Épicos são tão chatos!

Primeira Fila sexta-feira, 28 de Março de 2008

Épico, no sentido cinematográfico, é um gênero que retrata contos de grandes heróis, onde todo seu centro se baseia em apenas um personagem principal ou de um povo.

Com o sucesso recente de filmes como Coração Valente e Gladiador, o gênero que atingiu seu auge nos anos 50 com produções como Spartacus e Ben-Hur, viu com o melhoramento dos efeitos especiais uma oportunidade de unir eventos grandiosos (históricos ou fantásticos) com seqüências de ação, gerando um blockbuster com mais conteúdo – a princípio.

No entanto, para mim, mesmo estes filmes recentes apontados acima esbarram num problema difícil de ser superado, a chatice. É difícil explicar, mas este gênero é extremamente repetitivo construído sobre uma trama didática e correta demais (isto quando os fatos relatados são reais). Temos um mocinho ou anti-herói ás voltas contra um vilão ou o sistema e, nesse meio, temos perdas, romances e família. Pode parecer que estou generalizando, porém, os épicos estão no mesmo patamar que as comédias românticas quando se trata de clichês.

Um dos prováveis motivos disto seja o custo destas produções, normalmente contando com atores reconhecidos, produção grandiosa e efeitos de primeira. Assim, para uma maior aceitação do grande público, se abre mão de uma pesquisa e criação mais particular para narrar os eventos do filme de uma maneira mais convencional e com uma dose generosa de ação e batalhas.

Acompanhem meu pensamento e vejam se não tenho razão. Além dos dois filmes citados acima, quais dos filmes abaixo você gostou?

*Tróia
*O Patriota
*O Último Samurai
*300
*Alexandre
*Apocalypto
*Cruzadas
*Rei Arthur
*O 13º Guerreiro
*Atilah, o Huno
*Desbravadores (recentemente lançado em dvd)
*10000 aC (nos cinemas)

Sinceramente, nenhum me empolgou como entretenimento e, muito menos como filmaço. Além disso, numa discussão mais aprofundada, os furos históricos das tramas são de envergonhar alunos do ensino médio.

Claro que o ápice desses filmes são as cenas de batalhas entre os exércitos que com certeza fascinam os fãs de cenas de ação e, sem dúvida, são de tirar o fôlego, além de terem um visual incrível. Mas, é muito pouco para um gênero tão fortemente enraizado na cultura cinematográfica com inúmeros sucessos de público e crítica.

Leia mais em:

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito