Mania de Podcast

Publicidade quarta-feira, 07 de julho de 2010

Olá, caros leitores do bacon. Eu sou o Guten, colunista de HQs deste site amaldiçoado pelo próprio Lúcifer, mas hoje resolvi variar um pouco o assunto. Estou de saco cheio de só escrever sobre DC, Marvel, heróis, vilões, superpoderes e a cueca do Superman. Por isso, resolvi mudar de assunto de modo a ferrar vocês com um novo vício: Ouvir podcasts.

Listarei aqui alguns podcasts que acho que valem a pena ser ouvidos, com a exceção de dois: o Nerdcast, que todo mundo já conhece ou pelo menos já ouviu falar; e o PoOOoOooODCAST! do Judão, que tinha potencial para ser foda, mas foi vencido pela preguiça do Sr. Borbs. Caso queira salvar os programas no seu computador, você irá precisar do iTunes instalado. Clique em Avançado>Adicionar Podcast e cole o link do feed (Que vai estar no final de cada recomendação) na caixa de diálogo que aparecer, baixe o que desejar e seja feliz. Vamos nessa:

1. Toscochanchada Podcast
Uma das coisas mais legais na vida, depois de trabalhar feito um condenado a semana toda, é poder se encontrar com os amigos no boteco e tomar umas cervejas. Essas conversas são quase que um grito de independência a todos aqueles clientes chatos que temos que aturar, das pessoas mal humoradas e às vezes até mal comidas, em resumo, das pressões do dia-a-dia.

No Toscochanchada Podcast, transfere-se essa conversa de bar para a web, mp3 players, ipods, computadores… Com a tranqüilidade de não possuir nenhum tipo de rótulo “inteligente”, “hype”, “informativo”, “underground”, ou qualquer que seja. Se os participantes quiserem falar de pornografia, falarão, assim como da bolsa de valores, TPM, desenhos animados, computadores, física quântica ou filosofia charlatânica. O podcast não tem frescuras em discutir nada, zoar convidados ou participantes ou mesmo censura de palavrões, sendo totalmente explícito. Interessou? Assina o feed dos caras, garanto que vale a pena.

Episódios recomendados: Chefes da Fina Culinária Trash (#27); Os Defeitos das Mulheres (#25); Politicamente Incorreto (#06).

2. Papo de Gordo
“Ah, mas eu sou magro, por que diabos eu vou ouvir um podcast chamado de Papo de Gordo?”. Simples, pela mesma razão pela qual um não-nerd ouve o Nerdcast: Não é um podcast sobre gordos/nerds, mas uma visão dos mesmos sobre o mundo ao redor deles. Depois de ouvir uns episódios, eu garanto que você vai, assim como tantos, ficar ansioso para ouvir o Momento Cultural do “Tio” Lúcio e rir das tiradas mal humoradas e sarcásticas do “Tio” Flávio, além de presenciar o mais fino humor do mundo no Prêmio Conrad de Humor. Clique aqui para pegar o endereço do feed.

Episódios recomendados: Receitas Bizarras (#12); Turismo Gastronômico (#22); Vegetarianos (#24).

3. Fodacast
Vocês aí, órfãos do SaT. É, você, que achava que a única coisa boa nas sextas-feiras (Fora o fato de se livrar por dois dias do seu chefe pentelho) era a publicação da coluna quinzenal da musa do AoE. Isso, você que está olhando desconfiado para os lados, procurando as câmeras que eu escondi ao redor do seu computador. Preste atenção: Você não é mais órfão. Não, a Bel não vai voltar a escrever no bacon. Mas, agora, você tem algo para distrair seus ouvidos, praticamente um SaT falado: O Fodacast. Assim como o falecido SaT, o Fodacast tem como objetivo falar de sexo, sem preconceitos ou frescuras. Comandado por R0cc0, colunista do Judão, o podcast tem como convidados virgens, homossexuais, Don Juans de boteco e mulheres sem frescuras. Tudo isso pra falar, sem papas na língua, de sexo. Vai lá e assina o feed, pô! (A quem eu quero enganar? Aposto que 90% dos leitores disso correram pra buscar “Fodacast” no Google quando leram “SaT falado”)

Episódios recomendados: Relacionamentos Nerds (#2); De bizarro e louco todo mundo tem um pouco (#7); Vileiros Way of Life (#14).

4. Papo Lendário
Uma das coisas boas de se escrever pro bacon é: Devido à grande quantidade de ironia e humor negro/politicamente incorreto presente na maioria dos textos, as salsinhas lêem os textos, não compreendem, xingam o autor e, em boa parte dos casos, vão embora para sempre. Isso deixa leitores inteligentes como a maioria de vocês (Sempre tem um chato mais resistente aqui e ali, nenhuma audiência é perfeita), que possuem um bom grau de educação, e, portanto, gostam de ler. Quem tem o hábito da leitura, acaba por descobrir, ler e amar mitologia, na maioria dos casos. Não só a famosa greco-romana, mas a nórdica, hindu, asiática ou africana. E o Mitografias discute justamente isso: Mitologias. Desde as histórias dos deuses da morte a origens de feriados religiosos, passando por HQs e dragões, o podcast aborda de tudo um pouquinho, sem se tornar sério demais. O feed? Tá aqui.

Episódios recomendados: Biografias Divinas: Deuses da Morte (#3); Feliz Dia de Mitra (#10); O Garoto do Inferno (#17).

Preparem-se para uma nova era em suas vidas, na qual passarão vergonha rindo sozinhos na rua, usando piadas internas que ninguém entende e se descabelando com o debizamento na publicação dos podcasts (Se bem que cês são leitores do bacon, estão acostumados a esse último).

Leia mais em: , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Também tenho vício por podcasts, pois eles reduzem as intermináveis horas de almoço ou de locomoção trabalho-casa. De casa para o trabalho eu ouço Metallica pra não chegar batendo em todo mundo no trampo, xD.

    Ouço, atualmente, o Radiofobia (formato de rádio estilo Joven Pan – Djalma Jorge Show), o Papo de Gordo, o Nerdcast, o PodCume, Monacast e o Guanacast (sobre as nerdices da informática, obviamente). Fica a dica pra quem nunca ouviu estes ou tava procurando novos pra ouvir.

    Abraço, Guten, adquiri recentemente a frequência de ler teus posts e tou curtindo baragarai.

    =*

  • Guten

    @Vane
    Eu desisti de ouvir o PodCume – toda vez que assino o feed, só aparecem os 10 últimos episódios; já entrei em contato com o pessoal, mas nenhuma resposta ainda sobre isso. E o formato de programa do Radiofobia não me agrada muito, mas ainda ouço-o. E, por algum motivo, ainda não criei coragem para ouvir o Monacast, apesar das ótimas recomendações. O Guanacast… bom, esse só ouvi uma menção ou outra no PdG.

  • Putz, eu tava resistindo a essa onda de Podcast. Mas vejo que o vício será inevitável.
    E lá vamos nós…

  • Obrigado. Já estou a caminho da dependência.

busca

confira

quem?

baconfrito