Estreias da semana – 20/09

Cinema quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Elysium
Com: Matt Damon, Jodie Foster, Sharlto Copley, Wagner Moura, William Fichtner, Alice Braga e Diego Luna
O ano é 2159, a estrutura de classes é a mesma: Temos de um lado os muito ricos, vivendo num espaço separado com tudo de bom, e do outro o resto, que moram na bagunça e putaria. A diferença é que os ricos montaram uma colônia nave estação espacial na órbita da Terra, pra evitar o contato com a gentalha. E adivinha só? Temos o escolhido, Max, que vai botar tudo abaixo, porque sim, caralho, assiste a porra do filme ae.
Filme de ação brainless que tá tendo destaque pra caralho por causa do Wagner Moura, então segurem as calcinhas ae. Mas parece ser divertido, no nível padrão de Hollywood.

A Família (The Family)
Com: Michelle Pfeiffer, Robert De Niro, Tommy Lee Jones, Anthony Mangano, David Belle, Dianna Agron, Domenick Lombardozzi, Dominic Chianese, Gino Cafarelli, Greg Antonacci, Jon Freda, Joseph Perrino, Paul Borghese, Ricardo Cordero e Vincent Pastore
A velha história do mafioso que abandonou a família [Da máfia] e tá vivendo escondido com sua família [De verdade], mas não consegue eliminar algumas manias antigas. Acho que o Bruce Willies já fez um filme desse naipe, não?
Por mais clichê que pareça, tem uma gostosa como filha, então deve valer alguma coisa. E, se não valer, é um filme de máfia, cazzo!

Foxfire – Confissões de uma Gangue de Garotas (Foxfire)
Com: Raven Adamson, Katie Conseni, Madeleine Bisson e Claire Mazzerolli
Imagina uma gangue de mulheres. Operárias. Na década de 50. É a premissa da película: Um grupo de moças cansa de sofrer abuso na fábrica e criam uma gangue chamada Foxfire [Não confunda com o navegador]. Elas marcam os membros da gangue com uma tatuagem específica no ombro [Que eu não faço ideia qual é], e usam de violência como vingança pelas humilhações sofridas nas mãos masculinas.
Orra, se isso fosse real mesmo eu respeitaria muito mais o movimento feminista. Fight fire with fire. E o filme parece bom, pra completar.

As Bem Armadas (The Heat)
Com: Sandra Bullock, Melissa McCarthy, Andy Buckley, Bill Burr, Demián Bichir, Joey McIntyre, Kaitlin Olson, Michael McDonald, Michael Rapaport e Nathan Corddry
Mais uma vez, Sandra Bullock é uma agente do FBI que se infiltra num concurso de beleza, mas dessa vez ela é má, é cruel, fria e metódica, mas muito eficiente [Além de arrogante]. O que acontece quando ela tem de trabalhar com seu oposto, uma policial desbocada e pavio-curto [Não entendi porque elas são opostos, mas ok] de Boston [Agora entendi]. Como nenhuma das duas teve parceira na vida, ou mesmo uma amiga, o serviço acaba parecendo dobrado, já que elas vão tentar derrubar o crime, e uma a outra no processo.
Prevejo uma comédia de vergonha alheia. Do tipo ruim. Escrevam o que eu tou falando [Não, pera, já tá escrito aqui].

Anos Incríveis (Télé Gaucho)
Com: Félix Moati, Sara Forestier, Éric Elmosnino, Maïwenn, Emmanuelle Béart, Yannick Choirat, Zinedine Soualem, Lionel Girard, Christiane Millet, François-Eric Gendron, Carla Besnaïnou, Samir Guesmi e David Mora
Uma molecada revolucionária e idealista compra uma porrada de câmeras e resolve fazer um canal de televisão anarquista: Télé Gaucho, uma experiência com poucos recursos mas muita criatividade. Foram cinco anos cobrindo notícias sobre greves, manifestações populares e assuntos ligados aos direitos humanos.
Acho que a galera da distribuidora perdeu um pouco o timing dos movimentos que não eram pelos 20 centavos mas acabaram sendo.

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito