Está acabando o ritual de espera?

Televisão quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Percebo, entre a molecada de hoje, que não há mais o ritual da espera pelo seu desenho favorito, seja no Bom Dia & Cia, TV Globinho, Sábado Animado ou Carrosel Animado.

Sabemos que a qualidade das animações de hoje em dia não é lá essas coisas, mas mesmo assim, ainda há as animações de boa qualidade que poderiam prender a atenção dos infantes.

Então, qual é o problema?

Sim, é a internet.

Calma, os adolescentes não abandonaram os desenhos de vez para viver só de onanismo da rede, eles simplesmente estão baixando seus desenhos prediletos, assim como já acontece com os fãs das principais séries da TV.

Nada de mau nisso, afinal, a tecnologia ajuda nesse caso, principalmente se vocês, assim como eu, não tem tempo para assistir TV, ainda mais nos horários em que esses desenhos costumam passar.

O que ocorre é que não há mais aquela expectativa em relação ao início do programa. Aquela agonia na espera para ver Thundercats enquanto está passando Nossa Turma, ou a espera por Caverna do Dragão, que era logo após Capitão Planeta (entre outros vários, já que esse desenho passava em tudo quanto é horário).

A galera otaku (como os vizinhos ‘estranhos’ do Sake com Sal) talvez tenha sofrido pela espera de Cavaleiros do Zodíaco, enquanto era exibido Sailor Moon ou Patrine, mas como eles também deviam curtir isso (ui), então não deviam ligar muito. Não duvido mudarem de canal quando começava os Cavaleiros. Frangas.

Enfim, isso tudo para ficar só nesses exemplos.

O máximo que ocorre, é a espera pela legenda ou lançamento lá fora, para download aqui. O que não é lá grande coisa.

Quando a animação chega aqui no Brasil, via canais pagos ou TV aberta, a galera já viu tudo, perdendo o impacto do lançamento, por parte da emissora, e audiência, claro.

Mesmo assim, a molecada não desfruta do prazer de conhecer animações bizarras (já que dependendo do ano você tinha que ver o Xou da Xuxa inteiro) ou de comentar com os amigos no dia seguinte, ou à tarde, sobre o fodástico episódio em que o Tiamat aparecia arregaçando todo mundo, ou como a Uni era FDP não deixando ninguém ir para casa.

Enfim, a internet ajudou muito quem não tem tempo para ficar colado à televisão, mas também acabou com o encanto de ficar aguardando os novos episódios enquanto alguma apresentadora loira maltratava as crianças na tela.

E a gente ria muito também.

Se acham que estou errado, esperneiem aí nos comentários.

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito