Estreias da Semana – 01/02/2018

Cinema quinta-feira, 01 de Fevereiro de 2018

A Forma da Água (The Shape of Water)
Com: Sally Hawkins, Michael Shannon, Richard Jenkins, Michael Stuhlbarg e Octavia Spencer
Em meio à guerra fria e aquele monte de coisa dos anos 60, Elisa é a zeladora de um laboratório secreto do governo dos EUA, onde conhece uma criatura fantástica que é mantida em cativeiro ali. Conforme o tempo passa e ela se aproxima do ser, um plano de fuga começa a se formar em sua mente, e ela vai pedir uma mão à um vizinho, Giles, e sua colega de trabalho, Zelda.
Se foi indicado à 13 Oscars, alguma coisa deve ter de boa. Ou não, vai saber o que se passa na cabeça da galera.

Todo o Dinheiro do Mundo (All The Money In The World)
Com: Christopher Plummer, Mark Wahlberg e Michelle Williams
Itália, 1973. John Paul Getty III, de 16 anos, é sequestrado pelo simples fato de que seu avô é um dos magnatas do petróleo americano. Mas ele não dá a mínima pro neto, e sua mãe vai ter que fazer hora extra pra convencer o cara a tirar o escorpião do bolso.
Esse é o filme que já tava pronto e foi refilmado por conta do Kevin Spacey e aquele rolo de assédio. Se isso afetou a qualidade do filme? Sei lá, viado.

As Aventuras de Paddington 2 (Paddington 2)
Com: Ben Whishaw, Hugh Grant, Brendan Gleeson, Julie Walters, Jim Broadbent, Imelda Staunton, Peter Capaldi e Sally Hawkins
Depois de ser adotado pelos Brown, a comunidade de Windsor Gardens reconheceu Paddington como um de seus membros mais ilustres. E depois dele se submeter à vários trabalhos fora do padrão para comprar um livro de presente de aniversário para sua tia que está fazendo 100 anos, ele e sua família terão mais um trabalho: Encontrar o ladrão que roubou o livro.
Reza a lenda que esse é melhor que o primeiro, mas aparentemente isso nem é tão difícil assim.

A Repartição do Tempo
Com: Eucir de Souza, Edu Moraes e Bianca Müller
Numa repartição pública brasileira qualquer, um chefe com acesso à uma máquina do tempo tem uma ideia genial [Pra ele]: dobrar o número de funcionários e fazer com que eles produzam mais.
Não seria mais interessante usar a máquina do tempo pra ficar rico e não ter de trabalhar, ou melhorar a burocracia geral do país, pra aumentar a produtividade geral?

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito