Coisas que Aprendi nos Filmes de Kevin Smith – Parte I: Clerks (O Balconista)

Cinema segunda-feira, 12 de Março de 2012

Filmes sempre te ensinam alguma coisa que você acaba levando para o resto da vida, seja que um raio pode te ajudar em uma viagem no tempo ou que você nunca deve subir escadas caso esteja fugindo de um assassino. Eu sei que você aprendeu alguma coisa com algum filme em algum momento da sua vida. Eu aprendi, e aprendi muito, e as coisas que mais me ajudaram na vida foram os diálogos dos filmes de Kevin Smith, por isso… A partir de agora, irei compartilhar com vocês, jovens punheteiros leigos o que aprendi com o mestre Smith. Guardem bem essas palavras.

Pois bem, a frase mais sábia que já saiu da minha boca foi: “Em que merda de época estamos vivendo onde MEMES se tornaram os maiores formadores de opinião?” E digo isso pois, na minha época, você tinha opiniões formadas por coisas que realmente valiam a pena e não essas merdas de fracassados que encontramos contagiando a internet, filmes, séries, músicas e quadrinhos hoje em dia. Eu sei que a maioria aqui nunca viu Clerks (Ou O Balconista para os mais idiotas) ou sequer já ouviram falar de Dante, Randal, Rufus ou Jay e Silent Bob (Ou Bob Caladão para os retardados). E é por isso que essa geração dos nascidos de 90 pra cá está tão fodida e ainda fodendo o resto do mundo junto deles. Enfim, vou parar de insultar vocês e começar a falar do que realmente interessa. Clerks conta a história de Dante e Randal, que trabalham em uma loja de conveniência chamada Quick Stop, que serve também como ponto de tráfico para Jay e Silent Bob, mas como esse texto é para os malandros espertos que já viram o filme, eu não vou ficar falando sobre a trama do filme, e sim mostrar o que ele me ensinou.

1° – “Se for seu dia de folga, não vá trabalhar”. E se seu chefe disser que estará lá ao 12:00, é mentira. Acredite, você não tem que estar lá e se estiver com certeza você vai se foder.

2° – “Se alguém tentar te convencer a trocar um maço de cigarros por uma certa marca de chicletes, acredite, esse alguém é um revendedor da marca de chicletes e está pouco se fodendo para sua saúde”. É fato, ninguém se importa se você fuma 10, 20 ou 100 cigarros por dia, as pessoas só tentarão te fazer trocar o cigarro por qualquer outra coisa se puderem lucrar de alguma forma às suas custas.

3° – (Essa agora é muito importante, leiam com bastante atenção e passem isso de geração para geração) “Antes de começar a namorar qualquer mulher, sempre pergunte quantas trozobas ela já chupou”. Cara, não interessa se ela já deu para metade dos caras da sua cidade, mas se ela já boqueteou mais de 1 cara além de você, você já se torna motivo de piada sempre que beija-la publicamente. Namorem vagabundas, mas nunca boqueteiras, guardem isso para a eternidade.

4° – (Essa é para as boqueteiras mulheres) “Se por acaso você estiver fazendo sexo oral em um cara e ele te pedir para fazer uma Bola de Neve, NÃO FAÇA”. Nós até nos esforçamos por uma garota que tenha chupado muitas trozobas, mas nem fodendo nós vamos sequer ficar com uma garota que tenha feito Bola de Neve. Engulam, cuspam, gargarejem, mas nunca, em hipótese alguma façam a Bola de Neve.

5° – (Agora é pra você juvenil estudante punheteiro) “O colégio se resume em matemática, almoço ruim e traições”. Aceite ou morra com isso, essa sua namoradinha provavelmente deve estar dando uns catos no cara que mais se destaca na educação física, e caso você seja o cara que mais se destaca na educação física, ela deve estar dando uns catos no 2° cara que mais se destaca na educação física, é a vida… Como disse, ninguém namora sério na época da escola.

6° – (Essa foi a maior lição de vida que aprendi) “NUNCA, JAMAIS tente enfiar sua mão em um pote de Pringles”. Você pode virar o pote e fazer as últimas batatas virem até sua mão, então nunca leve sua mão até as últimas batatas.

7° – (Alô você aí… É, você fã de Star Wars que idolatra a série, chupa essa) “O Retorno de Jedi, foi o maior genocídio da galáxia”. Saibam que, quando a 1° Estrela da Morte foi destruída, ela já era operacional, ou seja… As únicas pessoas que estavam nela eram as que serviam ao império. Já no Retorno de Jedi, a 2° Estrela da Morte ainda estava em construção, logo, imagine quantos trabalhadores inocentes morreram e quantas famílias aliens perderam seus chefes. Sim, é triste… Muito triste, e você aí querendo ser um Jedi.

8° – (Galerinha que reclama do emprego que tem, ATENÇÃO!) “Por mais que seu emprego seja uma merda (Sério, você pode ser um merda de um faxineiro), sempre (SEMPRE) agradeça por não ser um maldito Esponjinha”. É o seguinte moçada, sabem aquelas cabines de strip tease em que você senta em uma cadeira e observa a mulher se despindo através de um vidro? Então, após você bater aquela punheta marota olhando pra puta, quem cê acha que limpa a sua porra do chão? O maldito do fodido Esponjinha. Então querido amiguinho, se você não é um maldito limpador de porra, agradeça pelo trabalho que tem.

9° – “Nunca, JAMAIS, em hipótese alguma deixe um velho usar seu banheiro”. Se ele pedir uma revista pornô emprestada então, é pior ainda. Acredite, esse velho vai morrer no seu banheiro e ninguém quer um velho cagado, gozado e morto no banheiro. Aliás, ninguém quer um velho em lugar nenhum.

10° – “Se for pervertido e fracassado o suficiente, cuidado ao tentar chupar o próprio pau. É só isso seu pervertido de merda, você pode quebrar o próprio pescoço. Existem as boqueteiras pra te ajudarem nisso, por mais fracassado que seja, existe sempre uma boca molhada para um cacete ereto.

11° – Não importa quanto esteja com o saco doendo ou a prexeca batendo palminha, nunca faça sexo em um lugar totalmente escuro. Sério, você pode acabar transando com o velho cagado, gozado e morto achando que é sua/seu ex namorada(o) e isso, meus amigos, deve ser muito traumatizante.

12° – “Existem milhares de mulheres bonitas no mundo, mas se elas não te levam lasanha no trabalho, você vai acabar sendo traído”. É a mais pura verdade, não existe prova de amor maior do que sua mulher levar lasanha para você.

E é com esse último aprendizado ensinado por Silent Bob que termino minha lista de coisas que aprendi com Clerks. Em breve voltarei com a lista de coisas que aprendi com Mallrats (Barrados no Shopping) ou não, depende. Enfim, vejo vocês em breve, idiotas.

Leia mais em: , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito