Músicas pra se ouvir no carro

New Emo quinta-feira, 04 de novembro de 2010

Quem mora na civilização vai se identificar muito com o que eu vou falar. Quem não mora em cidade grande, se fodeu. Eu, inclusive, moro na roça. Aqui não tem nem sinal, véis, é tudo na base do sinal de pare (Que é mais um sinal de FODEU), então faz um tempo que eu não vivo um engarrafamento.

Engarrafamentos fazem parte da mágica da vida. Cê tá lá, no carro, tá uma puta chuva e você anda no máximo uns dez centímetros. POR. HORA. Não há nada que você possa fazer pra melhorar a situação. É aí que você vira budista. O zen de quem se fode todo o dia no trânsito, mas considera o engarrafamento como uma hora de relaxamento. É só ligar o rádio, CD player, MP3, IPod e deixar a inércia te conduzir prum lugar melhor. Ou prum lugar menos fedido, se você estiver na Tietê.

Nem toda música longa precisa ser chata. Hurricane é um ótimo exemplo disso. Aliás, eu poderia simplesmente falar: Bob Dylan é do caralho, mas vocês não ficariam contentes só com isso. Qualquer música dele é foda, inclusive as clichês, mas Hurricane é uma canção que relaxa. Ok, o conteúdo não é nada relaxante – é sobre a história do pugilista chamado Hurricane, que foi acusado por um crime que nunca cometeu. E essa história é verídica, o cara existiu mesmo – mas ninguém vai se dar ao trabalho de traduzir a letra, não é verdade? Desligue o cérebro e aprecie o som. Se bem que com o tanto de drogas que o Dylan usava, o cérebro já tá bem desligado, mas o controle de voz dele continua em alta, e a combinação de gaita com violão é espetacular, como sempre.

Aí vai uma canção pro povo de Jesus. UHUUUUUUU. Ok. Zeca Baleiro é, indiscutivelmente, o maior nome da música brasileira atualmente. Ele chuta a bunda do Chico Buarque e quem tiver pela frente. Heavy Metal do Senhor é um exemplo disso. Primeiro que essa apresentação aí é um acústico, e todo mundo sabe que acústicos são a maior roubada. Mas mesmo assim, olha que música do caralho. O material do cara inclui músicas que puxam o ritmo nordestino, misturam com rock e assam com uma camada de erudita por cima. Único artista do mundo que consegue acalmar e deixar acordado ao mesmo tempo. A voz dele não é tão boa assim, mas no conjunto da obra, fica bacana.

Rocket Man. Escute a noite. Não tente cantar como o Elton John, é impossível afinar tanto quanto ele. Essa música é tão foda que já foi usada até em Family Guy – e interpretada pelo Stewie – o que é bem mais do que um cartão de visitas. Não passa perto de ser algo psicodélico, mas porra, cê quer atingir o zen budista, não é?

Por falar em psicodélico, Pink Floyd tinha que aparecer por aqui, não é verdade? E é claro que a música mais espetacular dos caras não tem letra. Mais um exemplo de que tudo que os caras falam é extremamente dispensável, mas puta que pariu, olha esse vocal. É como se fosse um robô cantando. E as pessoas ainda dizem que o vocalista do Cine canta bem. Só digo uma coisa: Roger Waters não é necessário.

Frank Sinatra é bom de ouvir no carro. Na prisão. No bar. No churrasco. Enfim, cês pegaram a ideia, não é? E Love and Marriage é simples. Não é nem de longe a melhor canção dele, mas é simples. Tão simples que qualquer um consegue apreciar o que ele diz. Não olhe pra mim se você nunca escutou Frank na vida. Você não tem desculpa pra ter feito uma coisa dessas. Mas eis o tempo do arrependimento. No próximo engarrafamento, honre seus culhões e coloque o puto pra tocar.

O sinal abriu, os carros tão andando, cê não precisa mais pisar no freio? Sangue nos olhos, rapá. Metallica não precisa de apresentações, e For Whom the Bell Tolls é a desculpa pra acordar pra vida. Principalmente quando você tá puto. Não que você não tenha desculpas pra ficar puto no trânsito, mas dar uma de metaleiro mal encarado realmente facilita as coisas. Naquelas, não facilita se você tiver dirigindo uma moto, mas facilita.

É difícil falar sobre só algumas músicas que VOCÊ deveria escutar. Afinal, quem garante bom gosto, não é verdade? Mas e aí, o que você escutaria numa hora dessas? Lady Gaga? Eu sei que sim, mas minta, pelo seu próprio bem.

Leia mais em: , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Do Frank eu gosto especialmente de Stormy Weather, Acho incrível. O desgraçado tinha uma voz do caralho, mesmo.

    E ficar preso na Marginal Tietê é um horror. Já fiquei lá num engarrafamento num taxi (não sou de São Paulo, ou tenho carro próprio). Não seja burro e saia logo do taxi antes que você fique pobre sem o carro andar. Se ficar, nem ser budista ajuda…

  • AmagusDaemonis

    heuheu, eu ri ali no início, as músicas que a gente mais liga em viagem são Heavy metal do senhor e hurricane :D

  • Pink Floyd quase me faz querer que o engarrafamento não acabe antes do fim do CD.

    E música pra ouvir dirigindo é Motörhead e fim de papo. Foda é controlar o impulso de sair atropelando geral…

  • Fii… tem é que escutar Born To Be Wild (Se bem que combina mais com moto, mas moto não tem som)

    Outra que horroriza é Cavalgada das Valquírias, do preferidinho do Hitler, Richard Wagner… Sem perceber vc já tá a 140km/h

busca

confira

quem?

baconfrito