Estreias da semana – 11/10

Cinema quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Gravidade (Gravity)
Com: Sandra Bullock, George Clooney, Eric Michels e Basher Savage
Ryan Stone é uma engenheira médica instalando equipamento no Hubble, sendo acompanhada por Matt Kowalski, comandante da missão, e um indiano random que ninguém liga. Quando dá merda e todo mundo da nave morre [Inclusive a própria], exceto os dois, eles terão que dar seus pulos pra não morrerem no espaço.
Se você é claustrofóbico ou afrescalhado, não assista. É tão bom que chega a incomodar.

Rota de Fuga (Escape Plan)
Com: Sylvester Stallone, Arnold Schwarzenegger, 50 Cent, Sam Neill, Amy Ryan, Jim Caviezel, Vincent D’Onofrio, Caitriona Balfe, Faran Tahir, Jaylen Moore, Jeff Chase e Vinnie Jones
Ray Breslin é um especialista em prisões de segurança máxima. Mas pra testar as prisões, ele se passa por detento e tal. Até que a CIA contrata o lazarento pra testar um protótipo de prisão, baseado no livro que ele escreveu. Acontece que, quando a água bate na bunda e ele tentar dar um carteiraço pra sair, nego não tá nem ae e deixa ele mofando. O que ele faz? Se junta ao Schwarzenegger Rottmayer, que é o maioral informal do lugar, e dá os pulo dele.
Se você não levar o filme a sério [Mesmo ele não sendo esculachado feito um Mercenários], é bastante proveitoso. Inclusive, seria um filme genial se tivesse sido feito na década de 80.

Riddick 3 (Riddick)
Com: Vin Diesel, Karl Urban, Andreas Apergis, Antoinette Kalaj, Bokeem Woodbine, Conrad Pla, Dave Bautista, Jordi Mollà, Katee Sackhoff, Keri Hilson, Matt Nable, Neil Napier e Noah Danby
Riddick, aquele cara dozóio bizarro e rei da fodelância, é traido pela sua raça, e largado num planeta vagabundo pra morrer. Só que ele não morre, passa a rapa no planeta, fica mais fodão ainda e vai se vingar de todo mundo. Ah, e impedir que Furya, seu querido planeta natal, seja destruido.
Eu não vi os outros Riddick inteiros, e não me importa. Esse é o tipo de filme que, se você deixa o cérebro na porta, é divertoso e nutritivo [Pelo tanto de merda que sai da tela].

Silent Hill: Revelação (Silent Hill: Revelation 3D)
Com: Alison Lohman, Adelaide Clemens, Kit Harington, Carrie-Anne Moss e Malcolm McDowell
Heater é uma jovem que tinha uns pesadelos muito esquisitos, e vivia sendo levada daqui pra lá por seu pai, sem saber direito o que acontecia. Até que seu pai some do nada, e ela descobre que algo muito ruim está ali, e não é fruto de seus sonhos.
Não joguei o jogo, não vi o filme anterior, não acho que valha a pena assistir. Correndo o risco de estar certo, já que adaptações de jogos tendem a ser ruins. Mas vai lá, o dinheiro é seu.

É o Fim (This is the End)
Com: Seth Rogen, Jonah Hill, James Franco, Emma Watson, Rihanna, Jason Segel, Jay Baruchel, Danny McBride, Aziz Ansari, David Krumholtz, Martin Starr, Mindy Kaling, Craig Robinson, Matt Walsh e Evan Goldberg
Seis trutas, presos numa casa, em meio ao apocalipse zumbi. O pau comendo lá fora, os recursos ficando escassos ali dentro, e as amizades mostrando o que são na real. Até a hora em que fode tudo e eles são obrigados a sair da casa, e encarar a situação de frente.
Isso é uma comédia? Sério mesmo? Não parece, pra mim era drama. Mas vai saber, né.

Dragon Ball Z: A Batalha dos Deuses (Dragon Ball Z: The Battle Of Gods)
Com: Masako Nozawa, Shigeru Chiba, Hiroko Emori e Toshio Furukawa
Depois de derrotar Majin Buu, surge um novo inimigo, Bilus, deus da destruição que é chegado numa peleja. Quando descobre que Freeza foi derrotado por um saiyajin, ele vai atrás do cara. Que é o Goku, bestão de tudo que aceita tretar. E perde. Ai o tal do Bilus vai pra Terra, senta o pau no Vegeta, Gohan e o resto. Mas quem poderá salvar o nosso pobre planetinha de um deus?
Blá blá blá, duas horas de batalha que poderiam ser resumidas em dez minutos. Não sei como cês ainda guentam Dragon Ball. Depois que o Goku cresceu ficou um saco.

Leia mais em: , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • FooFighter

    Fui no show do Sabbath ontem em POA e tô lezado pra caraio… o detector de ironia e sarcasmo não tá funcionando. Pois então: o Gravidade é pra ser bom ou era sacanagem? Porque, na boa, um casal (sim, homem+mulher em filme = pau dentro) a deriva no espaço é pra botar urso panda pra dormir véio.
    Uma vez simpatizei com a Miss Simpatia (RÁ)… mas foi tanta comédia cagada no CV que hoje em dia tá difícil…

    E como assim Riddick TRÊS??? Sério que teve 2?

  • FooFighter

    Mais duas voltas na RODINHA do mouse e eu teria visto que tu tava falando sério do Gravidade… malz aê

  • Só ler a resenha linkada, cara.

    Quanto à existir um Riddick 2: Estou tão surpreso quanto você, cara.

  • FooFighter

    Sim sim… depois eu vi dois posts abaixo a resenha… e só agora que me liguei que alguns filmes tem resenha linkada no título… hoje tá foda.

  • Eu falo muito cara, cara.

  • Aline

    Único que gastarei meu rico dinheirinho é Gravidade.
    E como assim Riddick TRÊS??? Sério que teve 2? ²

    E o vilão de Dragon Ball é um daqueles gatos bizarros sem pelo vindos do inferno??

  • RodrigoR

    Sobre SIlent Hill: sim as adaptações de jogos costumam ser um lixo, mas eis a exceção. O primeiro filme foi perfeito com apenas a alteração do personagem principal – um homem por uma mulher – pois, segundo o roteirista, tornaria o filme mais aterrorizante.
    Enfim, se seguir a linha do primeiro filme, este novo será sensacional.

busca

confira

quem?

baconfrito