Oscar 2011 – Indicações

Cinema quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Enfim, os indicados ao maior prêmio do cinema Norte Americano foram revelados. Aproveito para fazer alguns breves comentários (Ainda haverá espaço para uma discussão mais aprofundada) e os resultado dos meus palpites.

Best Motion Picture of the Year
127 Horas (2010): Christian Colson, Danny Boyle, John Smithson
Cisne Negro (2010): Mike Medavoy, Brian Oliver, Scott Franklin
O Vencedor (2010): David Hoberman, Todd Lieberman, Mark Wahlberg
A Origem (2010): Christopher Nolan, Emma Thomas
Minhas Mães e Meu Pai (2010): Gary Gilbert, Jeffrey Levy-Hinte, Celine Rattray
O Discurso do Rei (2010): Iain Canning, Emile Sherman, Gareth Unwin
A Rede Social (2010): Scott Rudin, Dana Brunetti, Michael De Luca, Ceán Chaffin
Toy Story 3 (2010): Darla K. Anderson
Bravura Indômita (2010): Ethan Coen, Joel Coen, Scott Rudin
Inverno da Alma (2010): Anne Rosellini, Alix Madigan

Palpite: 10/10
Previsível, porém não menos interessante. Com algumas poucas ressalvas estes realmente estão entre os 10 melhores filmes do ano.

Best Performance by an Actor in a Leading Role
Javier Bardem for Biutiful (2010)
Jeff Bridges for Bravura Indômita (2010)
Jesse Eisenberg for A Rede Social (2010)
Colin Firth for O Discurso do Rei (2010)
James Franco for 127 Horas (2010)

Palpite: 4/5 (-Robert Duvall, +Javier Bardem)
As atuações de Ryan Gosling (Blue Valentine), Robert Duvall (Recebendo a Baixa) e Paul Giamatti (Barney’s Version), foram definitivamente “Oscar Worth” e a presença de Eisenberg parece super valorizada.

Best Performance by an Actress in a Leading Role
Annette Bening for Minhas Mães e Meu Pai (2010)
Nicole Kidman for Reencontrando a Felicidade (2010)
Jennifer Lawrence for Inverno da Alma (2010)
Natalie Portman for Cisne Negro (2010)
Michelle Williams for Blue Valentine (2010)

Palpite: 5/5
Cinco atuações impressionantes. O que serve de consolo ao esperado “downgrade” de Haille Steinfeld para atriz coadjuvante.

Best Performance by an Actor in a Supporting Role
Christian Bale for O Vencedor (2010)
John Hawkes for Inverno da Alma (2010)
Jeremy Renner for Atração Perigosa (2010)
Mark Ruffalo for Minhas Mães e Meu Pai (2010)
Geoffrey Rush for O Discurso do Rei (2010)

Palpite: 4/5 (- Andrew Garfield (A Rede Social), + John Hawkes)
Outra categoria fortíssima. Melhor ainda é sabr que o “erro” no meu palpite, fez justiça à sensacional (Porém esquecida) atuação de Hawkes.

Best Performance by an Actress in a Supporting Role
Amy Adams for O Vencedor (2010)
Helena Bonham Carter for O Discurso do Rei (2010)
Melissa Leo for O Vencedor (2010)
Hailee Steinfeld for Bravura Indômita (2010)
Jacki Weaver for Reino Animal (2010)

Palpite: 5/5
Lembraram da Weaver (Que interpreta, sem exageros, uma das melhores vilãs da história do cinema)! Todas as indicadas são fortíssimas e merecem estar aqui. A pena é a falta (Já esperada) de Dale Dickey (Inverno da Alma).

Best Achievement in Directing
Darren Aronofsky for Cisne Negro (2010)
Ethan Coen, Joel Coen for Bravura Indômita (2010)
David Fincher for A Rede Social (2010)
Tom Hooper for O Discurso do Rei (2010)
David O. Russell for O Vencedor (2010)

Palpite: 4/5 (- Christopher Nolan, + David O. Russel)
Surpreendente a falta de Nolan. Não dá, nem de perto, pra dizer que a presença de O. Russel é um “erro”, mas ainda sim, surpreendente.

Best Writing, Screenplay Written Directly for the Screen
Another Year (2010): Mike Leigh
O Vencedor (2010): Scott Silver, Paul Tamasy, Eric Johnson, Keith Dorrington
A Origem (2010): Christopher Nolan
Minhas Mães e Meu Pai (2010): Lisa Cholodenko, Stuart Blumberg
O Discurso do Rei (2010): David Seidler

Palpite: 4/5 (- Cisne Negro, + Another Year)
Meu “temor” se confirmou, consideraram erroneamente Cisne Negro uma obra de “diretor e sua musa”. Ao menos, é sempre bom a presença de Mike Leigh.

Best Writing, Screenplay Based on Material Previously Produced or Published
127 Horas (2010): Danny Boyle, Simon Beaufoy
A Rede Social (2010): Aaron Sorkin
Toy Story 3 (2010): Michael Arndt, John Lasseter, Andrew Stanton, Lee Unkrich
Bravura Indômita (2010): Joel Coen, Ethan Coen
Inverno da Alma (2010): Debra Granik, Anne Rosellini

Palpite: 5/5
Esperado e justíssimo.

Best Animated Feature Film of the Year
Como Treinar o Seu Dragão (2010): Dean DeBlois, Chris Sanders
O Mágico (2010): Sylvain Chomet
Toy Story 3 (2010): Lee Unkrich

Palpite: 3/3
A Disney foi “prejudicada” pela presença de apenas 3 filmes na categoria. Mas é muito bom ver que uma animação 2D volta a figurar nela.

Best Foreign Language Film of the Year
Biutiful (2010): Alejandro González Iñárritu(Mexico)
Kynodontas (2009): Giorgos Lanthimos(Greece)
Em um Mundo Melhor (2010): Susanne Bier(Denmark)
Incendies (2010): Denis Villeneuve(Canada)
Fora da Lei (2010): Rachid Bouchareb(Algeria)

Palpite: 3/5 (- Of Gods and Men (França), – The Edge (Rússia), + Kynodontas, + Fora da Lei)
O que? E LULA FILHO DO BRASIL FILMAÇOÇOÇO?

Best Achievement in Cinematography
Cisne Negro (2010): Matthew Libatique
A Origem (2010): Wally Pfister
O Discurso do Rei (2010): Danny Cohen
A Rede Social (2010): Jeff Cronenweth
Bravura Indômita (2010): Roger Deakins

Palpite: 4/5 (- 127 Horas, + O Discurso do Rei)
É merecida a presença de O Discurso do Rei, mas não no lugar de 127 Horas! A Rede Social é um bom filme, mas não se destaca nesse quesito (Nem de perto) quanto seus concorrentes. E tem chances de levar… Ah, incongruências…

Best Achievement in Editing
127 Horas (2010): Jon Harris
Cisne Negro (2010): Andrew Weisblum
O Vencedor (2010): Pamela Martin
O Discurso do Rei (2010): Tariq Anwar
A Rede Social (2010): Kirk Baxter, Angus Wall

Palpite: 4/5 (- A Origem, + O Discurso do Rei)
Tirar o vencedor da Guilda de Editores realmente foi pedir pra errar. Mas no lugar de A Origem? O que A Rede Social está fazendo aqui de novo?

Best Achievement in Art Direction
Alice no País das Maravilhas (2010): Robert Stromberg, Karen O’Hara
Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 (2010): Stuart Craig, Stephenie McMillan
A Origem (2010): Guy Hendrix Dyas, Larry Dias, Douglas A. Mowat
O Discurso do Rei (2010): Eve Stewart, Judy Farr
Bravura Indômita (2010): Jess Gonchor, Nancy Haigh

Palpite: 4/5 (- Cisne Negro, + Harry Potter)
A presença de Harry Potter me surpreendeu positivamente. Ponto pra academia. Por mais que Cisne Negro seja ótimo nesse quesito, os outros 5 o superam.

Best Achievement in Costume Design
Alice no País das Maravilhas (2010): Colleen Atwood
Io sono l’amore (2009): Antonella Cannarozzi
O Discurso do Rei (2010): Jenny Beavan
The Tempest (2010/II): Sandy Powell
Bravura Indômita (2010): Mary Zophres

Palpite: 4/5 (- Cisne Negro, + Io sono l’amore)
Quem diria que o filme da Tildinha receberia uma única indicação aqui? No mais, boas indicações.

Best Achievement in Makeup
Minha Versão para o Amor (2010): Adrien Morot
Caminho da Liberdade (2010): Edouard F. Henriques, Greg Funk, Yolanda Toussieng
O Lobisomem (2010): Rick Baker, Dave Elsey

Palpite: 1/3 (- Bravura Indômita, – Alice no País das Maravilhas, + Caminho da Liberdade, + Barney’s Version)
Wow. Surpresas positivas. Merecidos.

Best Achievement in Music Written for Motion Pictures, Original Score
127 Horas (2010): A.R. Rahman
Como Treinar o Seu Dragão (2010): John Powell
A Origem (2010): Hans Zimmer
O Discurso do Rei (2010): Alexandre Desplat
A Rede Social (2010): Trent Reznor, Atticus Ross

Palpite: 4/5 (- Não Me Abandone Jamais, + Como Treinar o Seu Dragão)
Bons, para não dizer ótimos, indicados. Apesar de ter assistido O Escritor Fantasma mais uma vez e achar o que Desplat merecia mais uma indicação.

Best Achievement in Music Written for Motion Pictures, Original Song
127 Horas (2010): A.R. Rahman, Rollo Armstrong, Dido(“If I Rise”)
Country Strong (2010): Tom Douglas, Hillary Lindsey, Troy Verges(“Coming Home”)
Enrolados (2010): Alan Menken, Glenn Slater(“I See the Light”)
Toy Story 3 (2010): Randy Newman(“We Belong Together”)

Palpite: 3/ (5/4) ???
WTF? Apenas 4 indicados? WTF? Tiraram a música da Cher (Vencedora do Globo de Ouro)? NICE.

Best Achievement in Sound Mixing
A Origem (2010): Lora Hirschberg, Gary Rizzo, Ed Novick
O Discurso do Rei (2010): Paul Hamblin, Martin Jensen, John Midgley
Salt (2010): Jeffrey J. Haboush, William Sarokin, Scott Millan, Greg P. Russell
A Rede Social (2010): Ren Klyce, David Parker, Michael Semanick, Mark Weingarten
Bravura Indômita (2010): Skip Lievsay, Craig Berkey, Greg Orloff, Peter F. Kurland

Palpite: 2/5 (- Tron, – Toy Story 3, – Homem de Ferro 2)
A categoria mais sem nexo do Oscar. Como Tron e Homem de Ferro 2 ficam de fora, dando lugar A Rede Social e O Discurso do Rei? Será que nem o próprio pessoal do som entende como funciona a categoria?

Best Achievement in Sound Editing
A Origem (2010): Richard King
Toy Story 3 (2010): Tom Myers, Michael Silvers
Tron: O Legado (2010): Gwendolyn Yates Whittle, Addison Teague
Bravura Indômita (2010): Skip Lievsay, Craig Berkey
Incontrolável (2010): Mark P. Stoeckinger

Palpite: 3/5 (- 127 Horas, – Homem de Ferro 2, + Incontrolável, + Bravura Indômita)
Aqui sim algumas surpresas positivas. Mas Homem de Ferro 2 não podia faltar.

Best Achievement in Visual Effects
Alice no País das Maravilhas (2010): Ken Ralston, David Schaub, Carey Villegas, Sean Phillips
Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 1 (2010): Tim Burke, John Richardson, Christian Manz, Nicolas Aithadi
Além da Vida (2010): Michael Owens, Bryan Grill, Stephan Trojansky, Joe Farrell
A Origem (2010): Chris Corbould, Andrew Lockley, Pete Bebb, Paul J. Franklin
Homem de Ferro 2 (2010): Janek Sirrs, Ben Snow, Ged Wright, Daniel Sudick

Palpite: 4/5 (- Tron, + Além da Vida)
Really? Tron de fora? Qual o sentido? A Além da Vida no lugar? Por 10 minutos de tsunami.

Best Documentary, Features
Exit Through the Gift Shop (2010): Banksy, Jaimie D’Cruz
GasLand (2010): Josh Fox, Trish Adlesic
Trabalho Interno (2010): Charles Ferguson, Audrey Marrs
Restrepo (2010): Tim Hetherington, Sebastian Junger
Lixo Extraordinário (2010): Lucy Walker, Angus Aynsley

Surpreendente a falta de Waiting for Superman. E só pra constar Lixo Extraordinário é co-produção brasileira.

Best Documentary, Short Subjects
Killing in the Name (2010): Nominees TBD
Poster Girl (2010): Nominees TBD
Strangers No More (2010): Karen Goodman, Kirk Simon
Sun Come Up (2010): Jennifer Redfearn, Tim Metzger
The Warriors of Qiugang (2010): Ruby Yang, Thomas Lennon

Best Short Film, Animated
Dia & Noite (2010): Teddy Newton
The Gruffalo (2009) (TV): Jakob Schuh, Max Lang
Let’s Pollute (2009): Geefwee Boedoe
The Lost Thing (2010): Shaun Tan, Andrew Ruhemann
Madagascar, carnet de voyage (2010): Bastien Dubois

Best Short Film, Live Action
The Confession (2010/IV): Tanel Toom
The Crush (2009): Michael Creagh
God of Love (2010): Luke Matheny
Na Wewe (2010): Ivan Goldschmidt
Wish 143 (2009): Ian Barnes, Samantha Wait

Leia mais em: ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • PSC

    caramba, como a rede social conseguiu tantas indicações e a origem tão poucas, o oscar ano passado tentou se redimir e falhou premiando um filme meia-boca como guerra ao terror, com bastardos inglorios concorrendo, e esse ano em que poderia premiar um bom filme como a origem vai seguir o modismo da rede social

  • A Origem teve 8 indicações, o mesmo que A Rede Social.

  • – Legal demais terem indicado Icontrolável pela Edição de som;
    – Pelo jeito só a HFPA (Globo de Ouro) gostou de Burlesque;
    – Toy Story 3 não está em Trilha Sonora porque a Disney/Pixar não quis inscrever o filme nessa categoria, para focar seus esforços nas principais categorias – o que deu certo;
    – Colin Firth e Jeremy Renner sendo indicados por suas atuações por dois anos seguidos;
    – Lixo Extraordinário é Brasil no Oscar!;
    – A Academia teve a decência de não sujar a categoria Melhor Animação indicando Meu Malvado Favorito;
    – Melissa Leo tem que ganhar esse Oscar de Atriz coadjuvante.

    Os injustiçados:

    Scott Pilgrim Contra o Mundo ser ignorado nas categorias de Som, Efeitos Visuais e, principalmente, Montagem, onde poderia até ganhar;

    Ilha do Medo, prejudicado pela sua data de estreia, completamente ignorado. Direção de Arte e Fotografia, pelo menos, deviam ser obrigação;

    Leonardo Di Caprio segue estigmado e não foi indicado apesar de duas das melhores atuações de sua carreira terem sido feitas esse ano, em A Origem e Ilha do Medo;

    A Paramount ter feito campanha para a Hailee Steinfeld ir em Atriz coadjuvante (ela é protagonista do filme!) tirou a vaga que poderia ser de Chloë Grace Moretz, por Deixe-me Entrar;

    Ryan Gosling (por Namorados Para Sempre) e Mark Wahlberg (por O Vencedor) poderiam ser indicados a Melhor ator, mas não vejo quem poderia sair para que eles pudessem entrar;

    O Valete, de Alice no País das Maravilhas, tira o brilho da indicação do filme a Melhores efeitos visuais;

    Enterrado Vivo deveria ter entrado em Roteiro Original e Montagem, mas foi ignorado, talvez pela campanha que Chris Sparling, roteirista do filme, fez, que gerou certo constrangimento nos bastidores;

    E a principal: ACADEMIA, CADÊ O CHRISTOPHER NOLAN EM MELHOR DIRETOR?

  • Não creio que o Di Capprio merecesse indicações de melhor ator nesse Oscar.

    Muito anda se falando que A Rede Social seja superestimado. Não acho que seja o caso.

    Apesar de A Origem ser um filme muito mais divertido de assistir e também ser muito bem feito, a A Rede Social é superior em muitos pontos.

    Primeiro lugar, o filme do Nolan parece ter algumas incoerências de roteiro e algumas vezes apela demais para ação. Mas é um filmaço.

    A Rede Social é simplesmente uma “recontagem” de um Cidadão Kane de uma maneira moderna, praticamente a sínstese da década. A edição ficou muito boa e muito menos confusa que em A Origem.

    Mesmo que Nolan fosse indicado a diretor, acho que o Fincher deveria levar os prêmios de filme e diretor.

  • mais um ano que não devo nem assistir ao oscar…

  • PSC

    alailson vc está certo, mas o problema é que eu nao me expressei de forma correta eu queria dizer que como a rede social pode ter tantas indicaçoes nas categorias principais e a origem tao poucas

busca

confira

quem?

baconfrito