Cabô

New Emo sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Promessas de ano novo me deixam pau da vida. Juro que vou matar o primeiro que disser “DERP VOU PRA ACADEMIA/FACULDADE/PARAR DE CHIFRAR A NAMORADA EM JANEIRO”. Ou qualquer coisa assim.

 WOW OLHA QUE MÁGICO ESSE DIA QUE CAUSA COMOÇÃO EM TODOS OS GORDOS

Aí resolvi ser hipócrita e retardada, óbvio e prometer tomar vergonha na cara. Minha situação musical tá foda. No mau sentido. Senta aí e vamos conversar sobre renovação musical.

Por incrível que pareça, procurar novos artistas é algo que sempre penso em fazer. A maldita preguiça, no entanto, me impede disso. Lembro que um tempinho atrás, meu PC queimou e não recuperei nada de música do HD. Afinal, pensei que isso me forçaria a buscar outras coisas. Ledo engano. Tirando uma ou outra exceções, o TOP 25 que o Itunes mostra ainda é o mesmo.

Pra vocês verem a força que uma zona de conforto exerce, tem alguns artistas que não me interessam mais e outros que já consegui enxergar a merda que são, mas ainda tão lá. Guardadinhos numa pasta do PC, só esperando que um dia sejam escutados de novo.

Se ainda tiver algum leitor por aqui, deixo aí a dica. Sei lá, mudem um pouco. Parem de escutar só um estilo de música. Proibam-se de ouvir a banda favorita por um mês, qualquer coisa assim. Apesar do clichê de ano novo e toda essa babaquice, renovação é legal. Faz bem. Tudo bem que cês têm o ano inteiro pra isso. Mas pelo menos a virada dá algum motivo pra pelo menos tentar.

E aqui me despeço com um texto de felicitações pra vocês todos. Espero que cês morram de forma lenta e dolorosa. Boa sorte, boas festas, entupam o cu de rabanada. Essas coisas. Inté mais e valeus pela peixada, seus paias.

PS.: UAU! Já tenho mais de um ano de Bacon! Quem diria que eu ia sobreviver a essa pocilga que cês chamam de site. Cheers!

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito