Legends of Tomorrow não é o Esquadrão Suicida que a gente quer, mas é o que temos

Televisão sexta-feira, 04 de março de 2016

Quando a DC não unificou diretamente os personagens do cinema e da TV, isso começou a causar um grande problema na mídia que rende menos grana. Um grande exemplo disso é o Esquadrão Suicida, que foi apresentado primeiramente em Arrow e estava caminhando para ganhar série própria, mas foi interrompido por conta do filme de mesmo nome que está por vir. Pra não perder a oportunidade de ter uma série com uma equipe que de equipe não tem nada e com uma pegada de ação e comédia, a saída que a Warner encontrou foi numa porta chamada Legends of Tomorrow, que está melhor do que muitos podem imaginar.

A história, pra quem não se importa ou estava em uma caverna e não sabe do que se trata, acompanha Rip Hunter, um Mestre do Tempo do ano de 2166, que teve a família assassinada pelo imortal Vandal Savage, que está dominando o mundo. Buscando vingança, Rip pede para voltar no tempo e matar Vandal Savage antes que essa merda toda aconteça, mas os Mestres do Tempo dão um belo não como resposta. Rip então lembra dos seus tempos de rebeldia com o Doctor Who e rouba uma máquina do tempo, viajando para o ano de 2016 onde recruta um grupo de heróis que serão lendas no futuro. Ou não.

A equipe é formada por Nuclear, Homem de Ferro Átomo, Canário Branco, Capitão Frio, Onda Térmica, Gavião Negro e Mulher Gavião. Nuclear é formado por duas pessoas, um jovem mecânico e um cientista que não se dão nada bem, Átomo é um inventor carentão que busca deixar seu nome na história, Canário Branco é uma assassina que voltou dos mortos graças ao Constantine, Capitão Frio e Onda Térmica só estão nessa porque é muito mais fácil roubar com uma máquina do tempo e Gavião Negro e Mulher Gavião estão ali pra serem o Kenny da equipe.

Assumo que as vezes tenho a impressão de que falta um pouco de criatividade nos roteiristas da série e que algumas situações repetem-se em todos os episódios, como algum membro da equipe ser capturado por Vandal Savage ou por algum capanga do mesmo, mas isso não chega a desanimar.

É óbvio que após assistir o último trailer do filme do Esquadrão Suicida, eu gostaria bastante de ver o que fariam com o grupo na TV, mas to bastante feliz com o que está sendo apresentado em Legends of Tomorrow, que além de ser 100% original, tem infinitas possibilidades para uma segunda temporada. Eu to bastante satisfeito com o que a Warner e a DC vem fazendo com suas séries na TV, mesmo as que não fazem parte do mesmo universo, como é o caso de Supergirl e Gotham. Apesar de não ter paciência para assistir a todas, é bom que elas existam e sejam tão diferentes umas das outras, tendo sua porcentagem de representatividade para os jovens.

Leia mais em: , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito