Estreias da Semana – 25/06/2015

Cinema quinta-feira, 25 de junho de 2015

Minions
Com: Michael Keaton, Sandra Bullock, Steve Coogan, Allison Janney, Jon Hamm, Hiroyuki Sanada, Jennifer Saunders e Katy Mixon
Muito antes de servirem Gru, os minions já existiam por muito tempo. E como não poderia deixar de ser, em um filme solo vai ser mostrada sua origem. E também uma história antiga, como a busca de Kevin, Stuart e Bob, como representantes do sindicato dos minions, por um novo mestre, em uma convenção de vilões, onde se encantaram com Scarlet Overkill, que ambiciona ser a primeira mulher a dominar o mundo.
Por mais que eu goste dos personagens, a impressão de “vamos secar a teta de todas as franquias possíveis” é forte neste um.

Virando a Página (The Rewrite)
Com: Marisa Tomei, Hugh Grant, Allison Janney, J.K. Simmons, Caroline Aaron, Chris Elliott, Jason Antoon e Aja Naomi King
Vencedor de um Oscar por melhor roteiro muito tempo atrás, Keith Michaels amarga a falta de dinheiro depois de uma época de sucesso. Pra pagar as contas, ele aceita dar aulas de roteiro pra universitários, mesmo achando que ser professor é furada. Porém, entretanto, contudo, todavia, ele acaba se interessando pela mãe solteira Holly Carpenter, em meio à sua falta de prática no ensino, sua fama e seu machismo.
Mas isso é praticamente um filme sobre o povo do Twitter. Ou pelo menos C-E-R-T-A-S-P-E-S-S-O-A-S.

Rainha e País (Queen and Country)
Com: David Thewlis, Richard E. Grant, Sinéad Cusack, David Hayman, Brían F. O’Byrne, John Standing, Julian Wadham e Tamsin Egerton
Bill Rohan tem de cumprir suas obrigações com a pátria e o serviço obrigatório. Infelizmente, ele fez 18 anos durante a Guerra da Coreia, então tem de passar dois anos num quartel na Inglaterra, onde fica amissíssimo de Percy, um rapaz sem honra. E os dois passam o tempo zombando da hierarquia do exército, pregando peças ou criticando seus superiores, talvez pra evitar de serem enviados pro combate. E no meio de tudo isso, Bill conhece uma jovem misteriosa por quem se apaixona perdidamente.
Taí um filme de guerra que não me agrada: O filme de guerra que não tem guerra, só um plano de fundo que é a guerra, mas não guerra propriamente dita. E eu achei os personagens todos uns babacas, assim por cima.

Muitos Homens Num Só
Com: Vladimir Brichta, Alice Braga e Caio Blat
No Rio de Janeiro do início do século XX, temos um homem que é o melhor no que faz: Dr. Antônio é campeão em se hospedar em hotéis e furtar hóspedes. Mas sua vida muda quando Eva, que largou o desenho pra lá pra se casar com um cara que não liga pra ela, entra em sua vida. Paralelamente, Félix Pacheco, diretor do recém-inaugurado Gabinete de Identificação, resolve que é hora de encerrar a carreira de Dr. Antônio, por meio de uma técnica chamada identificação por impressões digitais.
Olha, finalmente um filme nacional que me interessou pelos motivos certos: Um cenário e uma história que não remetem ao coitadismo do brasileiro.

O Gorila
Com: Otávio Müller, Alessandra Negrini e Mariana Ximenes
Reservado e angustiado pela sua infância, Afrânio trabalha como dublador, mesmo não se sentindo apto para a função. Mas ele encontrou um jeito de se entreter e diminuir a solidão de uma vez só: Ligando para desconhecidas, se apresentando como “O Gorila”. Usando uma bela voz pra conhecer a história das pessoas, ele acaba se familiarizando com elas. Mas na noite de natal, o jogo vira: É Afrânio quem recebe um trote, com uma pessoa misteriosa do outro lado da linha, que fará como que ele enfrente o mundo para tentar salvar uma vida.
É, parece que o cinema brasileiro tem jeito. E nem é por meio de ideias mirabolantes, só coisas simples executadas de forma apropriada.

O Último Poema do Rinoceronte (Fasle kargadan)
Com: Behrouz Vossoughi, Monica Bellucci, Ali Pourtashe e Yilmaz Erdogan
Depois de cumprir trinta anos na cadeia, Sahel saiu e só se preocupa com uma coisa: Encontrar sua esposa, que acha que ele morreu mais de vinte anos atrás.
Olha, se eu fosse casado com a Monica Bellucci, mais do que sair da cadeia pensando nela, eu nem ia preso.

Jauja
Com: Viggo Mortensen, Ghita Nørby e Adrián Fondari
Pai e filha saem da Dinamarca com rumo ao fim do mundo [Literalmente, na Patagônia] pois o pai arrumou um emprego de engenheiro. Mas em meio à selvageria local, alguém vai se dar mal.
Como sempre, quem tá na adolescência não toma as atitudes mais inteligentes. Meu medo é o filme ser todo baseado nisso, que é o que parece.

Casadentro
Com: Elide Brero, Grapa Paola e Delfina Paredes
Pilar é uma senhora que mora com sua amiga Consuelo, sua empregada Milagros e sua cachorra Tuna. O grupo vive uma rotina sem grandes perturbações, até que a filha de Pilar liga falando que vai visitá-las com sua filha, genro e netos. Pilar não consegue negar, mas se dá conta de que ter aceitado tal situação vai alterar o funcionamento da casa graças à esses hóspedes inesperados.
Não parece ser uma comédia, mas não pode ser outra coisa com essa ideia desregrada. Quem tem problemas pra hospedar uma família pequena por uma noite?

Leia mais em: , , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito