O 3D&T está de volta!

Games quinta-feira, 11 de setembro de 2008
Bel Niele como sempre roubando
a cena com o seu… volume.

O sistema Defensores de Tóquio (D&T para os íntimos) foi lançado em 1994 com poucas páginas e extremamente simples, e era uma sátira aos heróis japoneses com seus gritinhos, códigos de honra bizarros e golpes milaborantes – daí veio o nome. No ano seguinte lançam Advanced Defensores de Tóquio (AD&T, parodiando o AD&D), que não mudando muito as coisas até que eles licensiaram jogos famosos como Street Fighter, Mortal Kombat, Darkstalkers e Megaman, e fizeram vários pequenos livros, cada um com conteúdo próprio ao material licensiado mas que compartilhavam o mesmo simples sistema de regras, o 3D&T — Defensores de Tóquio 3ª Edição.
Com o tempo o sistema foi se expandindo através de matérias na Dragão Brasil, que na época era tocada pelos mesmos autores do 3D&T, e ganhou seu primeiro manual completo, o Manual 3D&T. Ainda vieram depois as versões Revisada e Ampliada e a edição Turbinada, ambas alterando algumas poucas regras, sendo a última lançada em 2003. Foi lançada também um 4D&T, mas era só um D20 alterado para chamar o público do 3D&T e merece ser ignorado, pois não chega a ser um sistema propriamente dito.

O bom do 3D&T é a simplicidade. O sistema é absurdamente simples, não é nescessário nenhum dado de nerd para jogar, dados de seis faces bastam, e definitivamente ele é o melhor sistema para se ensinar alguém a jogar, sendo o primeiro RPG de muita gente, como eu.

A partida de 3D&T é mais solta e descontraída. Menos regras, mais piadas e risos. O jogo sacrifica densidade e realismo para conseguir isso, não sendo uma maneira pior muito menos melhor de se jogar, apenas diferente.
Por causa da simplicidade, da facilidade de atrair noobs à mesa de jogo e da facilidade de expandir o jogo fez com que, ainda que não haja suporte oficial ao sistema a cinco anos, ainda exista gente que joga isso e não desista.

Pensando nesses fãs, e no fato que não há no mercado brasileiro um bom RPG para noobs no assunto, Marcelo Cassaro “Paladino” ressusita parte da infância de muita gente e traz o novo 3D&T Alpha, que como a edição Turbinada não é um novo jogo, e sim o mesmo com diversão melhorias, entre elas:

  • O sistema de combate continua o do Turbinado, Força de Ataque (Força ou Poder de Fogo + Habilidade + 1d) contra Força de Defesa (Armadura + Habilidade + 1d), mas agora no seu turno você pode fazer uma ação (como atacar ou lançar uma magia) e um movimento ou dois movimentos, assim como no D20.
  • Vantagens com preços reduzidos para que os grupos não joguem apenas com personagens de 12 pontos.
  • Praticamente todas vantagens antigas continuam. Uma das melhorias das vantagens é que agora vantagens como Mestre (agora Mentor), Patrono e Riqueza agora são melhores descritas em termos de jogo.
  • Novas vantagens únicas, que no 3D&T representam raças. São elas: humanos, semi-humanos, humanóides, youkai, mortos-vivos, construtos. Muitas também tiveram seu custo reduzido: quase todas custam 0 ou 2 pontos, e nenhuma custa mais de 5 pontos.
  • Algumas desvantagens foram equilibradas, outras sumiram. Inimigo agora é uma vantagem que dá bônus na luta contra certa raça, acabando com a história de pegar a desvantagem Inimigo para ganhar dois pontos e escolher um inimigo muito forte que você jamais vai encontrar.
  • Quatro escalas de poder, Ningen (humano), Sugoi (incrível), Kiodai (gigante) e Kami (deus), cada uma sendo dez vezes mais forte que a anterior.
  • Sistema de magias completamente novo. Agora ele é representado por três vantagens (Magia Branca, Magia Negra e Magia Elemental), cada uma proporciona o uso das magias de sua classe desde que o personagem tenha os Pontos de Magias necessários.
  • Arma Especial não é mais vantagem. Agora para conseguir armas mágicas e outros itens mágicos “compra-se” com pontos de experiência.

Abaixo a capa da bagaça:

Sim, o formato é esse mesmo, 17 x 26cm. Abaixo a contra-capa:

Os Manuais antigos eram vendidos nas bancas e por um preço ridículo comparado ao que se paga por um livro de RPG. O último manual custando R$14,90. Ainda que um pouco mais caro, se distribuído da mesma forma o livro tem tudo para corromper mais uma geração e criar uma nova horda de nerds.
Se você nunca jogou RPG, quer jogar, mas se assusta com o preço dos livros, o 3D&T é um ótimo começo.

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Lembro que uns amigos meus queriam “aprender a jogar rpg”, então comecei mestreando o Mortal Kombat 3D&T para eles, deu uma base muito boa, depois pulamos para Lobisomem.

  • Orra, 3D&T é o sistema mais jogado na minha roda de amigos, agente tem todos os manuais de Vampiros e D&D também, porem preferimos o 3D&T mesmo.
    Bom, acho que teremos novas partidas. :D
    O novo manual ja ta nas bancas?

  • Marco

    @Soysor
    Não está nas bancas ainda, segundo o J. M. Trevisan “o livro já ta pra entrar no forno (eu disse entrar, não sair)”.

  • Eu tenho um ano de Dragão Brasil aqui em casa. Me lembro das partidas de 3D&T no recreio da escola. Era muito bom!

  • AMD! me lembro da época que eu mestrava uma aventura desse sistema, era uma coisa de louco *-*
    se uma cópia dessas cair na minha mão, pode ser que eu retome a arte de contar histórias para outros as jogarem, faz uns 2 anos que não faço isso…
    e só por quatorze pilas!?! de grátis. quando sair, quero uma cópia.

  • Marco

    A cinco anos custava 15 pila, acredito que possa subir, chuto por volta de 20… Não sei.

    Ainda assim, menos do que muita gente gasta para ir UMA vez ao cinema.

  • Orrô! 3D&T ERA e É o sistema mais fácil de se adaptar QUALQUER coisa, o que o torna o melhor sistema pra quem só quer se divertir e, provavelmente, fazer uma aventura rápida. Devo comprar sim e voltar a jogar um pouco.

  • Dezinhorox

    sempre quis jogar RPG mas nunca tomei iniciativa
    acho que agora vou começar com 3D&T

  • nunca gostei de 3D&T, acho meio impróprio pra que se desenvolvam as propostas dos diversos cenários em que se joga.

    Na minha opinião, Defensores de Tóquio deveria ter se passar apenas defendendo Tóquio, tipo, só o que rolava nas outras duas edições anteriores…

    E quanto a piadas, minhas mesas mais engraçadas foram em Storyteller e GURPS

  • Marco

    Cara, você joga GURPS e não merece respeito. Aliais, se você joga um RPG genérico como GURPS deveria entender porque o 3D&T tenta ser genêrico, só que ao invez de enfrentar esse problemas com milhares de regras, 3D&T tem pouquíssimas regras.
    Pontos em força representam QUALQUER dano físico, pontos em Poder de Fogo representam QUALQUER dano à distancia, de armas a melancias voadoras.

    Você não vai ter um jogo denso e complexo, mas se seu grupo surge querendo jogar do NADA Iron Man, Megamen, Harry Potter ou um jogo de piratas com o Piratão como maior vilão, com o 3D&T você consegue arranhar alguma coisa rápido, ainda que superficial (quem espera densidade de regras em um RPG de HARRY POTTER?).

    Pessoalmente acho valido, mas hoje não jogaria mais Tormenta nele.

  • menino lobo

    so tem uma coisa que eu nao gosto no 3d&t,as armas nao tem dano,e deveriam ter,tirando isso,3d&t seria melhor do que ja e,pois eu adoro esse sistema

  • @ menino lobo

    Que armas cara? Num sistema onde você pode usar uma escova de dentes radioativa como arma, pra que tabelas de armas? Ia fugir da proposta do sistema, que é ser simples, ágil e funcional. Eu obviamente vou comprar, principalmente porque é um puta quebra-galho. Funciona praticamente como um baralho: o cara tira da mochila, e em cinco minutos ajeita uma joguinho pra espantar o tédio.

    @Marco

    Tu joga tormenta cara?

  • Pô… acho que começo a jogar RPG com esse ae… vo ver!

  • Chax

    Poxa, que nostálgico :D

    Eu era fã de Vampiro. Curtia Malkavianos. Mas adorava matar dragões no 3D&T =D
    Parei berguê bons mestres estavam escassos. Acabei desanimando…

  • Minha única tentativa de 3D&T foi numa madrugada sem ter o que fazer, então nem foi tão legal. Mas a falta de amarras é muito boa, cê pode ser o que ou quem você quiser!

  • O livro já saiu, e numa iniciativa bem ousada, a editora lançou o livro em versão e-book e de graça.
    Confiram em : not http://www.jamboeditora.com.br

  • Roguim

    hehe bons tempos de jogo

    Nada como ter um sistema simplesque torna possivél criar uma aventura em 5 minutos quando o Narrador de Vampiro resolve faltar.

  • Até que enfim o Cassaro entendeu que o povo vai jogar não o que ele joga, mas o que eles acharem melhor.
    No mais, achei ótimo a volta do 3D&T, o 4D&T eu nem cheguei a ver, mas esse eu faço questão de ter!
    Putz, talvez eu volte a mestrar alguma coisa usando ele… *__*
    Por sinal, achei o Captcha daqui estiloso! S2

busca

confira

quem?

baconfrito