Estreias da Semana – 07/03/2019

Cinema quinta-feira, 07 de março de 2019

Capitã Marvel (Captain Marvel)
Com: Brie Larson, Samuel L. Jackson, Ben Mendelsohn, Djimon Hounsou, Lee Pace, Lashana Lynch, Gemma Chan, Annette Bening, Clark Gregg e Jude Law
Salva de uma explosão pelo alienígena Mar-Vell, a piloto da Força Aérea dos Estados Unidos Carol Danvers ganha poderes extraordinários, que ela usará para salvar a galáxia… Ou isso é outra galera?
Se você não tá ansioso por esse filme, você não é marveco, você é moleque. Vai lá babar ovo do Batman meia-boca do Ben Affleck.

O Rei de Roma (Io Sono Tempesta)
Com: Marco Giallini, Elio Germano e Eleonora Danco
Homem de negócios cheio de carisma, Numa Tempesta [É esse o nome dele, sério] faz de tudo pra fechar um negócio. Mesmo que seja algo ilegal. O problema é que eventualmente essas mutretas vem à tona, e ele é condenado a um ano de prisão domiciliar. Mas, como bom criminoso pau no cu, um contratempo desse tipo não vai impedi-lo de ganhar dinheiro.
Infelizmente, esse é mais um filme que sofre de título com trocadilho que não dá pra traduzir [Ou até daria, se a galera fizesse o serviço dela].

Albatroz
Com: Alexandre Nero, Andréa Beltrão, Maria Flor, Camila Morgado, Gustavo Machado e Andréia Horta
Simão é um fotógrafo que, apesar de ser casado com Catarina, compositora de jingles publicitários, se apaixona por Renée, que é uma atriz judia [JUDIA DE MIM, JUDIA, QUE EU NÃO SOU MERECEDOR]. Por algum motivo, os dois vão para Jerusalém, onde um atentado terrorista acontece, e ele acaba fotografando a porra toda, e fica mundialmente famoso por isso. Porém, entretanto, contudo, todavia, ele também é criticado por ter fotografado o rolê, ao invés de tentar impedir que ocorresse. Isso faz com que ele entre em depressão, e não consiga distinguir entre realidade, sonho e delírio.
Você querer que um fotógrafo se meta em atentado terrorista é tipo querer que um jogador de futebol saiba pilotar um avião. Mas como eu não vou com a cara do Alexandre Nero, tá tudo certo.

O Último Trago
Com: Mariana Nunes, Ana Luiz Rios e Larissa Siqueira
Encontrada na beira da estrada, uma mulher incorpora o espírito de uma guerreira indígena, o que acaba desencadeando uma série de eventos que não ligam pras barreiras do espaço, ou mesmo do tempo, se refletindo em séculos de lutas, entre o sertão nordestino e o litoral, sempre num embate entre dominação e resistência.
Eu não entendi nada, mas me remeteu à velho oeste, então já interessou.

Rafiki
Com: Samantha Mugatsia e Sheila Munyiva
Kena e Ziki são grandes amigas, que pertencem à famílias com visões políticas diferentes. Conforme o tempo passa, um romance surge entre elas, mas a sociedade local é conservadora o suficiente pra apresentar um problema: Se elas ficarem juntas, podem não ficar em segurança. Então é hora de tomar uma decisão: Um relacionamento ou a vida?
Te garanto que se fosse um filme dinamarquês ia ter muito mais gente falando.

Raiva
Com: Adriano Luz, Catarina Wallenstein, Rogério Samora e Sergi López
Baixo Alentejo, Portugual, década de 1950. Numa região que sofre com os ventos, a falta de comida e de dinheiro, a violência não demora a dar as caras: Dois assassinatos numa só noite. Quem terá cometido tal atrocidade? É o que o vilarejo quer descobrir, em meio à ditadura portuguesa.
Deveriam ter mantido o nome do livro, Seara de Vento, que é muito mais poético. E eu nem gosto de poesia.

Yomeddine – Em Busca de um Lar (Yomeddine)
Com: Rady Gamal, Ahmed Abdelhafiz, Mohamed Abdel Azim e Shahira Fahmy
Sobrevivente da hanseníase [Nome moderno da lepra], Beshay decide sair da colônia de catadores de lixo onde ele mora, e ir em busca de sua família pelo Egito. Acompanhado de seu burro e um garoto orfão chamado Obama.
Não é só filme brasileiro que abusa da estética da pobreza não, amiguinho!

Leia mais em: , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito