God of W… argh!

Garotas no Controle terça-feira, 09 de novembro de 2010

Como eu disse no meu texto introdutório, o que me trouxe para o mundo do vício em vídeogames foi God of War, por sua sanguinolência, mitologia grega e espadas duplas. Na verdade, tenho que agradecer sinceramente a GoW por me ensinar onde ficavam as teclas da mão direita do Playstation. Antes disso eu sempre tinha que olhar para ver onde era cada botão.

 Ohmigod, onde fica o quadrado? O triângulo? O círculo? Nãaaao eu vou morreeeeer! Argh! Lá se foi o especial, aaaaaaaaah!

Agora, você já deve estar cansado de saber o que tem de bom/ruim em God of War (Se não está, toma aqui essa resenha ou essa), não estou me propondo a fazer uma resenha do jogo em si. O que quero falar, na verdade, vai muito abordar e até responder algumas ponderações desse texto aqui, que se pergunta se existe realmente mulheres que jogam e se isso influencia de alguma forma a libido.

Portadora do duplo cromossomo x, tendo uma vida sexual ativa, posso afirmar com certeza que videogames apimentam sim a relação. E se você perguntar o que atraí uma gamer, não posso responder por 100% das mulheres, mas tenho uma boa idéia. Primeiro, peço que você pare e reflita comigo: Em jogos famosos, com que tipo de personagem você é geralmente obrigado a jogar?

 A) Mulher; B) Homem

Na grande maioria, há de se concordar, seu personagem é um homem. E quando é uma mulher, ela ainda vem dentro de uma armadura escrota que não deixa nem saber a sexualidade da pessoa direito (Sim, estou restringindo a parada e sei que existem jogos tipo Lara Croft). Agora, homens em jogo têm fortes tendências nudistas. Reflita.

E não é que eles aparecem aqui, ali, nessa ou naquela cena fanservice. Eles aparecem o jogo todo, semi-nus, correndo, pulando, dando uma boa visão da retaguarda deles… Você ainda se pergunta por que meninas gostam de jogar ou por que nossa vida sexual fica mais agitada?

Isto posto, gostaria de entrar no verdadeiro assunto do post: God of War.

Minha única e verdadeira crítica ao jogo – exclusivamente na minha visão de jogadora – é que o Kratos é um jaburu. Quer dizer, acertaram em tudo: pouca roupa-semi-rasgada, coxa e tórax de fora, belo corpo, pinturas sexys, personalidade forte, background history que pode comover, jogo bonito, bem ambientado, quase poético em sua brutalidade, mas… O QUE É A CARA DO KRATOS?!

Ele é tipo uma espécie de Leônidas fail. Quer dizer, talvez algumas mulheres até o achem sexy do jeito que ele é, mas sério, ele é muito feio. Discutindo isso com alguém do sexo oposto ouvi: “E o que importa se ele é bonito ou não? Só tem que ser sanguinário e brutal.”

Só se for para você, menino. Para mim, ele ser um pouco mais bonitinho não estragava nada. Já se deram ao trabalho de fazer uma semi-roupa bem sexy para ele, por que esse desleixo com sua beleza? Não falo dele parecer um príncipe encantado da Disney nem nada,

 *suspiros*

mas poxa, o Leônidas de 300 era bem machão e bem gostosão ao mesmo tempo. Vocês, garotos, podem admirar o guerreiro brucutu e nós, meninas, podemos admirar a bunda redonda e a cara bonitinha. Todo mundo sai feliz. Uma coisa não exclui a outra. E isso não é insignificante. Porque posso te garantir que personagens bonitos atraem mais mulheres, mais jogadoras, mais vida sexual ativa e mais lucro$ para as empresas (Esse último ponto é o único que não dou certeza, certeeeeza).

Afinal, quem não quer ficar vendo um cara bonitão, semi-nu, fazendo piruetas e várias outras coisas de tirar o fôlego? Eu mesma gosto muito disso.

Nunca consegui jogar Lara Croft e me chame de preconceituosa, mas mulher como principal não me apetece. Pra mim tem que ser um cara, e bonito! Se vou “perder” horas da minha vida jogando, que eu tenha uma bela vista, que o cara tenha pouca roupa, seja bonito e me estimule a continuar vendo-o dia após dia, que me faça sentir saudades dele e de sua voz sexy.

Taí outra coisa onde God of War peca: A voz do Kratos. Quer dizer, custava ele ter uma voz mais legal? Tudo bem, tudo bem, a voz dele já virou icônica e blablabla, mas eu nem ligava se eles mudassem para algo mais… Apelativo.

E antes que você ache que nem é assim, que menina nem liga para a beleza ou o sexy apeal do personagem e coisa e tal, tenho algumas imagens que comprovam o que estou dizendo.

Tendo aberto meu coração e finalmente reclamado em algum lugar da feiúra do Kratos e revelado minha esperança de um mundo melhor onde todos os personagens masculinos sejam sexys, bonitos e semi-nus, deixo com vocês um excelente vídeo de como preparar um sanduíche do jeitinho do Kratos:

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Tornarei as coisas claras: Tom Welling como Kratos JAMAIS.

  • @Loney
    Orra, quem ia querer um Kratos boiolinha?

  • @Rapousa

    Se tão considerando o Zac Efron pra Akira…

  • Bianca

    Até o Dante, de Dante’s Inferno, é mais bonito que o Kratos.

  • Lil

    “Se tão considerando o Zac Efron pra Akira…”

    QQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQQ dessa eu não sabia!!!

    Ah, sim, o artigo… Bom, eu sou mulher, e gamer, e gosto de jogar com personagens do meu sexo, prefiro que role uma identificação ou sei lá. O problema é: geralmente me não me identifico com personagens que andam peladas pra lá e pra cá ou que só sabem fazer alguma coisa com a macharada do lado.
    Portanto, conto nos dedos os jogos onde pude jogar com uma mulher mais ou menos construída de uma forma que me agrade. Um exemplo clássico são os RPGs no estilo americano, onde vc pode construir a personagem. No entanto, EU NUNCA VI um jogo (unzinho) que não tivesse erro de gênero com mulher (ou seja, em diálogos você é tratado como homem, “lorde”, “moço”, “tio” etc). Sem falar que os recursos do jogo (especialmente envolvendo casos amorosos) sempre são parcos quando se trata de mulheres, é mais limitado e por aí vai.

  • Bianca

    Em Fable tem a opção de escolher o sexo do personagem, e depois até personalizar.
    E, que eu me lembre, não têm erros de gênero.

  • Bianca, KD TEXTO

  • @Lil @Bianca
    Pois é, em Fable 2 ce pode escolher seu gênero e tals, mas nem posso falar nada que só jogo como homem.
    A única crítica que tenho a Fable é a dificuldade de ser gay nesse jogo. Só homem feio, bigodudo ou careca é gay nessa joça D:
    Já gay feminino nemsei, pq nunca joguei com mulher. Mas vou tentar qualquer dia desses.

  • Leonardo Poliva

    @Lil
    Isso é pq quem desenvolve games sabe que o lugar das mulheres não são com videogames, e sim na cozinha.

  • @Leonardo Poliva
    Verdade, cara. Sem contar que mulher não sabe fazer drift. Nem fazer baliza. Nem mudar marcha.

  • @Leonardo Poliva @Pizurk
    E o lugar do meu pé é na bunda de vocês!

  • Troll bait is super effective!

    E eu desafio qualquer mulher num campeonato de drift do Need For Speed Underground 2.

busca

confira

quem?

baconfrito