Estreias da Semana – 29/10/2015

Cinema quinta-feira, 29 de outubro de 2015

O Último Caçador de Bruxas (The Last Witch Hunter)
Com: Vin Diesel, Rose Leslie, Michael Caine e Elijah Wood
Kaulder é um caçador de bruxas que foi amaldiçoado com a imortalidade [Como se o Vin Diesel morresse em algum filme]. Mas vai ter de se aliar à Chloe, uma jovem bruxa, para impedir que sua arqui-inimiga e uma convenção de bruxas pragueje a cidade inteira.
Tenho certeza que, mesmo com essa premissa, o filme é maneiro só pelas cenas de ação com as bruxas derretendo quando joga água nelas e… Ué, não é assim que derrota as bruxas? Com uma chuva?

Os 33 (Los 33)
Com: Rodrigo Santoro, Antonio Bandeiras, Juliette Binoche, Gabriel Byrne e James Brolin
Um desmoronamento bloqueia uma mina com 33 mineradores lá dentro, a mais de 700 metros abaixo do nível do mar, em Capiapó, Chile. Liderados por Mario Sepúlveda, os mineiros tem de racionar o alimento disponível, ao mesmo tempo em que tentam não enlouquecer com a situação. Enquanto isso, Laurence Golborne, o Ministro da Energia do país, faz o que pode para que o resgate dos mineiros se dê antes que o tempo deles acabe.
Porra, eu acho que o filme ia ter mais credibilidade se fosse o Bandeiras como ministro e o Santoro como mineiro, mesmo ele sendo carioca.

Straight Outta Compton – A História do N.W.A. (Straight Outta Compton)
Com: O’Shea Jackson Jr., Corey Hawkins, Jason Mitchell, Neil Brown Jr., Aldis Hodge, Marlon Yates Jr., R. Marcos Taylor, Carra Patterson, Alexandra Shipp e Paul Giamatti
Nos anos 80, cinco jovens da Califórnia usam suas experiências pessoas para produzir músicas honestas, rebeldes, diferentes e totalmente contra o sistema, criando o N.W.A. (Niggaz Wit Attitudes), movimento que dá voz a uma geração e promove o gangsta rap.
Anos depois, todos eles estão incorporados ao sistema. Porque rebeldia contra o sistema é lucrativa pra caralho.

Grace de Mônaco (Grace of Monaco)
Com: Nicole Kidman, Milo Ventimiglia, Tim Roth, Parker Posey, Paz Vega, Frank Langella, Derek Jacobi, Geraldine Somerville e Nicholas Farrell
Grace Kelly e o príncipe Rainier III tiveram um casamento que foi considerado um conto de fadas da vida real, em 1956. Ou pelo menos foi o que o mundo achou, até que cinco anos mais tarde, com dois filhos e insatisfeita com a vida e com o marido ausente, Grace recebe um convite de seu velho amigo, Alfred Hitchcock, para ser protagonista de seu próximo filme: Marnie – Confissões de uma Ladra. Mas Rainier é contra, e sofre uma ameaça de invasão da França, que quer que Mônaco pague os impostos devidos e acabe com a farra de paraíso fiscal. E no meio disso tudo, Grace e Rainier tentam resolver as tretas pra evitar um divórcio.
Isso é pra ensinar as moças desavisadas que príncipe não necessariamente é um cara bacana, e que princesa também se fode. Do jeito bom e do jeito ruim.

45 anos (45 years)
Com: Charlotte Rampling, Tom Courtenay e Geraldine James
Chegando perto de 45 anos de casada, Kate Mercer planeja sua festa de comemoração. Mas como sem drama não teria filme, cinco dias antes do evento seu marido recebe uma carta, informando que o corpo do seue primeiro amor foi encontrado nos Alpes Suíços, congelado. Com o emocional do tio em frangalhos, Kate já não sabe se tem algo pra comemorar.
Se aguentou 45 anos, um corpo nos Alpes não deve afetar muita coisa, não é mesmo?

Sem Filhos (Sin hijos)
Com: Diego Peretti, Horacio Fontova, Maribel Verdú, Marina Bellati e Guadalupe Manent
Pai de uma criança de nove anos, Gabriel decide esconder a filha de sua nova namorada, pelo simples fato de que ela não quer ter filhos e não gosta muito de crianças. E como não poderia deixar de ser, ele vai se foder tentando dar atenção pras duas.
Eu queria saber o motivo que leva pessoas a mentiras tão absurdas assim, ainda mais em tempos de redes sociais e essas tralhas todas.

Dheepan – O Refúgio (Dheepan)
Com: Jesuthasan Antonythasan, Kalieaswari Srinivasan, Claudine Vinasithamby, Vincent Rottiers, Faouzi Bensaïdi e Marc Zinga
Para fugir da guerra no Sri Lanka, Dheepan, Yalini e a pequena Illayaal assumem identidades falsas. Mas eles não se conhecem e vão ter de improvisar como se fossem uma família até chegarem à França.
Agora eu não sei se é uma comédia ou um drama. Pera, é de refugiados? É drama, certeza.

Leia mais em: , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito