Fragdolls – Gostosas nos games.

Games sábado, 01 de setembro de 2007

Achou que eu ia falar de Lara Croft, Cammy, Chun Li, e outras gostosas virtuais que só existem no mundo dos games, né? Errou mano. Delas eu só vou botar figuras.

cammy_vs_chun_li_by_mrvo.jpg

Pronto.

Na verdade quero falar das Fragdolls, uma das melhores jogadas de marketing dos últimos tempos.

Em um belo dia ensolorado, algum executivo da Ubisoft (Splinter Cell, Baldur’s Gate, Far Cry) acordou e pensou: puta merda, e se eu pegasse umas gostosinhas e juntasse isso com vídeo-game? Ah, Genial.

Tá bom, a idéia não foi nada original. Mas quase nenhuma idéia é. O que importa é a maneira de implementação da idéia, e nisso a Ubisoft mandou bem. Em 2004, achou um grupo de minas que REALMENTE sabem jogar, e botou elas pra aparecer mundo afora, nos mais diversos encontros de jogos, campeonatos e lançamentos de paradas eletrônicas. Deu tão certo que hoje existe um grupo americano, um de inglesas e outro de francesas, para nosso deleite vídeo-gamístico.

 

fragdolls.jpg

Grupo americano das Fragdolls

Aí você diz “ah mas, são só umas modelos aí que botam pra fazer papel de garota-propaganda”. Nem são. Elas são jogadoras como eu e você (mais bonitas e com peitos, ok), é isso que faz a diferença. Quer dizer, elas devem jogar até melhor que eu, pois no final de 2006 o grupo americano ficou em primeiro lugar no Rainbow Six: Vegas tournament da Cyberathlete Professional League. Além disso, eu dei uma lida no blog das minas, e elas manjam mesmo do babado. Ainda bem, AINDA BEM meudeus, que o perfil dos jogadores de vídeo-game está mudando.

E, na boa, você até pode achar que é só jogada de marketing, mas eu te GARANTO que é melhor que as pessoas pensem nelas quando pensam em vídeo-game do que pensar nisso:

nintendonerdlord.jpg

Medo.

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito