As 6 melhores revistas publicadas atualmente (EUA) – 5 – Moon Knight (Marvel)

HQs quinta-feira, 10 de Abril de 2008

Este texto faz parte de uma lista que, definitivamente, não é um top 10. Veja o índice aqui.

Não ficaria surpreso se vocês não conhecessem o personagem. Ele sempre fez parte do grupo mais obscuro. Talvez por isso eu nunca tenha despertado interesse por ele antes de suas histórias chegarem nas mãos de Charlie Huston, escritor e fã declarado do Moony, e David Finch, desenhista experiente. Tudo começou na Europa, mais precisamente Paris. Lá estava eu numa comic shop meio que de bobeira quando me deparei com algo que chamou minha atenção: A Premiere Edition da nova revista do Moon Knight, com o primeiro arco compilado. Eu comprei e o li assim que cheguei no hotel. 6 edições foram suficientes para me transformar num fã do Moony.

“Nas areias do deserto do Egito, Marc Spector foi selvagemente espancado e abandonado, com seu corpo sofrendo de dores insuportáveis… Um homem morrendo numa terra selvagem, no “fundo do poço” do mundo.

Sozinho até que Khonshu veio. O grande Deus precisava de uma arma, um árbitro de vingança na Terra, alguém para trazer dor á aqueles que a merecessem. O pacto foi feito e um guerreiro nasceu: Cavaleiro da Lua. A noite tinha um novo protetor e Marc Spector tinha uma razão para viver. Uma nova possibilidade de encontrar rendenção. Uma nova luxúria pela vida e um senso de propósito.

Mas isso foi a tanto tempo atrás… Agora, Marc Spector é confrontado por uma questão que ele nunca teve que lidar antes: O que acontece quando seu Deus o abandona? A resposta é simples: Você está de volta ao fundo do poço. Para reviver a vida – e vidas – que você pensou ter deixado para trás. Para reencarnar o espírito da vingança, ou morrer tentando.

Essa é a história da retribuição de um terrível, aterrador Deus e o mortal que optou por serví-lo. Essa é a história do Cavaleiro da Lua.”
– Porcamente traduzido da Premire Edition

Moony

No primeiro arco, entitulado “The Bottom” (Fundo do Poço), Huston mostra a decadência do vigilante, numa narrativa obscura e introspectiva, enquanto traça o peculiar perfil psicológico do personagem. Conhecemos a sua origem e os seus motivos, assim como sua vida social. Ou o que resta dela. Mas o melhor dos elementos do roteiro é o mistério por trás de Khonshu. Ele existe mesmo, ou é apenas fruto da perturbada mente de Spector? Não espere uma resposta tão cedo.

O segundo arco, entitulado “Midnight Sun”, retrata a influência da Civil War na vida de Spector, enquanto ele é caçado por um novo inimigo, consequência de suas ações no passado. Quatro personagens já consagrados pelos Marvetes fazem aparições nesse arco. Homem-Aranha, Homem de Ferro, Capitão América e o Justiceiro, responsável pela morte do irmão de Spector. Midnight Sun mostra a grande diferença entre o Moon Knight e os outros heróis. Ele não sente remorso e muito menos se importa com o que acontece em volta. Ele é simplesmente o avatar da vingança.

Os desenhos de Finch são retocados no photoshop, dando um bonitismo extra á revista. Seu estilo mais pesado caiu bem no personagem, apesar das cenas de luta terem ficado meio sem idéia de movimento. Os ferimentos poderiam ser melhor desenhados. Mas o foco desses dois primeiros arcos não é a ação, portanto não se preocupe.

Khonshu

Terminado “Midnight Sun”, Finch dá lugar á Mark Teixeira, e Huston passa a auxiliar o novo roteirista, Mike Benson, para o arco “God and the Country”, que explora as ações e consequências do registro do Moony. A narrativa fica menos introspectiva, mas ainda podemos notar influência de Huston (até porque ele não deixou a revista, exatamente) e ação flui mais facilmente. Os desenhos de Teixeira lembram os de Michael Lark em Daredevil, e eu gostei disso.

Moon Knight é uma revista no mínimo interessante, que me faz pensar que outros bons personagens a editora esconde. Muitos vão notar uma semelhança com o Batman (ambos são ricos, usam capa e tudo mais), o que eu penso não ser coincidência. Há quem ache ele parecido com Spawn, mas aí seria o oposto, pois Spawn foi criado 15 anos depois.

Moon Knight

MK
Título original Moon Knight
Lançamento: 2006
Arte: Mark Teixeira
Roteiro: Mike Benson e Charlie Huston
Número de Páginas: 24
Editora:Marvel

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Nossa, eu achei esse gibi uma bosta!
    Mas eu só li a primeira parte do primeiro arco.

    Bem, gosto é gosto ^^

  • Não consigo gostar do David Finch.

  • Sério que você não gostou? Imagino que não tenha gostado do remake de “Dália Negra” também, então. Eu adoro esses roteiros meio noir.

busca

confira

quem?

baconfrito