Entressafra Gamística

Nerd-O-Matic sábado, 22 de agosto de 2009

Todo mês de agosto é foda. TODO FUCKING ANO chega nessa época e os jogos novos escasseiam.

Claro que continuam saindo jogos em agosto, mas o difícil é sair jogo BOM, já que as grandes produtoras acabam segurando seus melhores jogos pro Natal, quando ingenuamente acreditam que vão vender mais porque, tipos, É NATAL.

 PROJECT NATAL É ENGODO

Caralho, odeio vocês cristãos. Sério. Odeio vocês principalmente por caírem na lorota capitalista e por deixarem uma data religiosa se tornar um feriado dedicado ao consumo desenfreado e sorrisos falsos.

Isso é tão imbecil quanto só comer bacalhau na semana santa. Bacalhau é um peixe extremamente saudável e gostoso, mas por uma tradição imbecil, acaba só tendo destaque na semana santa. VSF.

 BOLINHO DE BACALHAU É TODO DIA OK??///

Mas, voltando aos jogos, isso não faz o menor sentido; porque daí o mercado é inundado por jogos novos e, obviamente, ninguém vai comprar todos eles. Os pais presenteadores só vão comprar um ou outro jogo, deixando de lado outros vários jogos bons, porque, claro, SAIU TUDO AO MESMO TEMPO.

Mercadologicamente falando, eu acho que faz mais sentido você soltar um jogo bom exatamente nesses períodos de escassez, porque ele vai ter 459% mais atenção do público gamístico do que teria em uma época saturada de lançamentos como… O NATAL.

Depois dizem que eu sou ranzinza por não gostar de Natal.

Bom, e o que você faz quando se encontra nesse período de entressafra, enquanto aguarda ansiosamente os lançamentos mais ou menos decentes que foram prometidos só para setembro/outubro e que quando chegar NOVEMBRO eles vão adiar todos para DEZEMBRO?

Enquanto espera você joga coisas velhas que deixou passar nos anos passados, claro:

Devil May Cry 4 (XBox 360)

Bom, esse jogo veio junto com o meu 360, quando o adquiri há quase um ano atrás. O dedo coçou quando vi a caixinha, e seria um dos primeiros jogos que eu ia detonar. Mas daí, muito esperto e prevenido que sou, pensei “melhor guardar essa merda pro período de entressafra”.

Porra, eu sou muito perspicaz mesmo. Devil May Cry 4 é um jogo TOTAL quebra-galho pra quando você tá a fim de chutar bundas e não possui um lançamento decente à mão. A quarta edição da série continua fiel ao espírito meio bicha de Devil May Cry, com vídeos absurdos e enredo bisonho. O sistema de batalha não é o melhor de todos que eu já joguei, mas funciona bem pra quem tá acostumado com a série. O jogo é extremamente bem-feito em termos de gráficos e áudio, o que ajuda a desculpar um pouco aquelas malditas partes com puzzles de ficar pulando de um lado pro outro, altamente xaropes desde sempre.

Mas a melhor coisa de DMC é que é o tipo de jogo que você termina e joga de novo. Eu não sou muito de ficar coletando itens e fechar jogos com 100%, mas tem alguma coisa em Devil May Cry que te estimula a repetir a dose. No meu caso acho que é o fato de já conhecer os inimigos na segunda rodada pelo jogo, e sair chutando bundas com força desde o início. Emocionante.

Yu-Gi-Oh! 5D’s Stardust Accelerator: World Championship 2009 (Nintendo DS)

Olha eu não sou jogador de card games na “vida real”. Eu já tive contato com algumas coisas como Magic: The Gathering e adjacências, mas esse negócio de ficar comprando e trocando cartas, e se reunindo com nerds pra jogar não é muito a minha praia.

Porém, sou totalmente sucker por card games eletrônicos. Além de não precisar ver a cara feia dos oponentes, já tenho todas as cartas à disposição e posso montar zilhões de decks e estratégias audaciosas sem precisar gastar dinheiro comprando uma carta de bosta. Eu acho que joguei todos os Yu-Gi-Oh que saíram pro PSP. Só pro PSP, porque os que saíram pro NDS sempre foram uma merda recalcitrante.

Até sair esse aqui.

Acho que Stardust Accelerator é de fato o primeiro Yu-Gi-Oh decente no DS. Os outros eram feios, truncados, chatos e mal-feitos. Nesse eles acertaram basicamente todos os erros dos anteriores, o que me fez migrar imediatamente para a versão DS e abandonar as versões PSP. As duas telas do DS passam mais informação simultaneamente, e fica mais fácil de controlar o campo de batalha e tals.

É outro jogo ótimo para período de escassez, porque ele basicamente não tem fim. Você pode ignorar a história do jogo e ficar só duelando com seus decks, ganhando pontos, comprando mais boosters, montando decks novos e assim por diante. Ele dura quanto tempo você quiser, e sempre dá pra voltar e duelar um pouco mais. Joguinho pra guardar pros momentos de dificuldade e viagens longas.

Trauma Center: New Blood (Wii)

Agora apelei hein, jogo de 2007. Mas eu não tinha jogado ele direito até agora.

Dos três que estou apresentando aqui, esse é o que menos está me divertindo nesse período de entressafra. Ao contrários dos outros dois jogos, Trauma Center enche o saco RÁPIDO. Mas acho que isso é bem característico dos jogos do Wii, de uma forma geral.

Não que o jogo seja ruim, ele simplesmente não tem a mesma… permanência… que os outros jogos. É uma experiência muito pontual. E quando você não consegue terminar uma cirurgia direito você não sente aquele gosto do desafio, de querer vencer, de tentar de novo. Você só fica de saco cheio por ter que fazer tudo outra vez. Esse é um sentimento complicadíssimo pra um gamer lidar, resistir a largar a porra do jogo e ir fazer outra coisa.

Esse parece realmente ser o espírito do Wii para quase todos os jogos. E aqui me encontro eu de novo pensando em vender essa bagaça.

Bom, espero que isso tenha tornado vocês pessoas mais sagazes, crianças. Fiquem espertos e poupem jogos bons para Agosto de 2010, para que vocês não sejam pegos de calças curtas. Quem guarda, tem.

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Koi

    Project Natal é engodo no teu cu, fdp. Deixa eu ficar com meu otimismo, faz favor?

    *Não tinha nada pra comentar, resolveu comentar merda*

  • Koi

    E, como tu consegue gostar de bacalhau? Puta peixe ruim do caralho.

  • llSENAll

    Cara Papai Noel Não Existe.

  • André

    Pra que tudo isso? Eu passo esse tempo jogando Supreme Commander e Command & Conquer, mas qualquer jogo de estratégia bom funciona.

busca

confira

quem?

baconfrito