Heróis da TV salvando Heróis da HQ

Televisão sexta-feira, 27 de março de 2015

Desde o início do novo milênio, os personagens de HQs vem tomando conta dos cinemas. E é claro que devido à todo o sucesso que eles fazem na telona, a telinha não demoraria para começar a pescá-los. Existem atualmente oito séries de personagens de quadrinhos no ar e a cada dia que passa recebemos notícias de novas séries que estão vindo por aí. Seria essa a gourmetização das HQs?

Quadrinhos sempre foram vistos como “coisa de criança”. Eu sei que, de certo tempo pra cá, isso vem mudando, embora casos como o da capa da Batgirl nadem na direção contrária, principalmente por causa das séries. Sim, porque enquanto um filme leva milhões de pessoas que nunca leram e nunca lerão uma HQ aos cinemas, as séries tendem a atrair um público mais curioso que certamente procurará alguma HQ sobre o personagem da série para ler. O público de séries, sejam elas de heróis ou não, é um público completamente diferente do público de cinema.

E isso é ótimo, já que nós, fãs de quadrinhos, não queremos que a Marvel e a DC voltem a fazer mega crossovers entre Liga da Justiça e Vingadores para não abrirem falência. Tampouco queremos que aquela ideia de unificar os universos, chamada Amálgama, volte a mente dos executivos de ambas editoras. Quanto mais gente lendo quadrinhos melhor e quanto mais séries incentivando pessoas a lerem quadrinhos melhor ainda.

O pontapé inicial para essa corrida televisiva de quadrinhos foi Smallville. Foi por causa do sucesso dAs aventuras do Superboy, que é uma grande porcaria, diga-se de passagem, que agora temos Arrow (Outra grande porcaria), Flash, Gotham, Agentes da S.H.I.E.L.D., Constantine (Por enquanto), Powers e iZombie. E já temos garantido Supergirl, Titãs, Preacher, Demolidor, Jessica Jones, Punho de Ferro, Luke Cage e um spinoff de Arrow e Flash.

E foi também graças a Smallville que a Warner e outros canais aprenderam a não avacalhar suas séries. De todas as séries já existentes citadas no parágrafo anterior, somente Arrow não me agradou. Em ordem de melhor para pior, temos Gotham, Agentes da S.H.I.E.L.D., Flash, Constantine, Powers e iZombie, que só tem 2 episódios e ainda não deu pra convencer, embora pareça ter um bom aceitamento entre adolescentes fãs de romances sobrenaturais. E, é claro, nós temos também The Walking Dead. Mas é melhor deixarmos essa daí quieta no canto dela.

É, Warner…

Se você é um tiozão leitor de HQ das antigas que fica reclamando que as adaptações de HQs para outras mídias matou a indústria dos quadrinhos, saiba que o senhor é um gigante falador de cocô. É claro que muitos novos fãs de quadrinhos tendem a falar um bocado de asneiras. Principalmente por causa de uma certa legião de sites por aí que pregam a desinformação. E é claro que comprar uma revista do Arqueiro Verde ou do Flash em comic shops sem ser questionado sobre o episódio anterior da série tornou-se algo completamente impossível, mas OK, quadrinho pop é melhor do que quadrinho nenhum. Aliás, quadrinho nenhum só é válido no caso de Amálgama. Aí não dá!

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito