Estreias da semana – 27/09

Cinema quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Família do Bagulho (We’re the Millers)
Com: Jason Sudeikis, Jennifer Aniston, Will Poulter, Emma Roberts, Ed Helms e Thomas Lennon
David é só um cara normal, que vende maconha pra viver, até que dá merda e ele é atacado por punks e roubado. Como recuperar a grana antes que seu fornecedor, Brad, venha lhe quebrar as pernas cobrar? Fácil: Ele vai fazer um avião no México. Mas pra passar desapercebido, ele se junta aos vizinhos Rose, uma stripper; Kenny, um virjão que quer sair dessa vida; e Casey, uma adolescente rebelde, e finge que são uma família feliz indo passar um feriado no país vizinho.
Não sei se a tradução foi genial ou uma bosta, sei que o filme tem tudo pra ser… Uma comédia padrão.

R.I.P.D. – Agentes do Além (R.I.P.D.)
Com: Ryan Reynolds, Kevin Bacon, Jeff Bridges, Robert Knepper, Dakota Shepard, Devin Ratray, Emmalyn Anderson, James Hong, Marisa Miller e Mary-Louise Parker
Imagina assim: Cê morreu, só que ao invés de morrer, cê é recrutado pra uma força-tarefa do além. Foi o que aconteceu com Nick Walker, que deixou seu descanso eterno pra lá, já que Roy Pulsifer o convocou pra salvar a humanidade dos ispríto. E, como não poderia deixar de ser, eles descobrem que um grande plano está em andamento pra mudar o mundo.
Saca M.I.B.? Então, é a mesma coisa, só que com almas ao invés de aliens. E disfarces, ao invés de apagadores de memória. E Ryan Reynolds, ao invés de Will Smith. Se bem que eu gosto do Reynolds.

Dores de Amores
Com: Milhem Cortaz, Fabiula Nascimento, Walderez de Barros, Ricardo Pereira, Nilton Bicudo, Gustavo Novaes e Gabriel Moura
Um jovem casal tá com problemas pra fazer sexo, até que uma proposta ousada é feita. Baseado em peça de Léo Lama.
Sério, a sinopse é isso. Tem como levar a sério uma porra dessa? Qualquer casal jovem sabe que, pra fazer sexo, só precisa de privacidade [As vezes nem isso]. Ou eu sou um monstro.

O Tempo e o Vento
Com: Thiago Lacerda, Cléo Pires, Suzana Pires, Fernanda Montenegro, Marjorie Estiano, Janaína Kremer, Luiz Carlos Vasconcelos, César Troncoso, Leonardo Machado, José de Abreu, Paulo Goulart, Leonardo Medeiros, Cris Pereira, Marat Descartes, Vanessa Lóes, Mayana Moura, Igor Rickli, Rafael Cardoso, Matheus Costa, Martin Rodriguez e Áurea Baptista
Cê deve conhecer a obra do Erico Veríssimo, mas eu vou explicar mesmo assim: A família Terra Cambará vive em pé de guerra com a família Amaral faz mais de 150 anos. Desde o tempo das Missões, indo até o final do século XIX, a história do RISOS RS Rio Grande do Sul e até mesmo do resto do Brasil é mostrada pelos olhos da quase centenária Bibiana Terra Cambará, como a formação das fronteiras e os embates entre a coroa portuguesa e espanhola, sem contar toda a questão existencialista da obra.
Apesar da resistência ao cinema nacional, esse ae parece bacana. Se você for gaúcho então, é praticamente uma punheta no seu orgulho. Mas vê se não faz meleca no cinema.

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Matuhatin

    Essas opiniões no final de cada sinopse são tirando uma ondinha? Por que
    me aparece uma bagaça dessas http://www.youtube.com/watch?v=K_z1uhHdkgE,
    desse sujeito
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Jayme_Monjardim#Trabalhos_na_televis.C3.A3o,
    e tem um “PARECE BACANA”???

  • FooFighter

    Se sacanearem o filme que fala da minha terra, VAI TER!!!!
    Mas falando sério, mesmo sendo direção do Jayme Monjardim, ele teria que ser muito mais gênio que o Veríssimo pra conseguir cagar tanto a obra do mesmo a ponto do filme não pode ser considerado pelo menos “assistível”.
    Claro que ser do RS deve tornar a experiência mais interessante obviamente.

  • Aline

    Nada de ir ao cinema essa semana…

busca

confira

quem?

baconfrito