Logan

Cinema terça-feira, 21 de março de 2017

 Em 2029, Logan (Hugh Jackman) ganha a vida como chofer de limousine para cuidar do nonagenário Charles Xavier (Patrick Stewart). Debilitado fisicamente e esgotado emocionalmente, ele é procurado por Gabriela (Elizabeth Rodriguez), uma mexicana que precisa da ajuda do ex-X-Men para defender a pequena Laura Kinney / X-23 (Dafne Keen). Ao mesmo tempo em que se recusa a voltar à ativa, Logan é perseguido pelo mercenário Donald Pierce (Boyd Holbrook), interessado na menina.

Chamar Logan de puta filmão da porra é dizer mais do mesmo. Essa, muito provavelmente, deve ser a única resenha ainda não feita de Logan na internet. A grande questão aqui é: Se tirarmos a carga emocional de ser o último filme de Hugh Jackman e muito provavelmente do Professor Xavier que vale, Logan ainda seria um puta filmão da porra?

Eu tava esperançoso, mas esse ainda não foi o filme X que eu queria ver. E levando em conta que eu quase perdi amigos pra assistir o primeiro X-Men, a Fox me deve muito um filme X foda.

Bom, eu preciso começar respondendo a mim mesmo. Então não, Logan não seria um puta filmão da porra se não tivesse toda a carga emocional da despedida. Porém, ainda assim, Logan continuaria sendo o melhor filme do universo X-Men até o momento, eu só não iria chorar até quase ter uma desidratação com a porra da cena final do filme. Maldita X-23! Por que faz isso? Agora que eu já me respondi, tomei meu remedinho e aparentemente minha esquizofrenia está controlada, vamos ao filme. Mas vamos por partes.

Onde está Logan na fila do pão?

Sim, meus amigos, é hora de falar sobre algo que eu acho que entendo mas muito provavelmente estou completamente enganado. Se tem algo que a Fox não respeita é uma coisinha boba chamada cronologia. E antes que você saia gritando que os quadrinhos dos X-Men também sempre tiveram uma cronologia zoada, eu tenho duas coisas pra dizer:

1 – Quadrinhos e filmes são mídias completamente diferentes e enquanto uma já abraçou o multiverso, a outra é só uma puta bagunça do caralho, mesmo.

2 – Só se for pra você, né queridinha? Porque eu tô na Europa sempre entendi a cronologia dos quadrinhos mutantes.

É preciso entender e aceitar que existem pelo menos duas linhas do tempo na franquia X-Men. A Linha Original composta por Primeira Classe, assassinato do Trask, X-Men, X-Men 2, X-Men 3, Wolverine Imortal e Futuro Sentinela de Dias de um Futuro Esquecido. E sim, aqui nós temos que aceitar que aquela desculpa horrível de que o Xavier transferiu a mente pra um irmão gêmeo em coma realmente aconteceu. Ah, Fox. Me deixa te ajudar, amiga.

Quando Wolverine viajou no tempo pra impedir o assassinato de Trask, uma nova linha do tempo se formou, chamada, não muito criativamente, de Linha Secundária. Nela passam-se Primeira Classe, Dias de um Futuro Esquecido, Apocalipse, Supernova (Ainda sem nome real confirmado), X-Men (Até então), Deadpool (Provavelmente) e Futuro Feliz do Wolverine em Dias de um Futuro Esquecido. E sim, eu sei o que você está pensando, o fato do Wolverine ter alterado o passado não faria com que o Futuro Sentinela deixasse de existir, apenas criaria uma linha do tempo alternativa. A não ser, é claro, que a possibilidade da criação dos Sentinelas tenha sido anulada por completo. Nesse caso, aquele futuro jamais existiria. Mais ou menos o que aconteceu na saga Complexo de Messias, onde os infinitos futuros com mutantes foram reduzidos a apenas dois graças à quase extinção dos mutantes durante o Dia M.

Enfim, tendo essas duas linhas temporais em mente, precisamos saber onde Logan se encaixa, se é que se encaixa em algum lugar. O Futuro Feliz do Wolverine em Dias de um Futuro Esquecido continua sendo no mesmo ano em que ele partiu pro passado, ou seja, 2024. Levando em conta que Logan se passa em 2029, não sei se cinco anos seriam suficientes pra quase extinguir os mutantes da face da Terra. Sendo assim, acredito que Logan esteja na Linha Original, após Primeira Classe, X-Men, X-Men 2, X-Men 3 e Wolverine Imortal. “Ué, mas essa linha do tempo não deixou de existir?” Não, meu querido amigo idiota. Essa linha do tempo continuou existindo, mas sem o futuro apocalíptico de Dias de um Futuro Esquecido. Sendo assim, temos mais ou menos 16 anos pros mutantes serem envenenados entre Wolverine – Imortal e Logan, o que faz muito mais sentido. Ou não.

Pois é, eu sei que discutir viagem no tempo e realidades alternativas é uma enorme perda de tempo, apesar de ser bem bom. E é óbvio que tudo isso é um puta achismo do caralho, algo que eu me apeguei pra tentar me sentir um pouco melhor com os filmes dos mutantes. Mas é válido lembrar que Wolverine Origins tá aí pra bagunçar a porra toda e jogar tudo isso no esgoto. Isso porque deixei as séries Legião e Gifted de lado, que até agora ninguém sabe se fazem ou não parte da cronologia.

Personagens

Confesso que ver Wolverine e o Professor X em fim de carreira me deu um aperto no peito. Talvez fosse a sensação de despedida, talvez fosse o hambúrguer que eu comi antes de assistir o filme. Vai saber. Mas foi bom finalmente ter conhecido um velho Logan digno de respeito, diferente daquele velho chorão dos quadrinhos. Caliban, apesar de mal aproveitado, foi muito bem interpretado por Stephen Merchant, que conseguiu fazer o impossível, transformar Caliban em um personagem legal. Já X-23 dispensa comentários. Ela é o Wolverine que quisemos ver durante todo esse tempo.

Quanto ao vilões, achei que usaram os Carniceiros só pra ter uma desculpa pra censura, saca? Tipo: “Mas eles não estão esquartejando humanos, eles estão esquartejando ciborgues. Vai ficar tudo bem, eles vão repor as peças no final.” Já o X-24 eu achei caído pra caralho. Esse lance de enfrentar versão maligna de si mesmo é coisa de anime e todo mundo que lê o Bacon tá cansado de saber que anime não presta, mano. Sem falar que a morte do Professor X pelas garras do X-24 não teve carga dramática nenhuma, puta desperdício da porra.

O futuro da X-23

Acredito que com a aposentadoria de Hugh Jackman e a morte de Logan, a Fox pelo menos tentará colocar a X-23 em seu lugar. O grande problema é que a atriz que interpreta a personagem ainda é muito jovem pra estrelar sozinha um filme com o mesmo nível de violência de Logan. Sendo assim, acredito que antes veremos a versão mini craque do Carcaju no filme dos Novos Mutantes e posteriormente em X-Force, antes de vermos um filme solo da mesma como a nova Wolverine.

Logan muito provavelmente será o filme de herói do ano, dependendo apenas do caminho que Thor – Ragnarok tomará. Foi importante que Logan, assim como o primeiro X-Men, tenha mostrado uma nova maneira de se fazer filmes de super heróis. Sem grandes batalhas, sem ter o destino do mundo nas mãos, apenas um dia “comum” na vida de um sujeito completamente incomum. Apesar dos pequenos erros que me incomodaram bastante, eu só tenho a agradecer a Logan e torcer pra que mais filmes como este sejam feitos por aí.

Logan

Logan (137 minutos – Ação)
Lançamento: EUA, 2017
Direção: James Mangold
Roteiro: Scott Frank, James Mangold, Michael Green
Elenco: Hugh Jackamn, Patrick Stewart, Stephen Merchant, Dafne Keen

Leia mais em: , , , ,

Antes de comentar, tenha em mente que...

...os comentários são de responsabilidade de seus autores, e o Bacon Frito não se responsabiliza por nenhum deles. Se fode ae.

busca

confira

quem?

baconfrito