Estreias da semana – 07/03

Cinema quinta-feira, 06 de Março de 2014

300: A Ascensão de um Império (300: Rise of a Empire)
Com: Lena Headey, Eva Green, Rodrigo Santoro, Sullivan Stapleton, David Wenham, Jack O’Connell, Scott Burn, Nancy McCrumb, Caitlin Carmichael, Hans Matheson, Callan Mulvey, Andrew Tiernan, Mark Killeen e Andrew Pleavin
Assim como 300 foi baseado em… 300, essa continuação é baseada em Xerxes, graphic novel de Frank Miller, e dessa vez trata de um novo campo de batalha: O mar. O general grego Themistokles tem que unir a moçada grega pra evitar que Xerxes e Artemesia, comandante da marinha persa, tomem de assalto suas cidade-estado.
Olha, eu não assisti, então não sei se é bom, mas que tem muito cara de caça-níquel, tem. E isso costuma depor contra o filme.

Até o Fim (All is Lost)
Com: Robert Redford
Viajando sozinho pelo Índico, um marujo acorda em seu veleiro de 39 pés cheio de água, com equipamento de rádio e navegação quebrado. Contando com sua experiência e intuição de marinheiro, ele consegue remendar o buraco que um container fez, mas está indo parar no meio de uma tempestade, e tem a companhia nada agradável de tubarões cercando o barco, com apenas mapas náuticos e um sextante na mão, sem contar os poucos suprimentos.
Até onde eu sei, o Robert Redford tocar um filme sozinho não é pouca coisa, e essas paradas de “homem contra a natureza” costumam ser bem bacana. Mas eu posso estar enganado.

Tinker Bell: Fadas e Piratas (The Pirate Fairy)
Com: Mae Whitman, Tom Hiddleston, Ron Yuan e Christina Hendricks
Sininho [Tinker Bell é a puta que pariu, beleza?] e suas amiguinhas tem que retornar o pó mágico que não é cocaína ao seu lugar de direito. Mas pra isso terão que enfrentar Zarina, a ladra, e os piratas de Skull Rock. Mas no meio dessa putaria toda, seus poderes foram trocados, e eles tem de voltar ao normal pra poder salvar o Refúgio das Fadas.
Sério. Eu acho que não é necessário dizer que esse tipo de filme é pra um público-alvo muito específico, que provavelmente não lê o Bacon, então me omitirei de outras opiniões.

Walt nos Bastidores de Mary Poppins (Saving Mr. Banks)
Com: Emma Thompson, Tom Hanks, Colin Farrell, Ruth Wilson, Paul Giamatti, Rachel Griffiths, Jason Schwartzman, Bradley Whitford, B.J. Novak, Kathy Baker, Victoria Summer e Dendrie Taylor
Disney, 1964. É mostrada toda a epopéia de Walt Disney pra convencer Pamela Lyndon Travers a vender os direitos de Mary Poppins, em um braço de ferro que durou 14 anos e terminou com uma proibição de qualquer sequência por parte da escritora, que odiou o resultado do filme, mesmo que esse seja um dos maiores clássicos da empresa do rato.
Sei não, por mais que pareça legal, esses documentários romantizados costumam ser um pé no meio do saco. Bem na costura.

Prenda-Me (Arrêtez-moi)
Com: Sophie Marceau, Miou-Miou, Marc Barbé, Yann Ebonge, Valérie Bodson, Arthur Buyssens, Vadim Goudsmits, Thomas Coumans, Joël Delsaut, Ingrid Heiderscheidt, Colette Kieffer, Guillaume Lemarre, Julie Maes, Véronique Perrault, Alexandre Picot e Raul Reis
Noite tranquila na DP, uma mulher chega. Ela está ali pra se entregar por um assassinato que foi cometido 10 anos atrás. O crime prescreve a meia-noite [Não me pergunte sobre legislação penal na França que eu também não sei], e ela tem de ser punida com o rigor da lei. Porém, entretanto, contudo, todavia, a delegada se recusa a prendê-la, devido às razões que levaram a tal mulher a cometer tal crime. E ai começa uma briga entre as duas, porque mulher é tudo louca.
Eu tou cansado de falar que filme francês não vale a pena, cês não me escutam. Vão lá ver esse que vai ser bacana, depois voltem aqui pra me falar o que acharam.

Instinto Materno (Pozitia Copilului)
Com: Lumini?a Gheorghiu, Vlad Ivanov, Florin Zamfirescu, Bogdan Dumitrache, Ilinca Goia, Nata?a Raab e Adrian Titieni
Drama romeno que mostra como uma mãe, utilizando seu poder, suas conexões na alta sociedade romena e seu status, tentando evitar que seu filho de 32 anos seja indiciado por homicídio em um acidente de carro.
Eu não sei porque, mas isso me soa terrivelmente familiar. E eu não tenho contato com romenos.

Leia mais em: , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito