Bacon Recomenda: Webcomics

Nona Arte quarta-feira, 23 de junho de 2010

É isso aí, seus putos. Depois de tanto tempo, estou de volta para recomendar a vocês mais um terço de dúzia de tirinhas de conteúdo humorístico divulgadas via internet. Para começar bem (E compensar um erro feito nas outras três colunas em que recomendei webcomics):

1. Malvados
Provavelmente a webcomic mais famosa do Brasil, Malvados é obra da mente de André Dahmer, e o melhor modo de descrevê-la seria a expressão “Seinfeld com crítica”. Malvados não possui um foco específico, ou mesmo um tema recorrente: internet, economia, cotidiano, choque de gerações… tudo é abordado com uma crítica imbuída, que faz a situação mostrada ainda mais cômica.

2. Ryotiras
Tá, eu sei que o Pizurk já falou disso antes, mas, só para o caso de vocês terem esquecido: leiam o Ryotiras. A linha de conteúdo é parecida com a do Malvados (sem um tema comum), com um tanto menos crítica que este e uns punhados a mais de reflexão sobre a vida e seus componentes. Um detalhe interessante é o estilo de desenho, que… não existe, variando de imagens compostas de polígonos coloridos a aquarelas variadas, de acordo com o conteúdo da tira em si.

3. Manual do Minotauro
Ok, esse aqui não é realmente uma webcomic. É o site no qual o famoso cartunista Laerte publica as tirinhas que ele produz para Veja, Istoé e os jornais Folha de São Paulo e Estado de São Paulo, além de ter produzido conteúdo para O Pasquim, Balão e Bundas (sim, existia essa revista. Tem umas aqui em casa, inclusive. pena que faliu), entre outras. Também é conhecido como o criador do Overman, Piratas do Tietê e Suriá (quem nunca leu isso num livro de gramática nunca estudou gramática), ou seja, cê sabe que é material de qualidade.

4. The Oatmeal
Comandada por Matthew Inman, um desenvolvedor web com algumas dezenas de parafusos soltos, The Oatmeal, seguindo a linha das duas primeiras webcomics que recomendei, trata do cotidiano. Porém, enquanto Malvados foca em crítica e as Ryotiras, em reflexão, essa daqui optou pela insanidade. Os temas do cotidiano, apesar de ainda serem o foco das tiras, possuem uma deliciosa cobertura de nonsense, que justificam tiras como “É por isso que um polvo é mais legal que a sua mãe” e “6 razões pelas quais bacon é melhor que amor verdadeiro”. Pegue agora sua cópia do Google Translator e divirta-se!

Leia mais em: , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Foi muito boa a sua ideia pra esse post pq eu tenho percebido que agora o pessoal faz muitas webcomics e webrevistas ou webmagazines ou o q qr q chamem..rsrsrs…Enfim, não conheço muitos, então valeu pelas dicas!
    =1

  • Faltou falar d “Um sábado qualquer”…
    É uma das melhores que já li…

  • Leio bastante Malvados e Ryotiras, são ótimos sites.

busca

confira

quem?

baconfrito