BBB x Séries

Televisão segunda-feira, 25 de março de 2013

Vários programas de TV, nada de útil sendo acrescentado a sua vida e mesmo assim você insiste em ser mais inteligente por não assistir BBB. Tá, uma amiga [CAHAN, ULLY, CAHAN] disse que comparar BBB com séries é igual comparar revista de fofoca com livros best sellers. Mas porra, isso tem fundamento? Bom, eu não sei vocês, mas eu assisti a maioria dos BBBs nesses 11 anos de programa e continuo conseguindo ler e escrever. Aí eu não sei se eu que sou especial ou o resto da galera que é burra, porque pelo medo que os intelectuais tem do programa, ele deve causar algum dano irreversível. E antes que vocês venham correndo com a piada, sim, são 11 anos, já que o programa estreou em 2002 e no mesmo ano teve 2 edições.

 ILLUMINATI-PT-4:20-ALIENAÇÃO!

E cês sabem o que é pior? É que se não fosse a internet e os vloggers, vocês continuariam cagando para BBB, Latino, 50 Tons de Cinza e afins. Vocês são chatos, são o cão, o catiço, o derrame! Vocês acham que são livres e que possuem opiniões próprias, mas na verdade, o ódio que vocês começaram a sentir do nada por Paulo Coelho e Justin Bieber surgiram por causa de vídeos de um cara vesgo, um careca barbudo [Que não sou eu] e um galã de Malhação anti-Malhação. Não que vocês gostassem dessas coisas antes, mas vocês simplesmente não se importavam se aquilo existia ou não. Afinal, você não é obrigado a assistir ou ouvir nada. E você não é mais inteligente por insultar quem assiste BBB por assistir uma série de 2 caras que cozinham metanfetamina em um trailer no deserto, PORRA! Claro, existem aqueles idiotas que assinam pay-per-view de BBB e não falam de outra coisa durante os 3 meses de programa, mas também existem os retardados que estão cavando buracos e estocando comida por causa do “Apocalipse Zumbi”. Cês entenderam? É o velho caso do extremismo que se aplica a qualquer coisa, religião, política, blábláblás e afins… Só que o extremismo é uma via de mão dupla. Vocês extremistas contra BBB não são melhores que os extremistas contra gays, já que possuem o mesmo preconceito de que quem faz tal coisa é inferior. Enfim, o bom e velho pedantismo dos eternos pré-adolescentes. Pré-adolescentes que irão encher meu saco por ter comparado “alienados de BBB com gays” nos comentários.

 SACARAM?

Vocês ficam gritando que a TV é alienadora e acham que estão livres por só usarem a internet e sabe no que isso os transforma? Em web alienados. Essa semana rolou aquele vídeo onde um repórter do BBB vai entrevistar um tiozinho na rua e ele começa a esculachar o programa, só que existe um grande problema aí, que vocês, web alienados, não sacaram por não terem uma mínima noção do assunto. O repórter não pergunta o que ele acha do BBB, o repórter pergunta pra quem ele torce no BBB. Sendo assim, a entrevista não foi censurada, ela apenas não fazia sentido para ir ao ar. É como se eu perguntasse pra quem vocês estão torcendo em The Walking Dead, Rick ou Governador e vocês começassem a idiotizar falando que acham o programa uma merda e blábláblá. Outra coisa que eu não sei se vocês perceberam, é que o tal repórter pergunta ao tiozinho o que é que ele assiste então, já que ele acha BBB um programa tão sem cultura e arruinador de famílias. Cês perceberam que o tiozinho fica sem resposta? Então, cês sabem por que ele ficou sem resposta? Não? Eu explico:

É o seguinte, queridos amigos cultos. Quando você insulta alguém por assistir um programa que “te deixa mais burro”, você tem por obrigação assistir somente a programas que te deixem mais inteligentes. E é nisso que entra o lance do entretenimento. Ninguém assiste BBB querendo tirar uma lição de vida dali. Aquela porra é entretenimento, foda-se que é tudo armado e mimimi… Eu não quero chegar em casa ligar na Globo e descobrir um novo sentido para a minha vida, não. Eu quero me distrair, do mesmo jeito que eu me distraio assistindo Doctor Who, Misfits, futebol, filmes e afins. Não é porque você não gosta de BBB que quem assiste é burro, afinal eu não gosto de How I Met Your Mother e não acho que sou mais inteligente do que a galerinha que assiste. É questão de gosto. BBB não te deixará mais burro e nem mais inteligente, então parem de temer a porra do programa! Não vai ser por causa de um “reality” show tirado do ar que o país vai mudar. E vale lembrar que o faniquito todo com o programa se deve ao fato dele ser da Globo, já que ninguém reclama da Fazenda, Mulheres Ricas, Busão do Brasil e outros mais. Enfim, não assistir TV, só falar de política e acreditar nos Illuminatis não te faz mais inteligente, te faz retardado. É claro que você saber o que está acontecendo no país e no mundo é importante e essencial, muito mais importante do que qualquer entretenimento inútil, aliás, o que é o entretenimento se não tempo perdido?

Leia mais em: , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Também te adoro, Jo. Menos agora por não gostar de HIMYM. E eu não temo “a porra do programa!”. q

  • Ok, tô contigo.

  • Texto perfeito!

  • Matuhatin

    Esse gordo sofreu alguma lobotomia ao contrário. Pelo menos pra oq eu acho das coisas, pq eu discordava de tudo e, de repente, passei a achar todos os textos dele mto bons.

  • pau no cu deles todos

  • ClaytonSlayer

    Gostei de ler alguém que sabe criar frases coesas comparar as diferentes formas de entretenimento televisivo. Elas são, sim, muito parecidas. Eu, por exemplo, nunca gostei de novelas, por que não gosto de compromisso com a TV. Essa exigência de assistir um episódio todo dia. E penso da mesma forma quando se trata de séries. Tem capítulos, como folhetins? Tou fora. Só por isso. Amo/sou coisas idiotas.

  • luizbarret

    Bom texto, não que já não tenham falado sobre tudo isso antes, mas ok.

  • FooFighter

    Bem nessas cara. Já devem ter ouvido/lido isso antes, mas tipo, redes sociais, para cada comentário de UMA pessoa que gosta de BBB, tem 500 outros reclamando “dessa merda de programa”. Eu não assisto, não me interesso, mas quem olha com certeza tem me enchido menos o saco.

  • Calma moço, você esta muito exaltado. Quer um chá de camomila? ~Brinks!~

    Vamos lá:

    Realmente, assistir BBB não te deixa mais burro, assim como assistir History Channel não te deixa mais inteligente (ta, você até aprende uma coisa ou outra). O que você tem que fazer para poder mensurar essa questão não é analisar um item separado, e sim analisar o conjunto da obra.

    Normalmente [e repito, normalmente] quem vê BBB é a mesma pessoa que vê as novelas da tarde (caso tenha tempo) e o Domingão do Faustão. Ai que eu acredito que se de a origem da generalização.

    Da mesma forma que gostam de ver o Discovery ou o History normalmente [olha o normalmente ai de novo] também gostam de ler livros.

    E as pessoas que assistem seriados estão no meio termo disso tudo.

    Mas é logico que isso não é regra, conheço varias pessoas “inteligentes” que veem BBB, assim como pessoas “não tão interessantes de se ter uma conversa” que assistem programas que se dizem cultos.

    O importante é você saber dosar.

  • Rain King

    “Enfim, não assistir TV, só falar de política e acreditar nos Illuminatis não te faz mais inteligente, te faz retardado. ” Nossa……

busca

confira

quem?

baconfrito