Novidades da Semana na Telinha

Sit.Com terça-feira, 04 de novembro de 2008

Nesta semana os canais Warner e Sony estreiam sua nova grade de séries, com muito menos séries do que o habitual. Alguns retornos e poucas estréias, a grande maioria retorna somente em 2009. Depois não sabem o porquê dos torrents e downloads!

Warner

Com mais estréias e melhores séries do que sua principal concorrente, o canal Warner retorna com novas temporadas de Cold Case (segunda às 21h), The Big bang Theory (terça às 20h), Two and a Half Men (terça às 20:30h), Smallvile (terça às 21h), Terminator: The Sarah Connor Chronicles (terça às 22h) e Gossip Girl (quarta às 21h). Imperdível o retorno da hilária 2ª temporada de TBBT. Abaixo as estréias da Warner:

**Eleventh Hour (segunda às 22h): Do mega produtor de cinema e de séries, Jerry Bruckheimer (da trilogia Piratas do Caribe e da franquia CSI, entre outros) e baseada numa série britânica (protagonizada por Patrick Stewart, o professor Xavier de X-Men), a série é centrada no Dr. Jacob Hood (Rufus Sewell, de filmes como Coração de Cavaleiro), um biofísico brilhante e conselheiro científico do governo americano. Chamado nas horas mais críticas, ele representa a última tentativa de defesa contra aqueles que usam a ciência para fins abomináveis, investigando crises científicas e acontecimentos estranhos — desde clonagem até criogenia. E para proteger Hood dos perigos está a agente especial do FBI Rachel Young (Marley Shelton, Sin City). Abordando temas científicos, falta a Eleventh Hour um melhor estudo de personagens (tudo soa muito frio). Até o 5º episódio não sabemos quem é seu protagonista (Hood), o porquê de sua escolha pelo FBI… apesar do trabalho ok de Rufus, sua parceira é muito caricatural, falta espontaneidade à personagem e à atriz.

Até aqui o que tem me feito acompanhar a série com certeza foram os temas de cada caso da semana. A série, infelizmente, só se propôs a isto por enquanto. A título de comparação, a série também estreante, Fringe, que tem temas parecidos, já é mais viciante e melhor arquitetada como um plano a longo prazo.

**Flashpoint (quinta às 22h): Talvez a melhor estréia deste mês, um pouco à frente de The Mentalist. O drama mostra a jornada emocional de um grupo de policiais de Toronto, no Canadá, que arriscam suas vidas numa força especial de emergência. Esta unidade resgata reféns, prende criminosos, desarma bombas, escala prédios e negocia com suicidas. Membros de uma equipe de alto nível, eles também são treinados para negociar, traçar o perfil dos criminosos e entrar na mente dos suspeitos para solucionar rapidamente as situações mais complicadas e salvar vidas. No elenco estão Enrico Colantoni (“Veronica Mars”), como o sargento da equipe e principal negociador, e Amy Jo Johnson (“Felicity”), como uma franco atiradora. Produzida pelo canal canadense CTV, “Flaspoint” recentemente foi exibida nos EUA pela CBS e já garantiu sua renovação.

O que é imperdível na série, que a diferencia dos demais dramas policiais, são: os personagens, todos em sua totalidade têm, em algum momento desta 1ª temporada, destaque em algum episódio; a trilha sempre bem sacada; o lado dos criminosos, o roteiro da série procura sempre, o que até pode ser um defeito no futuro, ilustrar que nem todos os criminosos ou envolvidos nos casos são pessoas ruins buscando vantagem em algo, mas pessoas desesperadas por algum motivo. Tentam retratar um lado humano pouco usual nas séries. Vale com certeza uma espiada, não percam!

**The Mentalist (quinta às 21h): Também vale uma conferida, é o maior sucesso entre as estréias desta temporada, mas também a concorrência está baixa. Mais detalhes aqui

**Privileged (quarta às 22h): Voltada mais para o público teen, portanto não acompanhei, nem pretendo fazê-lo. Na trama, Megan Smith (JoAnna Garcia, Reba) está em um péssimo dia. Seu apartamento em Nova York pegou fogo e ela acaba de ser demitida de seu emprego num tablóide. As coisas começam a melhorar quando ela tem a oportunidade de trabalhar em Palm Beach, para a magnata dos cosméticos Laurel Limoges (Anne Archer, Ghost Whisperer), como tutora das netas gêmeas adolescentes dela, Rose (Lucy Kate Hale, Bionic Woman) e Sage (Ashley Newbrough, The Best Years). Em troca de ela conseguir com que as garotas entrem para a Universidade Duke, Megan terá a oportunidade de viver entre os ricos e famosos. Mas se mudar para a Flórida também significa retornar para casa, o que inclui reencontrar sua irmã, Lily (Kristina Apgar, Terminator: The Sarah Connor Chronicles), com quem ela não fala há anos, e seu melhor amigo de infância, Charlie (Michael Cassidy, Hidden Palms, Smallville), que talvez esteja secretamente apaixonado por ela.

Para o midseason (a partir de fevereiro de 2009), o canal Warner promete, um pouco tardia, diga-se de passagem, as estréias de Fringe, Knight Rider, Randy Jackson Presents: America’s Best Dance Crew e Trust Me, e os retornos de Californication, Chuck, ER, Pushing Daisies, Supernatural, The Bachelor, The Bachelorete, The L Word, The New Adventures of Old Christine e Without a Trace.

Sony

O Sony decepciona deixando de lado suas melhores séries, além de estar uma temporada atrasada com algumas séries, como, por exemplo, Ugly Betty. Retornam nesta semana, 10 Items or Less (terça às 00h30h), Ugly Betty (quinta às 20h), The Game (sexta às 20h), Everybody Hates Chris (sexta às 20h30h) e Til Death (sexta às 21h). Pouca coisa para o principal canal de séries, que a partir deste mês também começa a exibir filmes em seu horário nobre. Abaixo as 2 estréias:

**Private Practice (segunda às 21h): Lembrete: O Sony começa a exibir a série com um ano de atraso, espero que pelo menos exibam uma temporada ligada na outra, pois a 1ª temporada teve somente 9 episódios devido à greve dos roteiristas. Para os fãs de Dra. Addison, ela está de volta, mais linda do que nunca, numa série só sua, numa nova cidade. Para os que acompanham Grey’s Anatomy, o cenário já foi apresentado. O que posso dizer é que a série é inferior a Grey’s (mas muito melhor do que naquele episódio dentro de Grey’s), principalmente pela exagerada infantilização dos personagens, já mais maduros. No entanto, alguns episódios apresentam casos clínicos interessantíssimos e bastante dramáticos.

Em linhas gerais, Private Practice irá contar a história de Addison Forbes Montgomery, uma renomada cirurgiã neonatal que larga um cargo de chefia no Seattle Grace Hospital para trabalhar em uma pequena clínica particular em Santa Monica. Ao lado de seus antigos colegas de faculdade, proprietários da clínica Oceanside Wellness Center, Addison irá reconstruir sua história longe das regalias e dos romances frustrados do Grace Hospital.

**90210 (quarta às 21h): batendo de frente com Gossip Girl no horário, a série irá alegrar alguns corações nostálgicos dos trintões que acompanhavam Barrados no Baile na Globo, pena que a série não consiga emplacar uma identidade própria, vivendo de momentos ora nostálgicos (com o retorno de personagens antigos como Kelly e Brenda), ora clichês do gênero, adolescentes clichês ambulantes (já notaram que os “adolescentes” parecem ter mais de 25 anos). Já tive meu momento nostalgia e larguei a série, é muito banal e fraca, pena não aproveitar melhor seus coadjuvantes veteranos, como a excelente atriz Jessica Walter.

A série é centrada em Annie Wilson (Shenae Grimes, Degrassi: The Next Generation) e em seu irmão, Dixon (Tristan Wilds, The Wire), e o primeiro dia deles na escola West Beverly Hills não deixa dúvidas de que eles não estão mais no Kansas. A família Wilson — incluindo o pai, Harry (Rob Estes, Melrose Place), e a mãe, Debbie (Lori Loughlin, Summerland) — se mudou para Beverly Hills para cuidar da mãe de Harry, Tabitha (Jessica Walter, Arrested Development), uma ex-estrela da tv. A escola é um grande choque cultural para Annie, uma garota doce e amigável com uma paixão pelo teatro, e Dixon, um atleta em ascensão e um jovem estudioso que foi adotado pelos Wilson. Annie e Dixon são irmãos muito próximos, e o relacionamento deles irá ajudá-los a lidar com seus novos amigos e colegas de classe, incluindo Naomi (AnnaLynne McCord, Nip/Tuck), uma bela, rica e mimada garota; Ethan (Dustin Milligan, Runaway), um atleta popular cujas habilidades rivalizam com as de Dixon; Navid (Michael Steger), um aspirante à jornalista que comanda o jornal da escola; e Silver (Jessica Stroup, Reaper), uma jovem rebelde que produz e estrela uma série de vídeos na internet. Até mesmo o corpo docente aparenta ser descolado e sofisticado na West Beverly Hills, como o divertido e inteligente professor Ryan Matthews (Ryan Eggold, Dirt) e a bela orientadora Kelly Taylor (Jennie Garth, Beverly Hills, 90210).

Para o midseason que mais parece a temporada oficial de estréias, normalmente a partir de fevereiro, cruzem os dedos, retornam 30 Rock, According to Jim, American Idol, Breaking Bad, Desperate Housewives, Eli Stone, Friday Night Lights, Ghost Whisperer, Grey’s Anatomy, Medium, Rules of Engagement, Saturday Night Live e The Best Years. Já estão também programadas as estréias de três sitcoms, Gary Unmarried, Kath & Kim e Worst Week.

Leia mais em: , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • bah! só tem porcaria? prefiro Dr.House na universau.

busca

confira

quem?

baconfrito