonistas precisam se virar para conquistar o público, os coadjuvantes precisam suar sangue se quiserem uma mera lembrança do espectador do cinema.

Mesmo assim, algumas vezes eles conseguem ser melhores que os protagonistas, conquistando o público e, em algumas vezes, até ganhando uma série para TV.

Confira, logo abaixo, quais os melhores coadjuvantes dos desenhos no cinema, em minha modesta opinião, claro:

10) Edna Moda (Os Incríveis)

Você está lá curtindo um desenho sobre super-heróis quando do nada, você é apresentado a uma estilista de… roupas de heróis? Oras, como assim? Logo você vê qual o tipo de roupa à prova de balas, fogo, atrito, etc que está na moda, com uma opinião ácida sobre esse mundinho e suas futilidades.

Edna aparece pouco, mas o suficiente para salvar um desenho que até então, estava no feijão com arroz.

Ah sim, capas, nunca!

9) Sebastião (A Pequena Sereia)

Muita gente gostaria de ser conselheiro real e gozar desse tipo de cargo, mas o que fazer quando o Rei dos Mares te pede para ficar de olho na filha caçula, que está doida para conhecer a superfície? Vigiar, claro e, obviamente, se dar mal, muito mal.

Pena que a dublagem original se perdeu

O pobre caranguejo (Ou era siri?) sofre o desenho inteiro, garantindo as boas risadas da película, principalmente quando um cozinheiro francês quer, a qualquer custo, cozinhá-lo para servir em um banquete real.

8) Kronk (A Nova Onda do Imperador)

O ajudante de Izma é outro que, apesar de fazer parte da dupla de ‘vilões’, mostra que nem é tão ruim assim, trazendo algumas das melhores sacadas do filme (Kuzco se supera nesse quesito), sempre ferrando, acidentalmente, com sua chefe, a pobre bruxa feia feito briga de foice.

Seu sucesso foi tanto que ganhou um filme solo, lançado diretamente em vídeo.

7) Scrat (A Era do Gelo)

Precisa mesmo falar do esquilinho que tenta, a todo custo, só sossegar em um canto, longe das confusões de Manny, Diego e Sid, com sua adorável noz, falhando miseravelmente nesse propósito?

6) Mestre Shifu (Kung Fu Panda)

Só Dustin Hoffman para encarnar um dos melhores mestres de Kung-Fu que já apareceu no mundo das animações. Afinal, Shifu consegue ensinar um panda gordo todos os segredos da arte milenar, inclusive para ajudar a derrotar um Tigre Branco.

5) Burro e Gato de Botas (Shrek)

Burro já era destaque na animação do ogro verde que só quer paz em seu pântano. Até que veio a continuação e fomos apresentados ao maior assassino de Tão, Tão Distante: o Gato de Botas. Com um olhar penetrante, que faz o mais duro dos corações amolecer, e um tagarela que só faz encher o saco, temos a segunda melhor dupla de coadjuvantes da história dos desenhos.

4) Iago (Aladdin)

Outro coadjuvante do vilão. Iago é o papagaio (?) prepotente e presunçoso que, junto com seu dono, quer se dar bem e se tornar os senhores de Agrabah.

Claro que, apesar dos esforços, ambos se dão mal, com a arara (?) falante passando para o lados dos mocinhos na continuação “O Retorno de Jafar”, inclusive com maior participação e decisão na história do filme.

3) Pinguins de Madagascar

Era uma vez uma zebra que queria conhecer a selva, um leão que amava a vida urbana, uma girafa hipocondríaca e uma hipopótoma sem sal. Ambos acabam indo parar na África e, junto com pinguins treinados em táticas de guerrilha…

Sim, o grupo de pinguins que fazem uma mistura de Mossad, KGB e CIA, fazem os espectadores terem raiva da história de Madagascar 1 e 2 não terem eles como protagonistas.
Claro que tanto carisma daria em alguma coisa, sendo premiados com uma série exclusiva só para eles.

Merece menção honrosa Rei Julien, o amalucado Rei dos Lêmures.

2) Dory (Procurando Nemo)

Num desenho onde há dois protagonistas fortes – Nemo e Merlin – e vários coadjuvantes totalmente interessantes também, como ‘uma peixa’, totalmente avoada, que sofre de perda de memória recente e que ainda fala baleies, pôde roubar a cena nessa película totalmente apaixonante?

Simples, por conta do seu enorme carisma e graça.

Pela minha avaliação, Dory não foi escolhida como a principal coadjuvante por detalhes, afinal, é considerada por muitos, a principal personagem do filme, inclusive conquistando vários prêmios, como, por exemplo, o de Melhor Humorista para sua dubladora, a estadunidense Ellen DeGeneres, no MTV Movie Awards 2004.

1) Timão e Pumba (O Rei Leão)

“HAKUNA MATATA. É lindo dizer, HAKUNA MATATA. Sim, vai entender.”

Pode-se dizer que essa frase foi uma das que marcou minha infância e, os responsáveis por isso, foram o suricata Timão e o javali Pumba, dois animais tão diferentes entre si e com personalidades idem.

Timão e Pumba, assim como Dory, roubam a cena a partir do momento que aparecem, quase na metade do filme. Por conta da personalidade cativante de ambos, a gente chega a esquecer o rolo entre os leões e as hienas e a sucessão do trono, usurpado por Scar.

Por serem tão diferentes entre si, os dois acabam se tornando grandes amigos, pois um compreende a dor do outro de serem rejeitados por seus pares.

Emociona essa música, afinal, foi o desenho que mais vi na vida

Quando se encontram com Simba, rapidamente notam que ali pode estar um grande amigo – e também um ótimo segurança – ensinando a doutrina HAKUNA MATATA (Sem Problemas) ao jovem leão, e vivendo numa boa sem preocupações do que acontece ao redor.

Obviamente, depois de adulto, isso não funciona, mas tem melhor mensagem do que essa para passar para uma criança?

O sucesso dos dois foi tanto que ganharam seu próprio desenho animado.

Por conta disso tudo, esses são os melhores coadjuvantes dos longas de animação.

E você, quais os seus preferidos, alguém na lista que ficou de fora?

Reclama aí embaixo e diz o que acha.

Leia mais em: , , , , , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito