Estreias da semana – 27/12

Cinema quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Até que a Sorte nos Separe 2
Com: Leandro Hassum, Camila Morgado, Aílton Graça, Rodrigo Sant’Anna, Henri Pagnoncelli, Kiko Mascarenhas, Rita Elmôr e Anderson Silva
Depois de ganhar na loteria e perder tudo, Tino vai encher a burra de dinheiro novamente depois de outra temporada pobre. Seu tio Olavinho morre e deixa uma herança de 100 milhões de reais, além da condição de ter suas cinzas jogadas no Grand Canyon. Tanto lugar melhor, esses neófitos… Mas tudo bem, depois de jogar as cinzas do velho lá, eles passam em Las Vegas, e ai cê já deve imaginar o que vai acontecer.
Olha, eu realmente gosto do Hassum, mas essas paradas com o padrão Globo de qualidade travam muito ele. Se deixasse o gordo solto ia ser muito mais maneiro.

Álbum de Família (August: Osage County)
Com: Meryl Streep, Dermot Mulroney, Julia Roberts, Juliette Lewis, Benedict Cumberbatch, Abigail Breslin, Ewan McGregor, Sam Shepard, Chris Cooper, Julianne Nicholson, Margo Martindale, Misty Upham, Newell Alexander e Will Coffey
Beverly Weston é o grande patriarca da família, mas some misteriosamente. Sua esposa, Violet, é viciada em antidepressivos e outras drogas, vem tratando um câncer bucal mas mesmo assim não perde a língua afiada, tem grandes variações de humor e não tem o menor pudor de soltar os segredos familiares quando lhe convém. Quando Barbara, que não dava as caras há muito tempo, elas finalmente resolvem lavar a roupa suja. Com direito a ensaboadas e bater a roupa no tanque.
Natal, época de resolver os problemas com a família, ao invés de fingir que tá tudo bem. Cês deviam é tomar esse filme como exemplo. Maryl Streep não entraria numa furada [Eu acho].

Pais e Filhos (Soshite chichi ni naru)
Com: Masaharu Fukuyama, Yôko Maki, Jun Kunimura, Machiko Ono, Kirin Kiki, Isao Natsuyagi, Lily Franky, Jun Fubuki e Megumi Morisaki
Ryota conquistou tudo com seu esforço e dedicação, e tem plena convicção de que nada poderia impedí-lo de ter uma vida perfeita. Até que ele e sua esposa, Modori, são informados pelo hospital onde tiveram seu filho de que houve uma troca de bebês, e Keita, não é seu filho de seis anos de idade, mas sim filho de outro casal. Ryota é forçado a fazer uma escolha: Ficar com Keita, Com quem Midori já tem uma forte ligação, ou tomar seu filho verdadeiro de volta? Mas a decisão pode não parecer tão fácil, depois que ele começa a conviver com a família que criou seu filho, e percebe que seu papel de pai pode não ter sido tão ideal assim.
Filme cabeça sobre essa geração leite com pera que não sabe como criar crianças. Esses japoneses não fazem muito filme [Que eu saiba], mas quando fazem, todo mundo elogia.

Mar Negro
Com: Walderrama dos Santos, Tiago Ferrir, Kika Oliveira, Mayra Alarcón, Carol Aragão, Markus Konká e Cristian Verardi
Albino mora numa pequena vila de pescadores às margens do Mar Negro [AH VÁ!]. Mas algo acontece, e as águas são contaminadas por algo desconhecido, transformando peixes e crustáceos em deformidades terríveis que nada querem além de caos e matança. Albino então tenta salvar seu grande amor, se arriscando-se a si mesmo numa fuga pela sobrevivência [Pera, como ele vai salvar alguém fugindo?].
Olha, filme brasileiro de terror/horror costuma ser tão bagaceira que só vale ser visto pra dar risada. O problema é quando nem isso. Então eu não sei o que esperar dessa parada.

São Silvestre
Com: Fernando Alves Pinto
Documentário sobre a São Silvestre, aquela corrida que a Globo passa todo dia 31, e que sempre tem um queniano pra estragar a festa. Basicamente, mostra como alguém corre a maratona [Que não é uma maratona de verdade]: Respiração pesada, ritmo [Ou a falta de], concreto pra caralho, céu cinza e poluído, etc.
Olha, se tiver uma duração maior que a própria corrida, não vale a pena, hein. Se bem que documentário sobre corrida já é um bagulho bem contraproducente.

Leia mais em: , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • ClaytonSlayer

    “se arriscando-se a si mesmo numa fuga pela sobrevivência [Pera, como ele vai salvar alguém fugindo?] ” Simples: é só ambos os dois fugirem simultaneamente ao mesmo tempo!!!!!!

  • Puta merda, cara. Cê é um gênio! Já pensou em escrever roteiros pra Hollywood?

  • ClaytonSlayer

    Não. Penso em zorra total ou praça é nossa.

  • Vai fundo no seu sonho, cara.

busca

confira

quem?

baconfrito