4 novas séries da DC Comics que não serão bem aproveitadas

Televisão segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Não adianta, a DC não consegue criar um universo expandido, ela precisa cagar as coisas em nome da grana. A atual querida da DC Comics na TV é Arrow, mas a Distinta Concorrência já tem na manga 4 novas séries para serem lançadas nos próximos anos. O grande problema é que nem todas as séries pertencerão ao mesmo canal, o que pode dificultar um pouco a interação entre os personagens. Ou seja, é a DC sendo a DC.

Que a DC Comics não consegue criar um universo interligado entre seus filmes, todos já sabemos. Porém, com Arrow, nós começamos a achar que ela estava aprendendo, mas pelo visto não, já que ela começou a distribuir séries por canais diferentes, o que resultaria na falta de interação entre os personagens. Arrow, Flash e Gotham são da CW, o que confirma crossovers. Já Constantine e Homem – Hora pertencem a outros canais, o que torna a chance de crossovers quase nula. Sem falar que eles já perderam a oportunidade de colocar o Homem de Aço no mesmo universo de Arrow. E por que? “Ain, nós não queremos colocar super seres no mundo de Arrow” E o que eles fizeram? “Ain, vamos criar uma série do Flash que se passa no mesmo mundo de Arrow”. Vão lavar essa bunda, porra.

Mas vamos falar dessas 4 novas séries e como elas deverão funcionar.

Flash

Porra, o Flash é com certeza o melhor super-heróis da DC Comics, mas uma série no mesmo universo de Arrow funcionaria para o velocista? Porque sério, eu não quero ver Barry Allen solucionando crimes, eu quero ver o Flash correndo por aí e distribuindo sopapos, talvez até viajando no tempo. Quiçá, até indo parar em realidades alternativas. Flash tem tudo pra ser a série mais foda do universo, basta a CW querer ousar e tornar o Flash o que ele é, o herói com as aventuras mais loucas dos quadrinhos.

Gotham

A moçada não desiste de deixar o morcego em paz, mas como o cara rende nos cinemas, é claro que não permitem que uma série do cara seja feita. CHUPA, ARROW! Por isso criaram Gotham, que focará nas aventuras do Comissário Gordon antes dele ser comissário e antes de Gotham City tornar-se a cidade capital de vigilantes uniformizados que deveriam ser ocultos mas todos sabem que existem, o que resulta na morte de um monte de criança que brinca de super-herói. Tomar no teu cu, Batman, quantos Robins mais precisarão morrer pra você aprender que deveria ter ficado agindo nas sombras? SEU BOSTA!

Constantine

Pegando carona no amor pelo ocultismo que a molecada fã de Supernatural e The Vampire Diaries tem, a DC resolveu mamar na mesma fonte, lançando uma série solo do mago bonachão. O que me preocupa é a censura da coisa, pois uma certeza eu tenho, a série não será +18. Tampouco +16. O que será de Constantine nessa brincadeira? Já tem umas sinopses por aí onde estão chamando o cara de:

Detetive Sobrenatural BOA PRAÇA!

É de doer o cu uma coisa dessas.

Homem – Hora

Provavelmente a série mais ousada da Distinta Concorrência. O Homem – Hora é aquele cara que consegue ver coisas que ocorrerão 1 hora após a visão, o que resultaria em uma série com bastante tensão, já que seria o personagem principal correndo contra o tempo para evitar aquilo que viu. Uma mistura de As Visões da Raven com 24 Horas e Edição de Amanhã.

Algumas coisas que eu gostaria que acontecessem nestas séries: Flash ter aventuras pelo tempo, Gotham ser extremamente violenta e contar origens de alguns futuros vilões do Batman, Constantine ser loiro e inglês, o Homem – Hora ser viciado na droga do tempo e que todas estas séries tenham ligações umas com as outras, inclusive com Arrow. Só isso, não peço mais nada, mas tratando-se da DC, é provável que aconteça exatamente o oposto.

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito