Crepúsculo (Twilight)

Cinema quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

 Isabela Swan vai morar com seu pai em uma nova cidade, depois que sua mãe decide casar-se novamente. No colégio, ela fica fascinada por Edward Cullen, um garoto que esconde um segredo obscuro, conhecido apenas por sua família. Eles se apaixonam, mas Edward sabe que quanto mais avançam no relacionamento, mas ele está colocando Bella e aqueles à sua volta em perigo. Quando ela descobre que Edward é, na verdade, um vampiro, ela age contra todas as expectativas e não tem medo da sede de sangue de seu grande amor, mesmo sabendo que ele pode matá-la a qualquer momento.

Esse é o tipo de filme que, apesar de ser falado, não despertava meu interesse. Inclusive teve a crítica do livro publicada por aqui. É, caso você não saiba, tem uma série de livros de Crepúsculo, no melhor estilo Harry Potter. E talvez por isso o théo me mandou na cabine dessa joça. O filme não é ruim [Se você considerar que é um filme de/para menininhas], mas também não é grande coisa [Lembrando novamente que é um filme de/para menininhas].

A história começa com um flashback de Bella. Não vou comentar sobre pra não causar gritinhos revoltados de “SPOILER!” nos comentários. Então nos é mostrada a casa de Bella, num daqueles estados no deserto dos EUA. E sua mãe, e seu padrasto, que é jogador de baseball da segunda divisão, ou algo do tipo. Por conta disso, ele tem que viajar o tempo todo, o que faz com que Bella tenha que ir passar uma temporada com seu pai. E seu pai mora em Forks, estado de Washington, uma das cidades mais chuvosas do país.

 Não parece, mas é chuvoso.

Como ela passava as férias lá todo ano quando era pirralha, e principalmente por Charlie, seu pai, ser da polícia local, todo mundo conhece ela, e ela conhece o povão também. Ela acaba ganhando uma pick-up de presente do amigo índio de seu pai, cujo filho tem um leve interesse na garota. Ela usa a charanga pra ir pra escola, onde conhece a galera. E como acontece quando você muda de escola, você conhece os boatos e lendas locais. No caso, ela toma conhecimento da família Cullen, que é bem esquisita. Todos brancos, só saem de casa em dias de chuva ou nublados [Porque quando tomam sol, eles não derretem, eles… BRILHAM!], filhos adotivos que formam casais. O único filho que não vai às aulas de mãos dadas com alguém é Edward.

 Que bonito, a família feliz almoçando junta.

Apesar da cara de meio afeminado, por conta da maquiagem e do batom [Ah, vá. Cê achou MESMO que ele é branco assim naturalmente?], e do cabelo “acabei de acordar”, o gajo é o alvo de todas as piriguetes colegiais que se encontram no mesmo recinto que ele. E, por um acaso do roteiro, ele e Bella viram companheiros de aula de biologia. Só que o baitola jovem sensível não guenta ficar do lado de Bella e some por um tempo. Quando reaparece, ele explica alguns de seus motivos, e os dois acabam se jogando nesse “amor tão complicado”. O pior é que eu não posso falar muito sob pena de spoilerzar, já que muitos detalhes são explicados conforme o filme passa.

 “BARANGAAAAA!”

Até que o filme se salva de ser uma bosta romântica completa, já que tem umas cenas de luta marromeno, e a cena em que Edward vai buscar Bella em casa compensou o filme todo pela piada do pai. E deixou abertura [Esperada] pro segundo, que vai puxar o terceiro…

Crepúsculo

Twilight (122 minutos – Romance)
Lançamento: EUA, 2008
Direção: Catherine Hardwicke
Roteiro: Melissa Rosenberg, baseada na obra de Stephenie Meyer
Elenco: Taylor Lautner, Michael Welch, Justin Chon, Peter Facinelli, Kellan Lutz, Cam Gigandet, Anna Kendrick, Kristen Stewart, Robert Pattinson

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Rapousa

    Ah, o primeiro filme é bem como o primeiro livro mesmo, você até consegue ir até o fim e vale mais pelas cenas de ação.

    Adorei a legenda da última imagem, eu ri, viu XD

    Anyway, o link para a resenha do livro tá errado, faltando, tá faltando o /naftalina/ antes do nome do livro =P

  • @Rapousa
    Link arrumado

busca

confira

quem?

baconfrito