Destaques da Semana em DVD – 18/02 á 22/02

Cinema quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008

Semana de Oscar, nas videolocadoras há lançamentos para todos os gostos! Curtam!

piaf.jpg

Piaf – Um Hino ao Amor: A cantora francesa Edith Piaf, conhecida em todo o mundo por suas interpretações fortíssimas – e pelo clássico Non, Je Ne Regrette Rien – teve uma história conturbadíssima de vida. Filha de um cantor de cinema e de uma acrobata de circo, que não tiveram exatamente o que pode ser chamado de vida em família, Piaf (que quer dizer rouxinol em francês) teve doenças severas castigando sua infância e deixando-a com cegueira e surdez temporárias. Dizem as más línguas que a mãe da pequena Edith Giovanna Gassion misturava vinho tinto á sua mamadeira. Criada no bordel na Normandia gerenciado pela avó paterna por uma prostituta que cuidou dela até a volta de seu pai, a jovem Edith ouvia muitas músicas, que adorava e que ajudavam a aliviar um pouco a dura vida. Um belo dia, seu pai a resgatou para se apresentar com ele nas ruas, num tempo miserável na vida de Edith. Logo ela trocou as apresentações com o pai para cantar em dupla pelas ruas com sua amiga Momone, Simone Berteaut. A cantora, uma das mais amadas na França em todos os tempos, não teve sua vida muito aliviada a partir de então. Apesar de a alegria acompanhar muitos momentos de sua vida, como os romances com o ator e cantor Yves Montand, Piaf passou pelo assassinato de um marido, a morte de sua filha Cecelle aos dois anos de idade, pelo vício em morfina e álcool e pela sua estatura minúscula, que fez a voz da cantora apagar-se prematuramente, quando morreu aos 47 anos de idade, em 1963. Piaf -Um Hino ao Amor (cujo título original é La Vie Em Rose) é dirigido por Olivier Dahan e traz a excepcional interpretação da atriz Marion Cotillard como Edith Piaf, que rendeu a ela diversos prêmios e a indicação de Melhor Atriz ao Oscar deste ano.

ligeiramente.jpg

Ligeiramente Grávidos: Uma das melhores surpresas do ano passado, esta comédia junta um elenco equilibrado num texto cômico muito divertido, imperdível para os fãs de comédias. A trama envolve um caso de uma noite que Ben Stone e Alison, depois de se conhecerem em um bar, decidem passar uma noite juntos. Depois disso, cada um volta á sua vida normal, aparentemente sem maiores conseqüências. Porém, tudo desmorona quando, oito semanas depois, eles se encontram novamente e Alison está grávida de Ben. A revelação causa um choque no rapaz, que aos poucos vai se acostumando com a idéia. Eles tem pouco em comum um com o outro, mas a situação força um tipo de compromisso que ambos tem dúvidas se devem assumir, mesmo que estejam ligados pelo resto da vida. Assim, eles optam por manter algum relacionamento pelo bebê que está para nascer. Nesse tempo, irão descobrir coisas novas um sobre o outro, coisas essas que podem tanto afastá-los ou juntá-los de uma vez por todas.

invasores.jpg

Invasores:Legítimo filme de produtor: a insatisfação fez com que fossem contratados novos roteiristas e um novo diretor para dar um trato mais comercial ao suspense conspiratório dirigido até então pelo alemão Oliver Hirschbiegel (de A Queda). Na trama, Carol (Nicole Kidman), psiquiatra de Washington, descobre uma misteriosa epidemia de origem extraterrestre. Quando seu filho é infectado, ela e seu amigo Ben (Daniel Craig) começam a trabalhar juntos para encontrar a cura, antes que o mundo todo esteja perdido. Esta é a terceira refilmagem de Invasores de Corpos.

desbravadores.jpg

Desbravadores: Fracasso nas bilheterias este épico histórico com elenco e direção fracos. Na trama, uma criança viking se torna a única sobrevivente de um naufrágio, depois que seu clã nórdico de saqueadores, em busca de escravos, ataca uma aldeia de nativos americanos da costa. Adotado pelos índios Wampanoag locais, o garoto é criado até que se torne um caçador e guerreiro hábil. 15 anos mais tarde, os vikings retornam para invadir a América, e o jovem conhecido em sua tribo como Ghost (Karl Urban) tem de escolher de que lado irá ficar.

aloja.jpg

A Loja Mágica de Brinquedos: Fábula que procura, mas não consegue, atingir a mesma graça e charme de A Fábrica de Chocolate. Pelo menos, o elenco é agradável. Na trama, Magorium (Dustin Hoffman) é um incrível senhor de 243 anos de idade, dono da loja de brinquedos mais fantástica do mundo. Tudo lá é mágico e parece ter vida. A única condição que se pede aos freqüentadores é muito simples: precisa acreditar para ver. Quando o Sr. Magorium decide se aposentar e deixar a loja para a encantadora Molly (Natalie Portman), coisas estranhas começam a acontecer.

eueas.jpg

Eu e as Mulheres: Para quem estava com saudade de The OC, Adam Brody reprisa seu papel de romântico apaixonado. No elenco, a ótima jovem atriz Kristen Stewart e Meg Ryan. Na trama, depois de levar o fora de sua namorada, uma atriz de Hollywood, um jovem escritor decide ir para o subúrbio de Detroit cuidar da saúde de sua avó. Ali, ele pretende encontrar o sossego suficiente para escrever um livro que sempre desejou. Logo ele conhece Sarah (Meg Ryan de Cidade dos Anjos) e suas duas filhas. Ao mesmo tempo, ele se aproxima cada vez mais de sua avó que vive obcecada com a idéia da morte, e também percebe que seu contato com a família vizinha se torna a cada dia maior. Sem se dar conta, ele irá mudar a vida dessas mulheres na mesma medida em que elas irão mudar a vida dele.

gol2.jpg

Gol II – Vivendo o Sonho: Goal II é o segundo filme da trilogia da FIFA sobre um rapaz que se torna um grande jogador de futebol. Desta vez, o jogador mexicano Santiago Munãoez (Kuko Becker) transfere-se do Newcastle para o Real Madrid e joga ao lado de estrelas como Zidane, Ronaldo e David Beckham. Eu não gosto do primeiro filme, acho ele muito esquemático, mas há gosto para tudo.

joshua.jpg

Joshua – O Filho do Mal: Completo desconhecido para mim, este suspense, inédito nos cinemas, angariou elogios em festivais pelo mundo. Consta que é um suspense psicológico muito bom, foge da fórmula de Profecia, e tem um bom elenco (Sam Rockwell e Vera Farmiga, além de um menino com cara de louco). Na trama, um casal vive feliz ao lado de seu pequeno filho. Eles tem um relacionamento invejável, um apartamento grande em Manhattan e tudo o que uma família pode desejar. Para completar a felicidade do casal, um novo filho está a caminho. Mas o que era para ser mais motivo de felicidade acaba se tornando o catalisador de um pesadelo que só está começando, já que o pequeno filho do casal, de nove anos de idade, começa a se sentir inseguro com a chegada do novo bebê. Com isso, uma série de eventos trágicos que espalham o terror na casa. Agora um mistério se aproxima, e ninguém nessa família está seguro.

tadandoonda1.jpg

Tá Dando Onda: Num ano de ótimas animações, Tá Dando Onda, surgiu como uma surpresa pelo formato diferenciado, mas na moda atualmente: o falso documentário. Com bons dubladores na versão americana, dá para curtir tanto quanto as crianças. Na trama, um jovem pinguim decide viajar para participar de um torneio de surf. Ele sonha com fama e admiração, até conhecer um veterano surfista que faz com que mude sua mente.

omagnata.jpg

O Magnata: Exemplo de fracasso nas bilheterias brasileiras, este filme com roteiro de Chorão (hein?), passou voando nos cinemas. Seria uma pseudo biografia de Chorão: no filme, Magnata (Paulo Vilhena) é um astro do rock e, apesar de ser bem-sucedido em sua carreira, vive gastando o dinheiro da herança que seu pai lhe deixou com suas extravagâncias. Amigo íntimo de Chorão, o sentido de sua vida muda quando conhece Cris (Rosanne Holland). Ele percebe que toda sua imaturidade podem trazer graves conseqüências.

proibido.jpg

Proibido Proibir: Filme nacional que passou em branco nos cinemas chega agora em dvd. Na trama, Paulo (Caio Blat de Carandiru) é estudante de medicina e faz residência em um hospital público. Ele mora junto com um amigo, Leon (Alexandre Rodrigues de Cidade de Deus), que estuda ciências sociais e namora com Letícia (Maria Flor de Cazuza, O Tempo Não Pára). Juntos, os três formam o triângulo principal desse filme nacional que tem um conteúdo forte e atual, e que mostra como esses três jovens irão compartilhar momentos que vão mudar suas vidas ao entrar em contato com a pobreza e a crueldade da vida adulta nas ruas da zona norte do Rio de Janeiro.

buenavida.jpg

Buena Vida Delivery: Para os fãs do cinema argentino. Sem nenhum preconceito, o cinema argentino é um exemplo a ser seguido, pois une qualidade e simplicidade. Na trama, Hernán (Nacho Toselli) tem 24 anos e um precário emprego como motoboy. Desde que sua família emigrou para a Espanha, fugindo da crise que atravessa a Argentina, ele vive sozinho na casa do pai, agora vazia e repleta de lembranças. Hernán se apaixona por Pato (Moro Anghileri), frentista de posto de gasolina que procura um lugar para morar e pergunta-lhe se quer alugar o quarto vazio que tem em casa. Pato se muda e, com pouco tempo de convivência, eles começam uma relação amorosa. Mas, inesperadamente, a família de Pato chega de uma cidade do interior e pede para se hospedar na casa por uma noite. A família é respeitosa, mas os dias vão passando e eles não vão embora.

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Friederichs

    Nossa, muito bom cara!

    O que mais me interessou foi o PIAF. Já o resto, ou manjado demais ou meio sem graça.

busca

confira

quem?

baconfrito