Estreias da Semana – 14/04/2016

Cinema quinta-feira, 14 de Abril de 2016

Mogli – O Menino Lobo (The Jungle Book)
Com: Idris Elba, Scarlett Johansson e Lupita Nyong´o
Mogli é um menino de origem indiana que, perdido na selva, é criado por lobos, e tem como amigos um urso e uma pantera negra.
Porra, não é possível que cê não conhece. Sai daqui, seu inculto.

O Escaravelho do Diabo
Com: Thiago Rosseti, Bruna Cavalieri e Marcos Caruso
Vale das Flores, uma pequena cidade marcada por um crime bizonho: Hugo Maltese é encontrado morto, com uma antiga espada atravessada no peito; e antes de morrer, ele recebeu uma caixa com um escaravelho dentro. Outra morte parecida acontece em breve, e assim segue. O delegado PImentel, junto com Alberto Maltese, um moleque qualquer, vão em busca desse serial killer, que mata somente pessoas ruivas legítimas.
É inspirado, baseado, qualquer coisa em um daqueles livros do Pedro Bandeira que todo mundo leu quando era pirralho, exceto eu.

Mente Criminosa (Criminal)
Com: Ryan Reynolds, Kevin Costner, Gary Oldman, Tommy Lee Jones e Michael Pitt
Agente da CIA em meio à uma investigação importante, Bill Pope é morto por um anarquista do mal, o que fode com a galera na agência, já que seu último caso tinha proteção de testemunha incluido no pacote. Com a ajuda de um médico, o chefe de Pope joga as memórias do cara num prisioneiro, porque óbvio que esses testes sempre são feitos em gente presa. Mas mesmo sendo uma bomba-relógio, ele é a única solução que a CIA achou pra resolver essa merda e evitar que todo mundo se foda. E no meio do caminho o presidiário/cobaia nota que tem sentimentos pela viúva do agente, e por sua filha também. Óun, que meigo.
Se o Ryan Reynolds morre cedo, porque caralhos tem destaque no pôster? Esses caras não sabem o que tão fazendo. Ou sabem exatamente o que tão fazendo.

Ave, César! (Hail, Caesar!)
Com: Josh Brolin, George Clooney, Alden Ehrenreich, Ralph Fiennes, Scarlett Johansson, Tilda Swinton, Channing Tatum, Frances McDormand, Calhoun Jonah Hill, Heather Goldenhersh, Tom Musgrave, Alison Pill, Fisher Stevens e Patrick Fischler
Lá pra década de 50, durante a gravação de Hail, Caesar!, seu protagonista Baird Whitlock é sequestrado por uma organização chamada Futuro [Ah, a ironia]. Edward Mannix, responsável por evitar que as estrelas do estúdio Capitol Pictures sejam alvo de fofocas e buchichos, tem que gerenciar essa crise e ainda passar o dia sorrindo.
Será que as estrelas daquela época davam umas crises tipo Britney Spears ou Miley Cyrus ou era mais sossegado?

Sinfonia da Necrópole
Com: Eduardo Gomes, Luciana Paes e Hugo Villavicenzio
Aprendiz de coveiro, Deodato não está lá muito empolgado com a profissão que arrumou. Mas quando Jaqueline surge no cemitério, tudo muda. Ela trabalha pro serviço funerário, e começa a fazer um levantamento sobre túmulos abandonados e levanta outra coisa também com a ajuda do aprendiz de coveiro. E por mais que eventos esquisitos continuem a mexer com sua mente, a paixão não deixa que ele peça as contas.
E pensar que eu inicialmente achei que era um documentário chato. O quão tolo fui!

Onde o Mar Descansa (Sea Without Shore)
Com: Livia Rangel, Fernanda Lippi e Anna Mesquita
Final do século XIX, época onde homossexualismo não é lá muito bem visto. O romance entre duas moças é interrompido pela morte de uma delas, e a sobrevivente é arrastada pelo próprio subconsciente, e por forças desconhecidas, pelas profundezas de florestas remotas, de onde não há retorno.
Mas caralho, se a protagonista vai pro meio do mato, que caralhos tem o mar a ver com isso?

O Signo das Tetas
Com: Lauande Aires, Rosa Ewerton e Maria Ethel
No limite entre a razão e a insanidade, um homem busca seu passado, percorrendo diversas cidades do interior do Maranhão, em busca de sua história. Nesse percurso, ele vai conhecer vários tipos de pessoas, e reencontrar signos e significantes de sua vida, num possível caminho para sua salvação.
Heheh. Tetas.

A Três Vamos Lá (A trois on y va)
Com: Anaïs Demoustier, Félix Moati e Sophie Verbeeck
Tendo se enrolado recentemente, Charlotte e Micha compraram uma casa perto de Lille, na França, onde acham que vão viver felizes para sempre. Mas depois de um tempo, Charlotte começa a trair seu namorado/marido/sei lá com Mélodie. Se sentindo abandonado, ele acaba entrando numa dessas de trair Charlotte, também com Mélodie, que a essas alturas já tá toda cagada da cabeça, principalmente por estar apaixonada por ambos.
Má rapaz, eu ia fazer uma piada sobre menage, mas o negócio vai por esse caminho mesmo.

Truman
Com: Ricardo Darín, Javier Cámara e Dolores Fonzi
Depois de muitos anos separados por um oceano, dois amigos de infância se reencontram, passando alguns dias juntos e lembrando dos velhos tempos, e da grande amizade que se manteve, mesmo com a distância. Mas esse reencontro, além de inesquecível, é também um último adeus.
Eu admito que não entendi muito bem o que separou os dois, e que raios acontece pra ser o fim da linha, mas eu não me importei o bastante com o filme pra ir procurar.

Leia mais em: , , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito