Atividade Paranormal – A estrada até aqui

Cinema quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Eu sei que eu sou o único sujeito no mundo que gosta da franquia Atividade Paranormal. Sim, eu gostei de todos os filmes, até daquela desgraceira em Tóquio. Fazer o que, tem gente que gosta de Sexta Feira 13, outros gostam do Massacre da Serra Elétrica, eu gosto de Atividade Paranormal. É a vida. E o mais recente filme da franquia, Tocados Pelo Mal, foi o que me trouxe a este texto, que estou escrevendo pra mim mesmo, já que como dito antes, ninguém gosta desta bosta além de mim.

Impossibru!

No primeiro filme conhecemos Katie e Micah, um casal tranquilão que começa a ser atormentado por um demônio loucão que quer a alma de Katie. Alguns sustos e alguns clichês e temos um final onde Micah acaba morto pela esposa que fica rindo endemoniada pra câmera no quarto. Já no segundo filme, conhecemos Kristi, a irmã de Katie. Tudo parece meio confuso no início, até descobrirmos que o filme se passa ao mesmo tempo do primeiro e que a filha da puta da Kristi que passa o demônio pra irmã. E as filha da putagens dessa família só pioram no 3° filme. Sim, eu vou pular Atividade Paranormal em Tóquio pra não espantar os únicos dois leitores que estão vivos até aqui.

O 2° filme termina fodasticamente foda, com Katie tomada pelo capeta matando a família da irmã e roubando Hunter, seu sobrinho e principal alvo do Sete Pele. O 3° filme, porém, resolve nos mostrar o passado das irmãs, mostrando que o tinhoso já destilava toda sua ardilosidade naquela família desde muito tempo antes do nascimento de Katie e Kristi. Aparentemente a avó das gurias faz parte de um clã de bruxas porra loucas e prometeu o próximo varão de sua família pro capiroto, daí a fixação do pé preto no Hunter.

Já o 4° filme decide nos mostrar finalmente o paradeiro de Katie e Hunter. Após um acidente não explicado, Katie vai pro hospital e Hunter vai ficar um tempo na casa dos vizinhos. A protagonista do filme é Alex, filha mais velha dos vizinhos que ficam com o moleque do ranca tripa. O filme é um grande merchan do Kinect até minutos antes do grande final, onde Alex entra na casa onde Katie e Hunter moravam e que pra nossa surpresa é a mesma casa do final do 3° filme. Logo Alex é surpreendida por um monte de mulheres do cramunhão que provavelmente são as bruxas do tal clã que a avó de Katie e Kristi faz parte. POW, cabô. E agora tio? Quando vem o 5° filme? NUNCA, A DESGRAÇA DO 5° FILME NÃO CHEGA NUNCA NESSA PORRA!

COMPRA UM KINECT, FILADAPUTA!

E então, eis que sou surpreendido pelo trailer de um tal de Atividade Paranormal – Tocados Pelo Mal. Eu assisti sáporra crente que iria descobrir mais sobre a família das irmãs Mefistófeles, mas na verdade ele é uma espécie de Atividade Paranormal em Tóquio, só que melhor. É óbvio que quem não gostou dos filmes até aqui, não gostará desse. Muito pelo contrário, é capaz de começar a gostar mais dos outros. Porém, eu achei o melhor até agora. Simplesmente por uma coisa: Viagem temporal. Sim, viajaram no tempo. Mas calma, nada de cabine azul, DeLorean ou qualquer outro tipo de máquina do tempo. A viagem aqui é feita na marra, no escambo de alma com o capeta, com o sacrifício de bode preto, com drink de bromélia do norte, com sangue de virgem na cara, com zoofilia com cavalo verdadeiro… A PARADA AQUI É DO CÃO CUMPÁDI. E É O CÃO QUE BOTA PÁ NÓS BEBÊ.

Mas então, o protagonista do filme é Jesse, um jovem latino que acaba tomado pelo fio do canso e desenvolve mega hiper super poderes. Até então, mais do mesmo, apesar de descobrirmos mais sobre o clã das bruxas e o que elas querem, que é criar um exército com os primogênitos. É, sáporra vai culminar no fim do mundo. Vai vendo. E eis que quando todas as 5 pessoas que assistiram o filme já haviam se convencido de que ele não teria nenhuma ligação com as irmãs Katie e Kristi, o final resolve nos surpreender. O amigo de Jesse, que o sujeito que estava filmando tudo, acaba encurralado na mesma casa do final do 3° e 4° filmes e acaba atravessando uma porta com algumas runas e TCHAN TCHARAN. CARAI VÉI QUE ISSO MALUCO?

O sujeito aparece na cozinha de Katie e é o responsável pelos gritos que ela dá no final do 1° filme, que faz Micah descer as escadas correndo apenas para ser morto e atirado contra uma câmera. Sim, esta foi a forma que a franquia resolveu agradar os fãs que não a abandonaram. Tivemos um extra que nem era necessário, mas que valeu muito a pena. Até onde sei, Katie retornará em Atividade Paranormal 5, que estreia em 24 de outubro de 2014 e contará a adolescência de Katie e Kristi. Nada mais justo. Já que mostraram a infância, que nos mostre a adolescência das gurias com o chifrudo. Quem sabe não rola um soft porn com a Demi Lovato?

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito