10 séries que todo mundo recomenda mas é melhor manter distância

Televisão quinta-feira, 19 de setembro de 2013

É comum que pessoas conheçam alguma coisa por recomendações alheias. É assim com livros, HQs, filmes, games, sexo com pessoas do mesmo sexo, drogas, roubos, prostituição e claro, com séries. O grande problema é que, diferentemente das drogas, a maioria das séries que me recomendam são uma bosta, mas isso deve-se ao fato de eu só conhecer gente bosta. Enfim, irei mostrar-lhes 10 séries que todo mundo se amarra mas que você deve manter distância caso nunca tenha assistido.

How I Met Your Mother

Sempre que eu reclamava da falta de séries de humor realmente engraçadas, me recomendavam esta desgraça. Eu relutei para assistir, mas então, a curiosidade infelizmente acabou vencendo. Caras, eu assisti o episódio completamente bêbado e não consegui esboçar nem um breve sorriso. Não gostei dos atores, não gostei das piadas e a curiosidade pra descobrir quem é a mãe dos pirralhos não foi o suficiente pra me segurar além do 1° episódio. E, como já disse, se o primeiro episódio não foi capaz de te fazer querer voltar para o 2°, é porque não vale a pena voltar para o 2°.

True Blood

Essa eu assisti porque eu quis e até cheguei a recomendar para algumas pessoas. Aliás, aproveito o espaço pra pedir desculpas a elas. Enfim, descobri True Blood em uma época em que, assim como muitos, estava decepcionado com o que havia acontecido com os vampiros, sendo assim, é claro que eu me amarrei em uma série em que vampiros eram vampiros de verdade, daqueles que se fodem com o sol e com estacas, além de se amarrarem em morder uns pescocinhos por aí.

O grande problema veio com a infinita chatice de Sookie. Tá pra nascer personagem mais chata e indecisa no mundo das série. Primeiro ela ama o Bill, depois ela ama o viking escalavrador de pepequinhas, mas é claro, não joga nunca o amigo que vira bicho pra escanteio, mantendo-o como seu estepe; e pra piorar tudo, chega um troglodita de 3 metros de altura que se transforma em lobo, mas não sendo o suficiente, ela resolve dar também pra uma porra dum vampiro/fada ou seja lá o que era aquele cara. E o pior disso tudo é que a desculpa dada pra todo esse mimimi é que Sookie está atrás de um amor de verdade. Que me desculpem os românticos, mas ela está atrás é de uma piroca de 3 quilômetros que a faça ficar toda assada em casa. Enfim, assisti todos os episódios até o final da 3° temporada, assisti o 1° e o último episódio da 4° temporada, voltei a assistir todos os episódios na 5° temporada e na 6° temporada assisti novamente apenas o 1° e o último, podendo dizer que não retornarei para uma 7° temporada.

Ah, e tem a Tara, que consegue ser mais insuportável que a Sookie.

The Big Bang Theory

Outra série que a galerinha zoeira tem um orgasmo ao recomendar. “Ain meu, o Sheldon é demais. Bazinga!” Tá, ele é demais, mas calma aí, bro. Eu não vou nem entrar no papo da popularização “nerd”, porque eu acho que isso já deu. O meu problema, embora realmente tenha um certo asco por bazingueiros, é em como a série é feita. Ela não é completamente ruim, mas temos que concordar que ela resume-se ao Sheldon e que funcionaria muito melhor se ele não tivesse que carregar os outros 3 nerds nas costas. É sério, pensem comigo, se retirarmos os outros 3 personagens nerds e deixarmos apenas Sheldon Cooper se virando em situações cotidianas, teríamos algo muito mais original e engraçado, já que não precisaríamos aguentar todo aquele clichê de amorzinho entre nerd e garota descolada que já cansamos de ver por aí. Sheldon funciona muito bem com Penny e Amy Farrah Fowler e tendo apenas estes três personagens como fixos do seriado, teríamos algo que não nos faria desistir no meio do caminho.

Revolution

Porra, eu tive esperanças com essa série. Ela reunia Abrans e Kripke, não tinha como ser ruim, mas infelizmente foi. Eu criei tanta expectativa pra esta série, que eu acho impossível alguma coisa me decepcionar mais do que ela. E olha, eu me esforcei. Eu tentei voltar a assistir essa bosta muitas vezes, porém, não passei do 3° episódio. É tudo clichê, é tudo chato, o mundo tá sem energia, tem um maluco querendo dominar o mundo, tem os rebeldes e tem tudo aquilo que cê já assistiu milhares de vezes em coisas que gastavam menos tempo da sua vida.

 Não tem meme de Revolution.

CSI [Todos]

Esta merda é eterna. Não tem plot, não tem reviravolta, não tem uma porra de pano de fundo, só tem assassinos assassinando e sendo presos sempre. Um episódio após o outro é sempre a mesma merda. Alguém morre, a galera investiga, o assassino é preso e fim. O que temos no dia seguinte? Alguém morre, a galera investiga, o assassino é preso… Enfim, é chato, não tem um objetivo e isto não vai chegar a lugar algum, saiam daí.

 Tem 10.000 CSI e é tudo a mesma merda.

Arrow

Quando uma série de ação mantem-se no ar apenas por causa do público feminino, é porque alguém falhou em fazer uma série de ação. Fica bem claro que os produtores queriam fazer uma série do Batman, mas a titia Warner não liberou. E sim, seus putos, eu sei que o Arqueiro Verde foi criado inspirado no Batman, mas daí pra eles colocarem a Caçadora na bagaça é uma diferença e tanto. A série funcionaria, se não se prendesse tanto ao drama da irmã drogada, da mãe traiçoeira, da ex-namorada que era pra ser a Canário Negro mas não é, enfim, não tem como uma série do Arqueiro Verde dar certo sem as meninas encharcadoras de calcinhas.

Aliás, sáporra tá virando um novo Smallville, já que agora é o Flash que vai dar as caras pelo “mundo realista” de Arrow, que prometeu não utilizar de super-seres.

 Continua sendo um Arqueiro Verde melhor que o da série.

Once Upon A Time

Porra, eu assisti a 1° temporada inteira aturando os mimimi de amor eterno da Branca de Neve com o Encantado por causa dos outros personagens que eram bem fodas, pra na segunda temporada que era pra pica entrar com força e a jiripoca piar por causa da chegada da magia na Terra, todo mundo afinar e tudo ficar chato para caralho. Eu sinceramente acredito que os roteiristas se perderam. Praticamente tudo que precisávamos saber sobre os personagens e sobre o reino encantado nos foi revelado durante a 1° temporada, que acabou com o povo de Storybrook se lembrando de tudo. A única coisa que me deixou ansioso pra 2° temporada foi Rumple e Regina recuperando seus poderes, o que resultaria em muita merda na Terra, mas eis que tem início a 2° temporada e nada. Nego resolve jogar alguns personagens pro reino encantado e continuar na forçação de barra com o amor verdadeiro. Ah, e quem não sacou logo de cara que o maluco do 1° episódio da 2° temporada era o filho de Rumple?

Vikings

Eu não sei se Vikings quer ser uma série educativa ou o que diabos ela quer. Eu assisti 5 episódios, mas aí eu parei e pensei: Porra, criaram uma série sobre vikings, que não mostra sexo e nem sangue, alguém fracassou e muito nisso aí. Eu sei que a série é produzida pelo History Channel, mas realmente é difícil você assistir algo desse tipo sem tetas e chacinas após assistir 4 anos de Spartacus.

American Horror Story

A 1° temporada conseguiu me segurar. Quase parti em alguns episódios, mas continuei preso por um dedo mínimo. Sim, o trama da 1° temporada com a casa assassina e todos os fantasmas dentro dela conseguiu ser algo bem legal. Teve um ótimo especial de halloween, um ótimo final e uma ótima personagem interpretada por Jessica Lange. Porém, eu não sei o que se passou na cabeça dos roteiristas para a 2° temporada. A trama envolvia um hospício, um serial killer, aliens, um cientista nazista louco, criaturas geneticamente modificadas, um anjo da morte e Satanás. Sim, e as coisas só começaram a quase fazer sentido lá pro penúltimo episódio, mas nisso eu já tinha desistido de assistir a muito tempo.

Se bem que a série não é cronológica. Cada temporada tem início meio e fim, sendo assim, cê pode assistir a primeira temporada sem precisar assistir a segunda. E a terceira tá quase estreando, mas eu sinceramente tô com medo de começar a assistir esta merda e as bruxas se transformarem em espantalhos assassino de Marte no final.

 E nem meme de American Horror Story.

The Following

Essa foi tensa. Quando escrevi um texto dizendo que pararia de escrever sobre séries aqui no Bacon por não ter mais séries para assistir, 1.000 recomendaram The Following ao meu lado, 10.000 recomendaram The Following a minha direita, mas eu não fui atingido. Assim como com How I Met Your Mother, eu relutei bastante para assistir isso daí, mas quando assisti, não passei do primeiro episódio. Jesus, que coisa chata. “Ain, tem a seita e o Kevin Bacon e…” Chaaaaaaaaaaaato!

[Bônus Track] The Walking Dead

É sério, cês já viram minha relação de amor e ódio com a série por aqui, mas atualmente o placar está muito negativo para a série. Por isso, se você por algum motivo absurdo, nunca assistiu The Walking Dead, não comece. Mas se você quiser muito começar a assistir e ficar decepcionado com o final da 1° temporada, largue imediatamente a série, pois daí pra frente, só piora.

 Malditos bazingueiros.

Enfim, eu não estou proibindo-os de assistir estas séries, eu estou avisando-os que elas não são tudo isso que dizem por aí. “Ain, mas se essas séries são tão ruins assim, como é que fazem tanto sucesso e tem tantas temporadas, Jo?” Porque existe muita gente chata gostando de coisas chatas no mundo. É por isso.

Leia mais em: , , , , , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Thiago

    “Ela não é completamente ruim, mas temos que concordar que ela resume-se ao Sheldon”

    Sheldon é só o terceiro personagem mais engraçado, Raj e Haward são os mais engraçados da série, aqueles diálogos da mae do Haward com ele são fantásticos, ainda tem o dono da loja de quadrinhos que é bizarro, sem citar a Amy que é um dos melhores personagens com as frases mais ácidas.

    Eu como fã acho aquele negócio de Bazinga a coisa mais sem graça da série, pois então, Sheldon é só mais um, a série não se resume a ele nem fodendo.

  • Loney

    Meu jovem, eu assisto essa porra desde a primeira temporada, e há pelo menos duas o Sheldon é sim o personagem do qual a série gira em torno. Não é o mais engraçado, mas é o central, e o quanto antes você aceitar isso, mais feliz será.

  • Luiz Carlos Santos

    Jo, já assisti a várias das séries citadas por você e concordo com sua opinião em quase tudo. Sobre essas séries faladas, diria que:

    – How I Met Your Mother: A série é engraçada sim. Claro que não se trata de um humor pastelão, mas sim de um humor ao estilo “Friends”, com algumas frases e episódios bem marcantes, ao quais eu me lembro até hoje, mostrando relações de amizade, temperada com romance. O que fodeu (e fode) a série é esse mi mi mi de encontrar a tal mãe. Desnecessário, demasiadamente longo e irritante, além da queda de qualidade a partir da 5° temporada. Ou seja, dá para assistir até a 5ª, mas sem se apegar a história da série, nem ficar aguardado a revelação da tal mãe, aí é para perder a paciência.

    – The Big Bang Theory: Assiti umas três temporadas, mas essa historinha ridícula da gostosinha com o nerd enche o saco. Sobre Sheldon, que personagem mais chato, sem graça e sem evolução. O cara é a mesma merda de misógino robótico desde o começo da série. Fora que esse “jeitinho” dele vai se tornando cada vez mais irritante. Amy F. Fowler é muito sem graça, totalmente forçada.

    Once Upon A Time

    – Revolution: Nem perdi meu tempo em assistir, já que o JJ Abrams está para as séries atualmente o que M. Night Shyamalan está para o cinema: excelente começo e a partir daí trabalhos cada vez mais sofríveis.

    – CSI (qualquer um): Você tem total razão. Vários dos crimes mostrados são intrigantes e com soluções interessantes, mais para por aí. Nada da vida pessoal dos personagens é mostrado, e a evolução da história em si é praticamente nula. Será que esse pessoal não percebe que House, por exemplo, era o que era porque mostrava casos interessantes + histórias pessoais dos personagens de forma interessante + evolução dos mesmos e da história em si ? Tá certo que House a partir da 5ª ficou uma droga, mas até a 4ª era muito boa.

    – O restante, sem comentários, são séries ridículas: True Blood, é um Crepúsculo em forma de série + cenas picantes; Arrow, spin off daquele lixo chamado Smallville? sério?; The Walking Dead seriado modinha e irregular; Once Upon a Time, seriado de contos de fadas ? Prefiro enxugar gelo; As outras mal ouvi falar, e suas premissas não me agradaram.

  • Henrique

    Só estou tentando entender o contexto: “todo mundo recomenda mas é melhor manter longe”, mas se TODO MUNDO recomenda….

  • Rapunza

    Eu acho o Sheldon sem graça pra caralho!

  • Vamos lá, lição de casa pro querido leitor: Procure o significado de hipérbole.

  • Aline

    How I Met Your Mother tá nos tops de série de comédia mas não posso opinar nada pq ainda não assisti. Não sei se vou ter paciencia de esperar muitas temporadas pra descobrir quem é a bendita mãe.
    The Big Bang Theory – concordo em absoluto que os outros 3 são dispensáveis… Sheldon é sim o personagem central e mais hilário por justamente não conseguir se encaixar no mundo real. Se deixassem apenas ele e as duas molieres a série sairia da mesmice em que caiu nas últimas temporadas…

    CSI – parei de assistir a Las Vegas na 7º temporada pq não saía da mesmice que tu falou de crime-investigação-prisão, um saco…
    As restantes nem me interessou, tirando os Vikings, pq eu curto essas paradas de culturas diferentes, mas ainda não vi nada.

  • KorteFUUU

    você realmente assiste o seriado? na última temporada, por exemplo, houveram vários episódios onde o sheldon não era o foco, eu não vou citar nenhum porque a qualidade da temporada em geral não foi tão boa, pelo menos não tanto pra me fazer lembrar de detalhes e detalhes.

  • Loney

    Séries não são feitas por episódios específicos. O destaque no Sheldon já foi bem maior do que é hoje, tanto que a série ficou um saco, mas ainda sim a maioria das tramas gira ao redor dele.

  • Henrique

    ui…ouch!

  • KorteFUUU

    ngm tá citando episódios específicos filho, só tô usando os episódios como prova pra dizer que a série não se resume a sheldon.

  • Parasitesx

    A pessoa só pode ter o sonho de ser crítico então procura algo polêmico para criticar.
    Eu ia fazer uma lista de porque você está errado, mas não vou mais perder meu tempo com esse site. Abraço, e sucesso nos seus posts…

busca

confira

quem?

baconfrito