Webcomics

Nona Arte quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Muitas pessoas gostam de usar a Internet. Uma quantidade notavelmente menor gosta de quadrinhos (ou finge que não e corre pro banheiro para ler a mais nova revista da Turma da Mônica escondido no banheiro). A intersecção desses dois conjuntos cria o minúsculo grupo das pessoas que gostam de webcomics. E, dentro deste, está o grupo constituído por pessoas que sabem fazer webcomics de qualidade (visível apenas com uso de microscópio eletrônico de alta potência).

Antes de tudo, devo definir a linha que separa as webcomics de quadrinhos tradicionais publicados online. Se você for no site do Laerte ou do Fernando Gonzalez, que são ótimos cartunistas, verá que lá tem todas as tirinhas que eles já publicaram, fosse em revista ou jornal. As tirinhas do Overman, que podem ser lidas no site do Laerte, não são uma webcomic. É apenas uma coleção digitalizada sobre aquele personagem, por mais que se usem computadores para criar as tirinhas. Já as webcomics são criadas exclusivamente para publicação via web.

Definido um e outro, vou indicar para vocês aquelas webcomics que considero as melhores, entre criações nacionais e estrangeiras (as do Piratão não aparecem porque são hours-concours).

1. Cyanide & Happiness

Provavelmente a webcomic mais famosa que existe, C&H possui um desenho bem simples, mas seu conteúdo é de primeiríssima qualidade. Humor negro, sarcástico e inteligente, agradando praticamente qualquer um que ache que aquela história de politicamente correto é uma droga. Por causa de seu grande sucesso, é plagiada por milhares de blogs por aí.

2. XKCD

Ignorada por muitos, adorada por aqueles que a conhecem, assim é XKCD. Essas letras, que não significam ou abreviam nada, causam uma ansiedade agradável àqueles que acompanham seu desenrolar. Apesar de seus desenhos serem bastante simples (bonecos-palito), o texto é muito inteligente, profundo, cheio de referências a filmes, livros, quadrinhos, cultura internética e muitas outras coisas. Coisa de nerd, mesmo. Inclusive, para aqueles que usam o Google Desktop, há um gadget para ele que mostra as últimas quatro tiras publicadas do XKCD, que saem às segundas, quartas e sextas.

3. Irmãos Brain

 Ego, Id e Superego Brain (Sem tirinha porque elas são grandes demais)

Tirinha nacional, de ótima qualidade. Os personagens são três bonecos de Lego/Playmobil que representam os três componentes da psiquê humana: Id, Ego e Superego. Cada um possui uma personalidade marcante, determinada pela instância psicológica que representa. Segundo a definição do próprio autor:”O Id Brain é uma pessoa muito impulsiva, está sempre feliz e de bem com a vida. Brincalhão nato, vive rindo de tudo e qualquer situação, ele é extremamente irresponsável. O Ego Brain é muito inteligente e estudioso. Sempre pé no chão, pensa duas vezes antes de falar ou agir. Sempre tentando amenizar a briga entre o Id e Superego. O Superego é o oposto do Id, ele nunca vê motivos para estar feliz. É extremamente mal-humorado e sempre reprime todos os desejos do Id.” Apesar de não ser atualizada com a frequência merecida, vale a pena conferir e descobrir que todos temos os Irmãos Brain dentro de nós.

4.Nerdson não vai à escola

Pelo nome, já se sabe do que se trata: nerdice. Mesmo tratando quase sempre de assuntos profundamente relacionados à Internet e programação, qualquer pessoa com um pouco de massa encefálica funcional consegue entender e se divertir com as tirinhas. Apesar de muito ligada à programação, a linguagem é simples e transmite sua mensagem rapidamente. helloworld();

5. Bichinhos de Jardim

Apesar de o desenho parecer voltado para as crianças, Bichinhos de Jardim não tem nada de infantil. Sarcasmo, reflexões filosóficas sobre a vida, o ser humano e a humanidade e críticas sobre essas. Uma joaninha mal-humorada, uma “minhoco” ingênuo e os outros Bichinhos de Jardim ajudando a humanidade a cair em si mesma fazem de BdJ uma webcomic memorável.

Apesar de existirem muitas outras webcomics por aí, como o Problogger do Nadaver, Dr. Pepper e a recém encerrada Levados pela guerra atômica, as webcomics encontram seus maiores representantes entre aqueles cinco ali em cima, que definirão, por muito tempo, as bases dos quadrinhos online.

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

  • Entravix

    Webcomics legais não são tão difíceis de achar, mas poucos conhecem.

  • ricardus

    Vale lembrar que cada vez mais grandes nomes estao investindo em webcomics. A Marvel mesmo ja anunciou algumas webcomis de alguns herois.

    Heroes também tinha isso, e se nao me engano até a Oi (a operadora de celular) também “financiava” uma webcomics =)

  • ricardus

    e lembrando também que as tiras do Dr. Peper são ruins

busca

confira

quem?

baconfrito