Como acabar com o Big Brother

Televisão sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Seguinte, eu gosto da TV aberta. Pra mim, quanto pior, melhor. Não tem nada mais legal do que um Casos de Família, Melhor do Brasil (Redundância, né) ou o clássico Programa do Ratinho. Já passou da hora desses canais do meu Brasil brasileiro erguerem a bandeira do humor involuntário com orgulho. Mas, divago. O caso é que mesmo com uma edição mais lamentável que a anterior, o Big Brother não se encaixa nesses parâmetros. É um programa bunda-mole demais pra isso. Logo, depois de dias e dias acompanhando comentários à altura do programa no twitter, eu cheguei à iluminação: Uma maneira perfeita de destruir o Big Brother Brasil.

1° passo: Entrar no BBB

Como a história de golpes governamentais, revoluções e tudo o mais nos mostra, a melhor forma de destruir um governo democrático seu inimigo é infiltrando-se na parada. A menos que seu inimigo seja uma pessoa, nesse caso não deve ser uma boa ideia. Ou seja, pra sabotar o programa, logicamente teremos que estar dentro dessa nave louca que é a casa mais vigiada do Brasil. Mas como? Fácil, incrédulo leitor: Através de uma análise minuciosa do perfil desses curiosos espécimes conhecidos pela alcunha de ex-BBBs.

Obs: Suas chances aumentam consideravelmente se você for gay ou gostosa. Bissexuais também estão em alta. Mas, caso contrario, ainda é muito simples, comissário:

 E tão eficaz quanto atirar no arquiduque austro-húngaro! Não, pera, não é isso…

a) Malhar, malhar e malhar

A menos que você aspire à uma vaga de alívio cômico gordo que só faz gordice, só entram no BBB caras ~bombados~ e mulheres ~saradas~. Então, a primeira providência a ser tomada é ir até academia e levantar ferro (Essas gírias são geniais) até ficar igual ao maior trapézio de Curitiba. Caso o ambiente da academia não te deixe com raiva suficiente pra malhar até as veias dos olhos estourarem, está permitido encher o rabo de anabolizantes. Com sorte, seu cérebro (E outras coisas mais) vão atrofiar e os passos futuros ficarão mais fáceis.

Quando você estiver mais ou menos assim:

 Você está pronto para…

b) Ir para a balada!

Agora sim, é hora de usar toda seu treinamento pra causar em todo o universo noturno reconhecido pela Rede Globo. Ou seja, Rio/São Paulo. Então vá lá meu caro, se esbalde, baixe vários litros de Johnny e pegue as mina tudo, no mínimo sete (Para saber mais, clique aqui).

Mas, se mesmo assim um olheiro da família Marinho não te encontrar, é hora de partir pra meios mais diretos. Ou seja:

c) Enviar uma fita

Ok, você não foi notado. Mas seus esforços não foram em vão. Muito pelo contrário. Você pode concentrar tudo o que aprendeu frequentando esses esclarecedores ambientes em uma fita de alguns minutos. Agora, o mais importante é foco, não queremos ser alvo de um apresentador engraçadão do Multishow por não termos sido selecionados. Mas não se acanhe, o fundamental é preencher o tempo com expressões como “eu vivo o momento”, “eu digo o que penso”, “sou espontâneo”, “faço publicidade”, “não levo desaforo pra casa” e suas variações.

Se os passos foram seguidos corretamente, você está dentro. Agora preste atenção, que aí vem a parte crucial:

2°: FODER A PORRA TODA

Finalmente, é chegado o momento. Foder com a parada parece algo simples, a principio. Mas não, ser escroto, arrotar na cara dos ~brothers~, passar a mão na bunda das ~sisters~, não lavar a louça e afins só vão te prejudicar, fortalecendo o resto do programa. Precisamos de algo maior. E que não te expulse. Ao menos imediatamente. Mas calma, é aí que entra a parte genial.

 COMO ASSIM BIAL

a) Tire a roupa

Isso mesmo, nada de se jogar na piscina de roupa ou assaltar a geladeira. A primeira coisa que você deve fazer ao entrar no alcance das câmeras é tirar toda a roupa. Não pergunte porque.

b) CORRA

Seguinte, cê tá pelado, cara. A Rede Globo de Televisão pode permitir altas putarias, estupros e etc., mas a sua nudez frontal não entra na lista. Logo, em nome dos bons costumes, a transmissão da sua honrosa imagem será desfocada e/ou acompanhada de uma tarja preta. Agora, a ideia é maximizar esse efeito. E não tem jeito mais simples do que isso que correr alucinadamente, preferencialmente em volta dos outros participantes. Incessantemente. Umas anfetaminas (Que você deveria ter escondido no ânus anteriormente) podem ajudar.

Pronto, se você fez o serviço de forma competente, as imagens estão praticamente inutilizadas e o Boninho já começou a pensar em suicídio.

c) Palavrões, muitos palavrões

O que nos leva ao som. De novo, é mais fácil a Globo deixar passar um assassinato ao vivo do que algumas palavras de baixo calão. Logo, basta adicionar uma enxurrada de palavrões ao repertorio de correr pelado enlouquecidamente ao redor das pessoas e pronto. Áudio inutilizável.

Sem nada pra passar nos primeiros dias, a audiência despenca, os patrocinadores minguam, algumas demissões e acabou. Você venceu. O povo venceu.

Claro, podem arrumar um pretexto pra te expulsar da parada, mas nesse caso dá pra emplacar um processo contra o canal e fodasse maluco. Ou o programa continua de boa. Mas aí, é capaz de a sua atitude anárquica conseguir uma legião de fãs hipsters/revolucionários de sofá. Nesse caso você ganha o BBB. E fodasse maluco.

Mas foco no objetivo, foco. Dispostos a encarar essa missão encontrarão neste que vos fala todo o apoio necessário. Essa é a sua hora. O país precisa de você.

 We need you, véi.

Leia mais em: , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • manuelita

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK AMEI

  • KKKkkk muito fera, pena eu não ter coragem o suficiente pra executar esse plano!!!

busca

confira

quem?

baconfrito