Lady Gaga é uma merda

Música sexta-feira, 30 de abril de 2010

Já devo ter mencionado por aqui o meu ódio por certas bandas que não sabem fazer música e são promovidas ao status de Deus. Isso só prova que tem gente burra e com mau gosto por aí, e isso me deixa… Deprimido. Por uns dois minutos, claro. Pessoas e bandas assim não merecem mais do que isso do meu tempo. Pessoas e bandas assim merecem viver pra sempre – pensando que eu ia ameaçar alguém de morte de novo? Meh, tentando contornar uns problemas com a Polícia Federal – pra passar VERGONHA por produzir/ouvir algo do tipo ETERNAMENTE. E, que beleza, Lady Gaga e seus fãs se encaixam perfeitamente nessa descrição.

Vamos começar pelo nome: Lady Gaga. Que porra de pseudônimo musical é esse? Eu tava falando mal de CINE em uns textos atrás, mas puta que pariu, precisa ter talento pra inventar um nome assim. Primeiro: Pra você ser Lady, você precisa ser feita Lady por uma investidura real. E ela é dos EUA. KD FAMÍLIA REAL. E a segunda parte, Gaga, vem de Radio Ga-Ga, do grupo Queen. E sim, saber que essa música foi origem para um dos piores nomes da história musical quase me fez ter um derrame. Sempre fui indiferente em relação a Queen. Depois dessa, comecei a odiar o conjunto.

 CÊS SÃO MÓ FILHOS DA PUcaralho, que bigode legal.

Pra não dizer que eu não sofri escrevendo este texto, fiquem tranquilos: Sofri feito um cientista na Idade Média quando me forcei a assistir uns clipes pra realmente saber sobre o que eu estava falando. E, em parte, foi bom eu ter feito isso. Lady Gaga é igual a todas as outras bandas – e bandas de uma única pessoa, claro – que não sabem cantar e se promovem por apelarem nos clipes. Ela tem que fazer uma coisa tão viajada que te faça não pensar sobre como ela canta. O que importa, realmente, são as imagens, não o som.

Falando em som, e como ela é mais uma das cantoras genéricas desse… gênero que tem como objetivo castigar meus ouvidos, dá pra perceber claramente que ela não sabe cantar, tanto que ela não consegue nem deixar o que ela faz ao vivo parecido com uma faixa de álbum. Claro, no álbum ela tem uma cabin… Não, ela tem um EXÉRCITO de mixagem que faz até um PEIDO parecer, sei lá, poesia. Pergunto: O que há de bom nisso? Nada, é claro.

O fato de Lady Gaga ser um sucesso está diretamente relacionado ao crescimento de uma classe social atual: Os da balada. Os da balada não sabem o que é letra boa, só querem alguma coisa pra dançar – parecer um idiota tendo um ataque epilético, só que em pé – e tentar pegar alguém. A música pode até não ter letra e eles vão gostar mesmo assim. Combine isso com As da balada, que dançam qualquer coisa que estiver tocando, desde Créu até Cine, e pronto: Você tem uma festa de retardados que fazem esses grupos crescerem. É claro, se você escuta Lady Gaga por escutar e não vai à balada, você não tem desculpa – não que o exemplo acima seja uma desculpa, também – e é mais idiota que qualquer outra pessoa com mau gosto.

Assisti um clipe pensando que fosse um Rick Rollin’ da vida e tal, e olha, assisti até o final: Poker Face. Não, não vou colocar o vídeo aqui, não suportaria isso. Mas se você já pegou pra assistir, repare que, logo no começo, ela tem um LAG e começa a TRAVAR. É isso que internet vagabunda faz. É, Lady Gaga, fica jogando Ragnarök com conexão discada? Dá nisso, mesmo. Depois, reparem no refrão grudento e nos apelos da música: Um bando de gente se comendo, praticamente, em uma mansão ao som da cantora. O que isso me lembra propagandas da Nova Schin: Um bando de gente feliz bebendo na praia e se divertindo. Porra, é impossível ser feliz bebendo Nova Schin, sendo assim, posso afirmar categoricamente que ninguém daria uma ao som de Lady Gaga. A música é broxante, é uma DST, é uma gravidez indesejada: É RUIM.

 Não se engane: Brócolis é bom; Lady Gaga é RUIM.

Sempre tem aqueles que falam que escutam a música porque a cantora é gostosa. Caralho, mano, ela é uma mulher normal, e de mulher normal o mundo tá cheio. Caso ela fosse gordinha, eu até dava razão, mas ela tá mais perto daquele palito de dente Gina. Seria bom que colocassem um selo em cada CD dela vendido no Brasil com os mesmos avisos de maço de cigarro. E eu não tô mentindo, essa porra deve dar, no mínimo, câncer.

É triste ver gente gostando de bandas e cantores que não duram nem cinco anos no palco. Vai, todo mundo sabe como ela vai acabar, é só pegar de exemplo a Britney Spears ou a Amy Winehouse. E, sinceramente, quanto antes melhor. É realmente triste ouvir gente falando que Lady Gaga é a voz da nossa geração. Voz da nossa geração o cacete, isso nem voz é. E se você realmente acha Lady Gaga legal, curte as letras, até a roupa dela, aqui vai uma frase que pode te ajudar: Ainda há como voltar do Lado Negro da Força. O único porém é que o outro lado não te quer.

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito