Animações que extrapolam

Televisão terça-feira, 05 de junho de 2012

Desenhos animados são muito bonitinhos. São coloridinhos, educativos e contêm lição de moral. Além, é claro, de serem uma mão na roda quando cê precisa tomar conta dos seus primos remelentos por que a sua tia vai passar a noite fora. Bom, pelo menos os feitos pra crianças são assim. A indústria de animação adulta pode ter muita coisa legal, mas as melhores séries são aquelas disfarçadas de histórias de ninar. Ou seja, aquele desenho “pra criança” que todo mundo sabe que tem coisa além. Mando um muito obrigada àqueles produtores que usam substâncias alucinógenas e deixam esse tipo de roteiro passar no crivo da censura.

Mas, claro, sempre tem a negada que abusa do direito e cria coisas bem absurdas. Algumas geniais, outras… Hm. Então, clica no leia mais e vê só.

Tales Of Worm: Paranoia

Então, uns bons quinze anos atrás, o Cartoon Network exibia concursos de curtas metragens. Os mais votados pelo público viravam séries. Grande parte do elenco clássico dos Cartoon Cartoons veio daí. KND, A Vaca e O Frango, Meninas Super Poderosas, entre outros, são todos crias desse período, que perdurou até mais ou menos 2005. Todo mundo que já assistiu sabe que os roteiristas antigos do CN tinham probleminhas com substâncias proibidas pela lei, mas alguns, que não passaram pelo crivo da audiência, abusavam do direito. Esse aqui é sobre uma minhoca que, ao tentar se vingar do humano que pisa nela todo dia, acaba derrubando ácido na própria cara. Pra cês terem noção do meu trauma com a cena da minhoca com a cara derretida, passei anos procurando o filme da onde veio essa cena, que me incomoda até hoje. Muita gente diz que não tem nada demais, e realmente não tem, mas puta merda, vai exibir isso pra pirralhada de cinco anos pra ver só! A imagem fica na cabeça até não dar mais.

Malcom And Melvin

Se o de cima já era ruinzinho, esse aqui é pior. Digo, é genial. Mas é estranho. E genial. E mesmo sendo tudo isso, conseguiu ser exibido no CN sem represálias da Associação Americana de Pais Desocupados.

Enfim, o Melvin é um zé ninguém. É excluído, rejeitado, as mulheres não o compreendem e ele é acusado de ser um pervertido quando só quer ajudar. A cena do início é estupenda. O Malvin é um marginalizado, um incompreendido, que apanha de um político vestido de super herói, e agradece por que, realmente, he’s been a very bad boy. Depois, ainda entram em cena uma barata que sabe tocar saxofone e uma ruiva libidinosa.

Aposto que muitos fãs de animação já perceberam que o traço parece bastante com Ren And Stimpy. Só que fazendo menos sentido ainda.

Caralho. Apenas caralho.

A Vida Moderna De Rocco

Esse aqui todo mundo conhece. É uma série ótima e, apesar do humor negro, na maioria das vezes o programa tem um ar bem infantil. Tirando uma ou outra “pisadas na bola” (Não que sejam ruins, pelo contrário), dá pra passar e seguir a vida. Mesmo assim, várias vezes a Associação Americana de Pais Desocupados já meteu o bedelho e a Nickelodeon, o lar das animações bizarras, precisou meter a tesoura no roteiro.

Uma dessas cenas é particularmente interessante. Rocco vê um arbusto e arranca, serelepemente, uma frutinha. No instante seguinte, um urso aparece no meio das folhas, com as mãos na virilha e gritando de dor. É.

O Rocco comeu um testículo.

Mas todos os vídeos da cena foram deletados, então fiquem apenas com a imagem, e deixem o resto pra imaginação:

 “EBA COMIDA opa”

Ren E Stimpy

Joe Murray é louco. O cara fez merda em cima de merda e conseguiu irritar até mesmo a Nick, um canal famoso pela liberdade total de criação dada aos artistas. Assistam o episódio, prestem atenção ao final.

Viram? Então. O cara conseguiu a proeza de ter um episódio TODO banido da grade horária. Depois dessa, a coisa só degringolou, ele foi despedido e lançou Ren N Stimpy: Adult Party, uma variação tão nojenta do original que a maior parte dos dubladores não quis nem saber de participar, com medo de manchar a carreira.

A Vaca e o Frango

Pra terminar com chave de ouro, uma série que, inexplicavelmente, ficou no ar durante muito tempo no Cartoon Network. Enquanto animações como O Laboratório de Dexter eram sutis, A Vaca e o Frango cagavam, comiam as fezes, cagavam de novo, comiam outra vez e só então regurgitavam tudo na cabeça dos produtores do canal. Era uma série levíssima se comparada com algumas da Nickelodeon e do Adult Swim – cujos programas só não entraram aqui por que são desenhos declaradamente pra adultos -, mas lembrem-se que era o Cartoon, um canal conservador que cede imensamente a pressões da Associação de Pais Desocupados.

Então aconteceu a seguinte cena: Um grupo de caminhoneiras motoqueiras entra na casa da Vaca e todas ficam de quatro no chão. O Pai, assustado, grita “ELAS VÃO ME PEGAR!“, ao passo que a Mãe responde que Elas não querem nada com você, hehe.

Sem falar que, no fim do episódio, a Vaca vai passar uma temporada com o grupo de motoqueiras, e várias piadas sobre colação de velcro e luta de aranhas são feitas.

 De boas, pastando por aqui.

No fim, a maioria dessas animações acabou irritando diversas Associações pela Moral e Bons Costumes, principalmente nos Estados Unidos. Mas mesmo que algumas, como Ren e Stimpy, tenham merecido, é injusto que a gente precise ficar com uma programação tão ruim por causa de meia dúzia de pais que não sabem criar os filhos direito. Canais como a Nick, que aceitavam de tudo antigamente, foram obrigados a mudar e, de repente, toda a programação infantil da televisão é composta de seriados adolescentes e Backyardigans. Se reparar bem, os novos Cartoon Cartoons não são um décimo do que os clássicos eram, simplesmente por que tiveram de se adaptar a um público fresco cheio de pudores.

Porra, vão aprender a cuidar dos filhos direito, e me deixem, sei lá, ter uma Jynx PRETA e não ROXA, por favor.

Leia mais em: , , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Caramba, Malcom And Melvin. Como eu odiava essa merda…
    Eu tinha cinco ou seis anos na época e hoje só me lembro de dois episódios que nunca chegaram a virar uma série de verdade. O primeiro era o Boid ‘N’ Woim (http://goo.gl/jYMI8) e eu só lembro por causa de uma cena grotesca em que o pássaro do episódio perde o bico. O segundo era sobre uma mosca e um rato que estavam tentando sobreviver ao frio (http://goo.gl/dyFyf).

    Saudades do Cartoon dessa época.

  • Puta merda, exatamente esses também. Eu lembro exatamente do pássaro também. Odiava essas porras, me davam agonia, e assistia até altas horas da madrugada durante as férias.

  • Paulo

    Então é por isso q o Cartoon e a Nick simplesmente nao prestam hj em dia???? Meu Deus, eu fiquei uns 10 anos sem assistir , e esse ano assinei sky novamente…….e qdo percebi, esses 2 canais (além do Multishow, so pra constar) tinham se transformado numa …..MERDA! Simplesmente isso!

  • D

    Pior é que os cartoons nem eram bons. A Vaca e o Frango até salvavam um pouco. As motoqueiras sapatas apanhando da Vaca até que foi legal (tipo… moral “secreta” : Nem toda sapata é um bucutu que gosta de bater nos outros). E “Eu Sou o Máximo” era bem legalzinho.

    Mas o resto…. violência demais para diversão de menos. No fim das contas, o que matou os desenhos nem era que eles eram violentos (poderiam ter migrado para o Adult Swin ao invés de ficar na Nick). Era simplesmente que eles eram RUINS PRA CARALHO !

  • Com certeza, bem nem todas as animações citadas acima eu assisti e/ou lembro, mas a Vaca e o Frango ficou na minha memoria e uou o melhor na epoca minha mãe deixava eu assistir (ela achava chato) ela nunca teve essas frescuras quanto aos desenhos, sempre deixava eu assisti (em alguns casos ela até se juntava) e hoje em dia os programas estão cada vez mais chatos e sem hum eu acho que posso dizer aquela magia (acho que posso falar assim).

busca

confira

quem?

baconfrito