Livros semanais

Analfabetismo Funcional terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Você provavelmente já ouviu alguém dizer algo na linha de

Se eu não leio um livro na semana, é uma semana perdida

E porra, livros tem tanto pra dar, e nego transforma a leitura numa… Produção em massa.

Devo admitir que leio menos do que gostaria. Não tenho uma média, um número exato, mas pessoalmente acho pouco. Devo falar isso em todo bendito texto, mas gosto bastante de ler, e parte de gostar muito de algo é querer esse “algo” em quantidade. Novamente: Eu leio relativamente pouco, e gostaria de ler mais, mas não como compromisso.

Eu não coloco metas, objetivos em relação à livros. Claro, se você o pegou numa biblioteca você tem um determinado tempo para lê-lo (Tempo este que, dependendo da biblioteca, pode ser ampliado), mas quando você é o dono do livro, ou algum amigo o emprestou (Aqui e aqui), não há porque tratar a leitura do mesmo como se fosse um trabalho a ser cumprido, de preferência com prazo apertado.

Pessoalmente, demorei meses para ler O Senhor dos Anéis, mas também já li Saramago em menos de duas horas. O ponto aqui é que cada livro tem seu próprio tempo… Tipo a Aline uma virgem. Há gente que dedica a vida inteira a estudar a obra de um determinado autor, e consequentemente passa décadas lendo um único livro. Exagero talvez, mas para estas pessoas, este é o tempo desses livros.

Se o livro da vez toma algumas horas de seu tempo para ser aproveitado, mergulhe nele por esse tempo. Se leva semanas, não se preocupe em ir para o próximo, você só perde com isso. Você perde o livro por causa disso. Também não defina que irá “ler por três horas todo dia”. É inútil, bobo, ineficaz. Pare de tosar a leitura por um motivo tão bobo quanto a “obrigação” de ler por um determinado tempo e/ou por terminar um livro em um tempo pré-estabelecido.

Aproveite a leitura do jeito que ela é naturalmente, a experiência será melhor, pode ter certeza. Não é uma “semana perdida” se você não leu: O não-ler é tão importante quanto o ler, e um só funciona em acordo com o outro. É clichê, mas “aproveite a viagem”, dure o tempo que durar, indenpendente do ponto de saída e do de chegada. Mas levem mais de duas horas para ler Saramago.

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito