Glee e Malhação, quanta diferença…

Sit.Com quarta-feira, 30 de Março de 2011

Todo mundo tá careca de saber que a emissora que dita as regras na televisão e, muitas vezes, no comportamento dos telespectadores, é a Rede Globo de Televisão.

Visto isso e levando em consideração o que disse na coluna sobre Tititi, acredito que nunca veremos a Globo tratando os assuntos que são abordados na série-musical Glee, uma das melhores, e mais amada – e odiada – série em exibição nos EUA.

 Vergonha alheia, clica logo aí embaixo e vai ver as outras fotos.

Atualmente, Glee aborda desde o clássico bullying na escola, até triângulo amoroso homossexual, passando por todos os tipos de preconceitos, e, claro, relacionamentos na adolescência.

 Onde será que a Globo vai cortar essa cena?

Assisti a primeira temporada completa de Glee – e fiz essa resenha na época – e gostei muito, principalmente pela forma como os assuntos são abordados e pela semelhança com qualquer escola pública. Talvez, o único personagem que dificilmente você encontre por aí é o William Schuester, professor bonzinho bobão. Já as treinadoras, tanto a brutamontes do time do futebol, quanto a melhor personagem da séria, Sue Sylvester, com certeza foram inspiradas em algum professor do Almeida Júnior ou Manfredi.

 Os “ingênuos” da série.

Enfim, faço a mesma pergunta que fiz no primeiro texto, Glee foi comprada pela Globo e quero só ver que horário que eles vão passar e se não vão fatiar nenhum pedaço da série, como beijos polêmicos, por exemplo.

Se a Globo acha que Malhação é sua série “referência” aos adolescentes e que, absurdo dos absurdos, pode ser comparada à Glee, então repasse a série ao SBT (Provavelmente na Record todos os atores seriam exorcizados) e continue com esse mundo cor de rosa, onde tudo é passado como o a realidade dos playboyzinhos do Leblon.

 Estímulo para assistir a série.

Ah sim, para aqueles que acham que Glee assassina as músicas originais, é mais uma série porcaria, não presta, é coisa de viado, bláblá… Ignorem o texto e vão ser machos e antenados no apartamento da sala, matando monstros no Playstation. Ou, seja criativo, e bole sua série perfeita. De preferência com zumbis.

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Nem ia opinar porque a série tem seus méritos. A versão das músicas são muito boas e tudo. Mas consegui perceber uma espécie de explicação culpada esse seu último parágrafo.

    Eu só tive saco pra assistir dois episódios e pessoalmente não vi elemento nenhum que agrade um homem e nem personagem com a qual um homem possa facilmente se identificar a não ser que você seja um professor banana, um galã por qual todas as garotas saem no tapa, um rejeitado que as mulheres adoram ter por perto por causa da sua aparência mas que só o querem como mascote ou, como você mesmo disse, um homossexual.

    A série merece o suscesso que faz? Claro que sim. Ele consegue ser uma série que engloba todos os sonhos internos das adolescentes sem a chatisse e lugar comum de outras séries como Barrados no Baile ou Gossip Girl. Mas a série não tem um elemento sequer que atrai em séries.

  • Grunge

    A melhor série que existiu foi Arquivo X. O que isso tem a ver com o texto?

  • @SubHeaven
    Não entendi direito o seu comentário. De acordo com ele, qualquer série com temática adolescente não atrai homem nenhum, o que na teoria é correto, mas sabemos que, na prática, é totalmente o contrário.

    Homem assiste novela, vê séries como Gossip Girl, Barrados no Baile, Malhação e, obviamente, Glee. Cada um tem seu gosto e, se não te agradou, respeitamos.

    @Grunge
    As primeiras temporadas, Arquivo X, infelizmente, não soube quando parar.
    As melhores séries de todos os tempos são Seinfield, Trovão Azul, Águia de Fogo, Alf, Fresh Prince, Super Máquina, Super Vicky e outras aí que não lembro o nome. =P

  • Nem sabia que Glee foi comprada pela Globo. Muito provavelmente para mofar em seus arquivos, porque né, quando é que as cenas de bullying, os episódios em que a temática é o sexo (como o episódio com músicas da Madonna) vai passar inteiro?
    Glee é uma ótima série para se debater, (in)felizmente(?) não tenho saco para acompanhar todos os episódios, mas isso não a torna melhor ou pior, afinal de contas ela está aí na boca e ipods da maioria dos adolescentes (e adultos, afinal 26 aqui, btw congrats Bonilha :D).
    E a melhor série com o pior final foi Lost u_u

  • Grunge

    Pô Bonilha, Super Vick não, esse é trash ao cubo…

  • Caveira

    me falta coragem para assistir Glee. Mas eu gostei de alguns covers que eles fizeram.

    e como é que ninguém até hoje me falou que Glee tem cenas lésbicas?

busca

confira

quem?

baconfrito