Eu Sou a Lenda (I am Legend) (3)

Cinema domingo, 12 de outubro de 2008
 Poster

Do jeito que as coisas andam, eu não duvido nada que daqui há alguns anos vão inventar alguma droga que provavelmente exterminará a raça humana. Em Eu Sou a Lenda isso já é uma realidade.

No futuro, a humanidade foi devastada. Mas ela não acabou. Os humanos foram infectados por um vírus e se tornaram uma espécie de zumbis que só saem a noite. Até aí tudo bem, se não fosse pelo fato de só um cara ser imune à essa praga toda. Sim, só um cara não se transformou em zumbi e também não se matou. Essa é a história do Dr. Robert Neville, interpretado por Will Smith.

Muita gente fala que o filme é uma porcaria, que é exagerado, que é um Resident Evil piorado e etc. Mas existem gostos para todos os tipos. O filme é baseado em um livro, que eu ainda não li, infelizmente. Na história do livro, os “zumbis”, na verdade, eram uma espécie de vampiros. Talvez, se o filme tivesse utilizado esse recurso, poderia ter sido mais bem aceito pelos “não gostei blah blah blah”. Mas mesmo assim, o filme foi sucesso de público no mundo todo. Isso se explica facilmente pelo nome Will Smith no cartaz.

 Já é ou já era, meu bombonzinho?

A história se resume no seguinte: Neville passa o dia inteiro tentando entrar em contato com algum sobrevivente, procurando comida e caminhando pela cidade devastada. Quando não está fazendo isso, busca encontrar uma cura para essa praga, utilizando o seu próprio sangue. A noite, a única coisa que resta para o Dr. é se esconder.

A sua única companhia é uma cadela. O filme inteiro é sustentado pelo Will Smith tendo como companhia só uma cadela. O cara mais uma vez prova que é foda. A certa altura do filme, temos a presença de Alice Braga, sobrinha da Sônia, o que não muda em quase nada, já que Will Smith continua comandando o filme.

Eu Sou a Lenda mostra como é difícil para uma pessoa ser a única no mundo, mesmo quando ela descobre a existência de outras e, principalmente, a determinação de um cara em tentar recuperar o mundo que foi destruido pela própria humanidade.

Eu Sou a Lenda

I Am Legend (107 minutos – Sci-Fi)
Lançamento: EUA, 2007
Direção: Francis Lawrence
Roteiro: Akiva Goldsman e Mark Protosevich
Elenco: Will Smith, Alice Braga, Charlie Tahan, Salli Richardson, Willow Smith

Leia mais em: , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Guten

    No livro, realmente são uns vampiros que perseguem ele.
    A cadela só aparece por um tempo. Ele passa bem 1 mês tentando conquistar a confiança dela mas ela acaba morrendo.
    Ele também descobre que a cruz só afasta vampiros que antes de ser infectados eram cristãos. Pra afastar vampiros judeus, como um dos vizinhos dele, ele usou uma torá etc.
    O livro é incrivelmente foda, mas o filme, apesar de bom, nào chega aos pés da versão impressa.

  • Java

    um dos poucos filmes do ferreiro que eu realmente gostei… e se forem dizer que é um resident evil piorado, só mandar ver os filmes do RE e mandar comparar lixo com algo realmente bom (lixo no caso é os filmes do RE) cara até madrugada dos mortos é melhor que RE…

  • joao

    qual o nome do livro? QUAL?

  • Shiko

    Eu sou a lenda é de longe uma das piores porcarias que eu vi no cinema em 2007, aposto que o livro é excelente, nunca li, mas o filme, é de doer, o final é de doer, as falas da alice braga são de doer.

  • Shiko

    esqueci de falar, will smith é mais do mesmo, unico filme que ele sai do lugar comum é em A procura da felicidade, no mais, é a mesma coisa de sempre, não vou ficar gastando meu latim nas outras resenhas, então já comento aqui também, Hancock é outro filme triste, de roteiro ruim e previsivel.

busca

confira

quem?

baconfrito