Comentários para acompanhar o Emmy – Dramas

Sit.Com terça-feira, 11 de setembro de 2007

Retificando neste domingo (16) ocorre a grande premiação dos serie maníacos, o Emmy, que será exibido pelo canal Sony ao vivo. Na coluna passada destaquei os seriados cômicos, hoje, é a vez da categoria drama. A versatilidade é a marca desta categoria, neste ano, tivemos surpresas, injustiças e uma despedida. Inclusive, esta despedida, o seriado The Sopranos, deve ser a grande questão da noite, será que os votantes irão premiar o seriado pela sua despedida como homenagem, se isto acontecer não tem pra ninguém, The Sopranos deve levar a maioria dos prêmios e os demais concorrentes ficarão a ver navios.

Os cinco indicados a melhor drama e alguns destaques:

Família Soprano (The Sopranos): seriado aclamado pela crítica, já o considero hour concurs, encerrou sua história na sexta temporada (recém exibida pelo canal HBO). Nestes anos acumulou dezenas de prêmios e indicações ao mostrar a vida e os dramas existenciais de Tony Soprano, um poderoso chefão da máfia contemporânea de New Jersey. Com tantas pressões em casa (com sua família e sua mãe) e nos negócios decide que precisa da ajuda médica e procura a psiquiatra Jennifer Melfi. Além da indicação de seriado, concorre como ator (James Gandolfini), atriz (Edie Falco), ator coadjuvante (Michael Imperioli), atriz coadjuvante (Lorraine Bracco e Ainda Turturro), entre outras indicações técnicas.

sopranos

Grey’s Anatomy: uma das supresas do ano passado, Grey’s Anatomy nesta terceira temporada retificou sua audiência junto ao público, dividindo-a com o seriado policial C.S.I. (seriado mais assistido na temporada passada), com um mistura de elementos novelescos (drama, romance e comédia), junto a uma trilha infalível, Grey’s conta os dramas e dilemas de uma equipe de residentes no hospital Seattle Grace. Se a crítica questiona a protagonista Meredith, as coadjuvantes Sandra Oh (dra. Cristina) e Chandra Wilson (supervisora dos residentes Dra. Bailey), dão um show a cada semana, tanto que estão indicadas a melhor atriz coadjuvante. Ao mesmo tempo cômica e emocionante, a terceira temporada teve altos e baixos, no entanto deixou um gancho interessante para a quarta temporada, além disto, o sucesso é tanto que a personagem coadjuvante Dra. Addison, ganhou um seriado só seu, Private Practice, que estréia nesta nova temporada que inicia a partir de segunda que vem (nos próximos dias revelo as datas das estréias para quem quiser acompanhar os seriados).

grey’s

House: assim como Grey’s Anatomy, House está indo para sua quarta temporada, é um dos meus seriados prediletos pelo incrível personagem principal e sua interação com os demais médicos de sua equipe e os inusitados casos de saúde que trata. Apesar de ser considerado um seriado com fórmula (cada semana envolve o tratamento de um paciente), House, o seriado, evoluiu a partir do momento que guardou espaço para as vidas dos personagens, principalmente, o comportamento destrutivo e egoísta do Dr. House. Obviamente, o ator Hugh Laurie é favorito ao lado de Gandolfini para levar o prêmio de melhor ator. Se quiser saber detalhes da terceira temporada clique aqui.

house

Boston Legal: uma surpresa a presença de Boston Legal, ou Justiça sem Limites como é exibida pelo canal Fox, pois o seriado é uma mistura de comédia com toques dramáticos, e quando isto acontece, normalmente, o seriado é deslocado para a categoria comédia (assim ocorre com Desperate Housewifes e Ugly Betty). Se como seriado a indicação de Boston Legal surpreende, as indicações de James Spader (melhor ator) e William Shatner (ator coadjuvante) são rotineiras. Para quem não conhece o seriado ele conta as aventuras de um grupo de advogados, liderados por Alan Shore e Denny Crane, em milionários casos de processos civis em Boston, se você acha que conhece esta história é que o seriado foi criado por David E. Kelley, marido de Michelle Pfeiffer e criador de seriados como Ally McBeal e O Desafio.

boston

Heroes: já comentei sobre Heroes aqui, considero certo exagero de o Emmy indicar Heroes pela sua irregular primeira temporada, acredito que sua aura moderna e cool, seja o que tenha garantido sua presença nesta categoria. Tanto isto é verdade, que nas demais categorias Heroes somente foi indicado por ator coadjuvante, o carismático Masi Oka, por Hiro Nakamura.

heroes

Outros Indicados:

Na categoria de melhor ator, além dos citados, Kiefer Sutherland (24 Horas), ganhador do prêmio no ano passado, e Denis Leary (Rescue Me), que está sendo exibido pelo canal Fox ás segundas-feiras;

Na categoria de melhor atriz, além de Edie Falco, Mariska Hargitay (ganhadora do último ano, pelo ótimo Lei & Orden: Unidade de Vítimas Especiais), Kyra Sedgwick (ótima em The Closer ou Divisão Criminal, seu nome no SBT), Sally Field (Brothers & Sisters, que estréia em outubro no Universal Channel), Minnie Driver (The Riches, exibido pelo canal Telecine Light) e Patrícia Arquette (Medium);

Na categoria de melhor ator coadjuvante, além dos citados no texto, Terry O’Quinn (o Locke, de Lost), Michael Emerson (Benjamin Linus, de Lost), são os meus favoritos para ganhar até porque a não indicação da terceira temporada de Lost como melhor seriado está sendo bastante criticada pela imprensa;

Na categoria de melhor atriz coadjuvante, também foram indicadas Rachel Griffiths (Brothers & Sisters) e Katherine Heigl (Grey’s Anatomy);

Na segunda-feira comento os vencedores, curiosidades e surpresas da premiação do Emmy.

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito