Estreias da Semana – 08/10/2015

Cinema quinta-feira, 08 de outubro de 2015

Peter Pan (Pan)
Com: Hugh Jackman, Levi Miller, Garrett Hedlund, Rooney Mara, Adeel Akhtar, Nonso Anozie, Amanda Seyfried, Lewis MacDougall e Cara Delevingne
Pra você que acha que é a mesma história de sempre, não é. Em uma espécie de Peter Pan Origins, temos o pequeno Peter sendo sequestrado aos 12 anos junto com uma galera de um orfanato, durante a Segunda Guerra Mundial. Sequestrado inclusive por um pirata em um navio voador [q], que está sendo perseguido pelo exército britânico, mas escapa para a Terra do Nunca, onde o capitão Barba Negra escraviza todo mundo pra mineirar pixum, que vira pó de fada. No garimpo, Peter conhece James Hook, que tá tentando fugir. E o resto é história.
Quem diria, o nome do Capitão Gancho é James Gancho mesmo. Incrível, não?

A Travessia (The Walk)
Com: Joseph Gordon-Levitt, Ben Kingsley, Charlotte Le Bon, James Badge Dale, Ben Schwartz, Steve Valentine, Sergio Di Zio e Benedict Samuel
Philippe Petit é um cara que leva a vida no balanço [Nossa, que horrível essa]. Ficou famoso por atravessar o vão das Torres Gêmeas só com um cabo [heh] e uma vara na mão [heh]. O que menos gente ainda sabe é que ele não teve autorização pra realizar a manobra, mas com a ajuda de um monte de à toa assistentes, e um mentor pra montar o plano. E mesmo com vários obstáculos, a travessia aconteceu, em sete de agosto de 1974, sendo destaque no mundo todo, pela audácia e/ou ilegalidade.
Olha, pra um passeio de 45 minutos, acho que não precisava de um filme inteiro não. Mas é óbvio que não mostram a aventura inteira, e tem que meter um background na brincadeira.

Horas de Desespero (No Escape)
Com: Owen Wilson, Pierce Brosnan e Lake Bell
Uma família americana clássica se muda pra outro país [Qual país? Não importa, eles são americanos], e acabam caindo no meio de um golpe de estado. Liderada por seu patriarca, Jack Dwyer, a galera tenta dar o fora antes que sejam todos executados, junto com os outros estrangeiros.
Pelo pôster dá pra imaginar que é um país asiático. E a tradução não ser literal nesse caso foi bom. Uma das poucas vezes, mas foi.

Bata Antes de Entrar (Knock Knock)
Com: Keanu Reeves, Lorenza Izzo, Ana de Armas e Ignacia Allamand
Duas belas moças tocam a campainha de Evan Webber em uma noite molhada… Por estar chovendo. Como a esposa e o filho de Evan estão viajando, ele está sozinho em casa, e as moças logo se mostram muito prestativas para seduzi-lo e o levar pra cama. O que seria o sonho de muito marmanjo acaba se tornando um pesadelo, quando elas começam a perseguir o cara no dia seguinte.
Vai achando que realizar fantasia é só diversão e felicidade. É um recado do mundo: Às vezes o que você quer te fode.

Respire
Com: Joséphine Japy, Lou de Laâge e Isabelle Carré
Com 17 anos, Charlie tá naquela idade de paixões, emoções, convicções, e de se foder grandão. Introvertida, ela vê em Sarah, aluna nova que é seu exato oposto, alguém pra se basear. Ou mesmo se relacionar. E conforme os segredos são divididos, a intimidade aumenta. Até que as verdades emergem e causam estranheza.
Eu não sei se é um filme pra celebrar a estupidez adolescente ou se é pra ensinar a galera alguma coisa. Mesmo porque adolescente nunca aprende porra nenhuma.

Lulu, Nua e Crua (Lulu femme nue)
Com: Karin Viard, Bouli Lanners e Claude Gensac
Lulu não se deu muito bem em uma entrevista de emprego, então resolve nem voltar pra casa. O problema é que seu marido e os filhos estavam lá, esperando por ela. Sem nada em mente, ela só quer um tempo sem preocupações, pra aproveitar a vida do jeito que ela vier. E nessa jornada, além de conhecer pessoas que vivem a margem de tudo, ela vai encontrar alguém que tinha perdido muito tempo atrás: Ela mesma.
Rapaz, só não é mais auto-ajuda porque faltou tempo de filme.

Os Árabes Também Dançam (Dancing Arabs)
Com: Ali Suliman, Michael Moshonov, Tawfeek Barhom, Yaël Abecassis, Daniel Kitsis, Kais Natour, Keren Tzur, Khalifa Natour, Laëtitia Eïdo, Loai Nofi, Marlene Bajali, Norman Issa, Razi Gabareen, Robby Berman, Rona Lipaz-Michael, Shani Klein, Shirli Deshe e Yasser Arafat
Vivendo com a família no vilarejo árabe de Tira, o jovem Eyad consegue uma vaga pra estudar na famosa Israel Arts and Science Academy, em Jerusalém. Mas ele tem um problema sério, pois além das diferenças de língua e cultura, Eyad tem de vencer o preconceito por sua origem, principalmente quando ele gama em Naomi, sua colega de sala.
Olha, se não tiver uma cena de dança do rapaz árabe deixando todo mundo no chinelo, eu vou achar que é muita perseguição.

Leia mais em: , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito