A ascensão do politicamente correto e a queda do humor

Televisão quinta-feira, 03 de Maio de 2012

Em algum momento do ano de 2009, alguém decidiu que ser politicamente correto na internet era legal. E como na internet, basta alguma web celebridade dizer o que deve ser feito e todos obedecem, o caos se instalou e o mundo se tornou essa coisa chata que conhecemos hoje em dia. Limite no humor, humor inteligente e pessoas chatas por todos os lados da internet. Cês acham que não? Vamos discorrer sobre.

“Hahaha, memes são demais, bem melhores do que esse lixo de Pânico na Tv e CQC.” Disse Joãozinho arrancando a camisa do Pânico que havia acabado de comprar. E então, instalou-se o caos. Mas antes mesmo dos memes, a merda toda já tinha sido jogada no ventilador com a estréia de CQC. “Isso é humor inteligente porra, não aquela babaquice de Pânico na TV.” Disse Mariazinha fechando o video do youtube do Freddie Mercury Prateado e secando as lágrimas que escorriam por seu rosto de tanto rir. Foi aí que começou a guerra, humor inteligente contra humor idiota. Fãs de CQC insultando fãs de Pânico e vice-versa, e deixando de lado o mais importante, o humor. Eis então que surge Marcelo Adnet. Pronto, agora fudeu de vez. Todos viraram as costas pro CQC e pro Pânico e entraram para a seita Adnetista, até que ele ficou chato, pra mim sempre foi, mas aqui vos fala um cara que assiste Pânico todo domingo, CQC toda segunda e vídeos do Rafinha Bastos no Youtube (Oooooooooh, vamos mata-lo). Ou seja, não tenho cérebro.

Mas voltando ao que importa, as pessoas resolveram que não comer carne era legal, não pra ter uma vida mais saudável, mas só porque era legal mesmo, era diferente e ser diferente tá na moda. Enfim, as pessoas se tornaram vegetarianas (Que comem peixe), defensores dos animais (Que cagam para os direitos humanos) e feministas ao extremo (Que querem um marido que as sustente). Essas pessoas são a elite do Facebook/Twitter, os reis da razão e formadores de opinião dos nascidos pós 1990, que na falta de algo bom, se contentaram com a merda. E vale constar, que essa mesma galerinha correta (A maioria), se amarra em South Park, que é a porra do desenho mais filho da puta e cheio de humor negro que existe. Mas o grande problema surgiu quando resolveram rotular o humor. Pastelão, inteligente, do bem, etc… Como dizia o grande Chico Anysio, vocês foram os responsáveis por criar esses rótulos que não existem, o que existe é o humor, você rindo dele ou não, é humor e ou vocês aceitam isso ou morrem tentando mudar. Um filme de comédia, não deixa de ser comédia se você não rir dele, então amigão, fica neném aí e para de reclamar.

“Mas qual o motivo desse texto, Jô?” O motivo desse texto, queridos amigos idiotas, é o novo escândalo nacional que vem atormentando esses politicamente corretos e me tirando do sério durante essa última semana. A porra da Panicat que teve a cabeça raspada. Eu vi essa porra, minha TV estava sintonizada na Band e eu estava assistindo o programa. E querem saber de uma coisa? Foi bem legal ver aquilo. Sabem por que? Porque eu gosto dessas filha da putagens. Eu não ri, mas eu gostei de ver. E também, porque eu não sou chato o suficiente pra ficar puto com uma brincadeira e em seguida criar imagens pro Facebook dizendo: “Enquanto uns perdem o cabelo por doenças, outros perdem por audiência”.

E aí eu te pergunto, o que diabos tem a ver uma coisa com a outra? Toda vez que eu raspar a cabeça eu to zoando uma criança com câncer? Toda vez que eu comer eu to tirando onda com uma família carente que passa fome? Pelo amor de deus, cês tão percebendo o quão longe isso foi? Rasparam a cabeça dela por audiência, e ela aceitou porque ganhou uma grana, e daí? Por que vocês estão tão revoltados com isso? Nunca assistiram televisão antes? É isso que as pessoas fazem naquele tubo infecto que é a televisão mundial, não só a brasileira. Aí eu pergunto pra vocês, cês nunca assistiram Jackass? Cês não gostavam de ver o cara tendo o dente amarrado a um carro de fórmula 1? Não gostavam de vê-los mergulhando em uma fossa? De vê-los tendo o mamilo mordido por jacarés, lutando boxe com campeões ou levando peixadas na cara? Não né, cês gostam mesmo é de memes. Tô sabendo.

O grande problema, é que desde que vocês, idiotinhas, resolveram ser politicamente corretos na internet e xingar muito no Twitter, vocês mesmo começaram a censurar o humor, fazendo com que idiotas como Marcos Mion, tivessem a grande ideia de criar um humor do bem, que resulta em lixos como Legendários. Continuem assim, e chegaremos ao dia em que o humor na televisão se resumirá a Zorra Total e Turma do Didi, que é válido dizer que só são ruins porque são censurados. E quando seus memes não forem mais engraçados, vocês, que se acham mais inteligentes por terem um humor superior, e se forçam a assistir e rir de Saturday Night Live e filmes do Woody Allen, verão que condenaram o resto do mundo a chatice de vocês, sendo responsáveis diretos pela maior parte da censura na televisão brasileira.

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito