Estréias da semana – 29/10

Cinema quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Atração Perigosa (The Town)
Com: Ben Affleck, Jon Hamm, Rebecca Hall, Jeremy Renner, Blake Lively
Imagine que você é uma gerente de banco gostosa, e que você é sequestrada por um maníaco pra colaborar com um assalto. É o que acontece com Claire. Ela é liberada depois, sem nenhum arranhão, mas seus algozes tem seu nome, endereço e orkut. Quando ela conhece Doug, começa a voltar ao normal. O problema é que Doug era o líder do bando que tinha sequestrado-a.
Aparenta ter potencial, mas ai cê vê o nome do Ben Affleck ali, ai cagou tudo…

As Múmias do Faraó (Aventures Extraordinaires d’Adele Blanc-Sec)
Com: Louise Bourgoin, Mathieu Amalric, Gilles Lellouche, Jean-Paul Rouve, Jacky Nercessian, Philippe Nahon, Nicolas Giraud
Adèle é uma jovem repórter que, em busca de uma cura para a doença da irmã, se mete na tumba secreta de um faraó. Quando ela volta para Paris, encontra a cidade em pânico, já que um ovo de dinossauro chocou no museu, entre outras coisas estranhas.
Um plágio descarado de Uma Noite No Museu feito na França? Eca.

A Suprema Felicidade
Com: Marco Nanini, Dan Stulbach, Mariana Lima, Elke Maravilha, Jayme Matarazzo, Michel Joelsas, Caio Manhente
O Rio de Janeiro, depois da guerra, é uma grande putaria cultural, política e econômica. Paulo, que acabou de sair dos cueiros, vive uma relação complicada com os pais, enquanto é grande amigo de seu avô, boêmio e putanheiro. E é nesse contexto que ele descobre o mundo e a si próprio, em casa, nas ruas, na escola, em bares, nos cabarés, nos bordéis. Na vida.
Filme do Jabor, que sempre me pareceu um ranzinza de marca maior, falando sobre vida boa. Será?

Federal
Com: Selton Mello, Carlos Alberto Riccelli, Eduardo Dussek, Carolina Gomez, Michael Madsen
Um agente especial da Polícia Federal chamado Dani se une ao grupo do delegado Vital no grupo de elite do Comando de Operações Táticas da PF, para caçarem Carlos Beque Batista Federal, um playsson que botou Brasília na rota internacional do tráfico de cocaína.
Olha esse pôster mal-cortado no Photoshop. Alguém teria coragem de levar esse ripoff de Tropa de Elite a sério?

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Porra… o filme do Ben Affleck é muito bom sim, melhor que o primeiro que ele dirigiu! mas a parte ruim é mesmo ele atuando…e ele sabe muito bem disso, tanto que apesar de ser o “protagonista” do filme ele escrevu o papel pra ele mesmo atuar, sabendo que ia ficar uma merda…
    o destaque negativo da semana mesmo é o selton melo querendo pagar de capitão nascimento. será que é raiva? ou arrependendimento de ter recusado o papel e deixado ele cair no colo do wagner moura?

  • e o scott pilgrim? não vai estrear nunca essa bagaça?

  • @Alan
    Ele atuando é uma piada. Parece o Steven Seagal, só que com menos cabelo.
    Quanto ao Federal, não tenho mais nada a acrescentar.
    E PUTA QUE PARIU, SCOTT PILGRIM! Foda-se, essa semana estreou só em São Paulo mesmo.

  • Poxa, acho que antes de criticarmos o Federal (que na verdade tbm não coloco mta fé), seria válido assistí-lo. Fico triste em pensar que qualquer filme de ação policial brasileiro a partir de agora seja considerado um ripoff do Tropa.

  • @Guilherme
    A questão é: Cê lembra de algum filme de ação policial brasileiro antes do Tropa de Elite? Pois é, nem eu. É um nicho muito específico, que antes era praticamente ignorado, e agora que fez sucesso, abrir as pernas pra produtores desavergonhados. Ripoffs sempre vão existir, a diferença é que alguns são melhores que seus percursores. O que é raridade, mas enfim.

busca

confira

quem?

baconfrito