Heróis quase desconhecidos – Parte II

HQs segunda-feira, 30 de agosto de 2010

No último artigo, eu comentei sobre a dificuldade em identificar alguns personagens que só aparecem por aqui vez ou outra, participando em outras séries, e hoje vou continuar com essa saga dos heróis desconhecidos. Ou quase.

E já pegando um pequeno gancho no artigo passado, já comecemos a falar da família 13. Tanto o Dr. Terrence Treze quanto sua filha Traci Treze não são de aparecer com muita freqüência, nem mesmos nas HQs nos EUA, mesmo sendo personagens interessantes pelo contraste entre pai e filha.

Para se ter uma idéia, o cético Dr. Treze surgiu em 1951, fazendo aparições em histórias do Vingador Fantasma e do Espectro. Ele não acredita em nada que seja de ordem mística ou sobrenatural, acreditando que tudo tem uma explicação lógica e cientifica. E apesar disso na maioria das histórias Dr. Treze está envolvido em mistérios ‘além da imaginação’.

 Dr. Terrence Treze

Os leitores brasileiros puderam se deparar com o Dr. Treze em histórias do Batman investigando a ‘morte’ de Hugo Strange, no final da década de 80. E nessa mesma época ele também apareceu numas histórias do Superman. Além disso Treze teve participação na aclamada série – foi só uma participação especial mas ele tá lá – Livros da Magia (Mais aqui) escrita por Neil Gaiman.

Mais recentemente, Dr. Treze participou da história de Zatanna em os Sete Soldados da Vitória, escrito pelo Morrison e na mini Arquitetura e Mortalidade, publicado originalmente em Contos do Inesperado (Tales of the Unexpected), que aqui no Brasil foi publicado na Wizmania.

Em Arquitetura e Mortalidade, Dr. Treze e sua filha se envolvem numa interessante história metalingüística sobre quadrinhos, já que os arquitetos são os criadores do universo e podem remodelá-lo ao seu bel prazer. Na história, Dr. Treze procura as explicações mais lógicas possíveis para situações sobrenaturais pra lá de nonsense, tentando quebrar assim a quarta parede. A batalha de Treze envolve outros personagens praticamente desconhecidos dos brasileiros, como Antro, Capitão Temor, Gênio Jones, Moça Infecciosa, Esquadrão Primata, entre outras referências as eras de prata e ouro.

 A “Equipe 13” em Arquitetura e Mortalidade

Enquanto o Dr. Treze é completamente avesso e descrente em relação a magia, sua filha Traci Treze demonstra seus poderes místicos lançando um feitiço aqui e outro acolá. E por incrível que pareça, nos últimos anos, a filha tem aparecido mais que o pai, ao menos nos Estados Unidos.

 Traci Treze

Isso se deve ao fato dela ser namorada do atual Besouro Azul, Jaime Reyes, como eu comentei no último artigo. No Brasil, ela fez pontas nas series do Superman, principalmente na fase escrita por Joe Kelly. Ela também participou de Dia de Vingança, que serviu de prelúdio para Crise Infinita, onde ela ajuda a localizar os fragmentos da Pedra da Eternidade. Mais recentemente, ela apareceu na série dos Novos Titãs ao lado de seu namorado.

 Traci durante a fase em “Superman”

Recentemente, nos Estados Unidos, teve início uma história backup na revista dos Novos Titãs chamada The Coven onde, ao lado de Zatara e Alice Sombria, Traci investiga casos misteriosos e sobrenaturais.

De qualquer forma, as histórias da família Treze são sempre bem-humoradas e paradoxicas, já que pai e filha são opostos perfeitos. No próximo artigo mais alguns ilustres desconhecidos.

Leia mais em: , , , , , , , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito