Havaí 5-0

Televisão segunda-feira, 11 de abril de 2011

Crianças e crianços, hoje não vou falar de música. Hoje vamos entrar na área de televisão e falar de uma série clássica: Havaí 5-0. É clássica mesmo, faz uma porrada de tempo que passou, e vocês provavelmente não eram nem nascidos nem eu: A série foi ao ar entre 1968 e 1980 pela CBS. Agora, reparem, 68 a 80. Deteve o recorde de série mais longa da história da televisão, com 12 temporadas. Hawaii Five-0 (Seu nome original, lê-se Hawaii Five-Oh) virou um ícone americano e hoje fulgura no hall das séries imortais, como Jornada nas Estrelas, A Ilha da Fantasia ou MacGyver. Aliás, quando Havaí 5-0 acabou em 1980, foi substituída por Magnum, outra ótima série.

Então, com vocês, mais uma viagem no tempo, um oferecimento de Julio Kirk e DMC DeLorean.

“Cinco-Zero” (Five-Oh) é o apelido da polícia estadual do Havaí. O motivo do nome é ele ser o 50° estado americano. Pois bem. Ao contrário do que muita gente pensaria, o Havaí não é assim tão pacífico só porquê é um lugar bonito – lá também acontecem crimes. Lá tem máfia, tem traficantes, golpistas, assassinos, enfim. E é aí que entra a polícia estadual: Proteger a população e os turistas dos malfeitores. Aliás, a Cinco-Zero realiza um trabalho muito importante, já que o Havaí ganha bastante com o turismo, e se o crime aumenta, os turistas somem.

O elenco clássico da série, os quatro policiais da Cinco-Zero, são Jack Lord, como o chefe da equipe, Steve McGarrett; James MacArthur, como segundo-em-comando, Danny “Danno” Williams; o policial havaiano Kono, interpretado pelo não menos havaiano Zulu e o policial de origem chinesa Chin Ho, interpretado por Kam Fong, um policial de verdade, veterano de 18 anos no verdadeiro Departamento de Polícia de Honolulu.

Além desses quatro, outros personagens são comuns na série, como o Governador do Havaí (Que dá ordens diretamente pra McGarrett), as secretárias do QG da Cinco-Zero e o grande vilão da série, o agente da China comunista Wo Fat. Eu disse grande, mas deveria dizer o único grande vilão, já que a polícia está sempre atrás dele e ele sempre escapa. É inimigo pessoal de Steve e armou pra matá-lo várias vezes. Geralmente, Wo Fat aparecia uma ou duas vezes por temporada, em episódios mais tensos, e realizava operações contra os Estados Unidos para seu governo.

 A equipe clássica

A maioria dos episódios de Havaí 5-0 começa com uma breve introdução da trama do dia, deixando um suspense e depois vem a abertura. E eis as primeiras grandes marcas da série: A abertura com a música tema. Vou contar uma história. Uma vez fui em uma festa, uma comemoração enorme, com direito a banda, uisque à vontade e o diabo. Acontece que a tal banda desandou a fazer covers e em dado momento, disseram que iam tocar “uma música dos anos 60”. E pá, lá vem o tema de Havaí 5-0. Se bem lembro, tendo em conta também meu grau alcoólico, eu até dancei com as outras pessoas em estado igual de pileque, na frente do palco. Vejam e ouçam vocês mesmos:

Outra marca é a frase “Book ‘em Danno, murder one”, sempre dita por Steve para Danny. Significa, em tradução livre, “Autue eles Danno, homicídio um” (Uma expressão pra homicídio em primeiro grau). Também se tornaram ícones o topete de Steve McGarrett, a onda atrás do nome da série na abertura ou a virada de Jack Lord pra câmera, também na abertura, sendo todas essas coisas parodiadas vez ou outra na televisão ou nos filmes. Havaí 5-0 também se tornou ponto de referência pra “série policial”. A idéia de mostrar a investigação científica, o trabalho dos peritos, enfim, começou com Jack Lord e seu elenco.

A série durou doze temporadas e está disponível em dvd no Brasil até a sexta, se não me falha a memória. Como fã, preciso dizer que a primeira temporada é incrível, vale cada centavo. Apesar de ter sido feito “nas coxa” em um galpão quente e precário, o primeiro ano da série é a definição do que é ser policial nas séries americanas. A segunda temporada também é boa, mas menos que a primeira. Aliás, isso piorou com os anos, já que o elenco principal sofreu mudanças entre a terceira e a última temporada, sendo que nesta só Jack Lord ainda restava dos quatro originais da Cinco-Zero.

 Jack Lord

Ah, ia me esquecendo: Em 2010 a CBS viajou e mandou pro ar um remake de Hawaii Five-0. Sim, é, eu sei. Juro que ainda não assisti. Estou com medo depois de ver a nova abertura, baseada na original. Enfim.

Pois então. Pra você aí que não conhecia a série, recomendo de verdade. Pra você que já conhecia, eu…ESPERA, CÊ CONHECE MESMO? KRAK.

Pronto. Agora pega o plutônio e coloca no DeLorean que eu tenho que ir pra casa.

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • TCM cortando na alta, no post!
    ahahhahahahahah

    (Se bem que tá passando no Liv!, né?)

  • Pedro Boi

    na verdade eu não cheguei a ver a versão original, mas o ramake é bomzinho.

busca

confira

quem?

baconfrito